ISSA/Grace Kennedy Boys and Girls Champs 2015 National

Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Biomecânica da postura humana.
Ano Início
2002
Descrição: O objetivo deste projeto foi estudar os mecanismos de controle da postura ereta em diferentes situações experimentais.
Estudamos o controle da postura ereta durante o apoio unipodal e bipodal. Estudamos o controle da postura durante
manipulações nas informações sensoriais disponíveis para o monitoramento do equilíbrio, como visão e rugosidade da
superfície de apoio. Estudamos os ajustes posturais antecipatório e compensatório em movimentos focais de membro
inferior e superior. Estudamos o efeito do tipo de base de suporte e altura da base de suporte no controle do equilíbrio
postural. Estudamos os ajustes posturais em crianças praticantes e não praticantes de ginástica olímpica. Os resultados
destes todos estudos estão sendo utilizados para formar um modelo conceitual sobre o comportamento geral da postura
ereta.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Luis Mochizuki
Resp.
Docente
Projeto de Pesquisa
A influência do esforço físico nas funções endócrinas do coração: uma revisão sobre o fator natriurético atrial
Ano Início
2004
Descrição: O contrôle homeostático dos líquidos corporais dependem de uma complexa interação humoral. As aurículas
desempenham papel funfamental nesse contrôle. O fator natriurético atrial produzido nas aurículas sofre influência de
diferentes aspectos, em particular, os exercícios físicos intensos que determinam aumento dos níveis plasmáticos desse
hormônio. O objetivo desse trabalho foi revisar a literatura acerca das influências do exercício físico sobre a dinâmica
endócrina do coração. Em exercícios de longa duração e alta intensidade o FNA se mostra aumentado muito acima da
normalidade evidenciando microlesões dos cardiomiócitos, semelhante as cardiopatias. Esses resultados foram
divulgados em um evento científico da área e publicados nos respectivos anais.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Eliane Florencio Gama
Resp.
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Alterações da cartilagem da epífise distal de fêmur de ratos Wistar submetidos a atividade física durante o início
2004
do envelhecimento
Descrição: As cartilagens articulares são importantes tecidos para a absorção de choques especialmente durante a atividade física. É
conhecido o fato de que essas cartilagens sofrem alterações dirante o envelhecimento.
É também conhecido que a atividade física tem efeitos importantes sobre diversos tecidos corporais. Há vários estudos
mostrando os efeitos do exercício nessas cartilagens no envelhecimento tardio. São escassos, porém, os trabalhos sobre
os efeitos da atividade física no início do envelhecimento. Tomando o rato como modelo animal, serão estudados os
efeitos de corrida em esteira sobre a cartilagem da epífise distal do fêmur em tres grupos de animais: grupo A, 5 ratos com
seis meses de idade, que serão eutanasiados de imediato; 5 ratos do grupo B, com seis meses, que serão mantidos como
grupo sedentário durante outros seis meses; grupo C , 5 animais que serão submetidos a corrida em esteira 5 vezes por
semana durante uma hora por dia, durante seis meses, quando serão eutanasiados juntamente com os animais do grupo
B.
As epífises distais do fêmur serão colhidas, e as cartilagens articulares serão submetidas a diversas técnicas para estudos
morfométricos e estereológicos.
Os dados obtidos para os três grupos serão tabulados, as médias calculadas e comparadas estatisticamente, pelo teste t
de Student para amostras pareadas.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Romeu Rodrigues de Souza
Chronos
Especialização:
Resp.
1 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Alterações hemodinâmicas promovidas pelo exercício físico na hipertensão por bloqueio da síntese de óxido
2002
nítrico
Descrição: O objetivo do presente projeto será avaliar as alterações associadas entre a resistência periférica à insulina, a pressão
arterial e a vasodilatação adaptativa do leito muscular decorrentes da atividade física aguda e crônica em ratos
hipertensos por bloqueio da síntese do óxido nítrico (L-NAME).
Métodos: Ratos machos Wistar (250-300 gramas) sedentários e treinados (em esteira ergométrica por 10 semanas) (n=8
cada grupo) serão avaliados em repouso, durante o exercício e no período de recuperação através da implantação de
cânulas arteriais para registro direto de pressão arterial e para infusão de microsesferas coloridas visando a quantificação
do débito cardíaco e dos fluxos sanguíneos regionais. Com este trabalho espera-se demonstrar a importância do óxido
nítrico nas adaptações cardiovasculares e musculares ao exercício, bem como que o treinamento físico pode normalizar
os prejuízos nas respostas ao exercício induzidas pela hipertensão.
PUBLICAÇÕES GERADAS
DE ANGELIS, K., OGAWA, T., FARAH, V., KRIEGER, E., IRIGOYEN, M.
Homeostatic Adjustments of L-NAME hypertensive rats to acute exercise. FASEB Journal. EUA: , v.16, n.5, p.A1141 A1141, 2002.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 3
Mestrado:
Doutorado: 3
Especialização:
Equipe
Categoria
FERNANDA TEIXEIRA
Outro Participante
IRIS CALLADO SANCHES
Outro Participante
JÉSSICA KOTAN
Outro Participante
Kátia De Angelis
Resp.
Docente
Luciana Jorge
Outro Participante
Maria Claudia Irigoyen
Outro Participante
Chronos
2 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Análise Biomecânica da postura humana: estudos sobre o controle do equilíbrio.
Ano Início
1996
Descrição: O tema central da Tese é uma abordagem biomecânica do controle postural. Analisamos a postura ereta através da
posturografia estática e dinâmica. Na posturografia estática, estudamos posturas eretas unipodais e bipodais, inferindo o
comportamento do centro de pressão. Este estudo foi caracterizado pelo Experimento 01. Na posturografia dinâmica,
estudamos o controle postural através dos ajustes posturais ocasionados pela rápida elevação da coxa, no plano frontal e
sagital. Caracterizamos estes estudos com dois experimentos: 02 e 03. O experimento 02 foi caracterizado pela descrição
e análise dos ajustes posturais através da mensuração do COP obtido separadamente de cada apoio. O experimento 03
também analisou e descreveu o ajuste postural, em uma amostra composta apenas por crianças com diferentes níveis de
experiência na ginástica olímpica. Em relação ao problema conceitual do Experimento 01, expresso pela questão: quais
são e como podem ser influenciadas as estratégias descritas pelo COP? As estratégias representadas pela oscilação do
COP são diferenciadas por causa de posição do apoio. Na postura unipodal, o efeito da restrição de informação sensorial
aumenta com o aumenta da complexidade da postura. Por intermédio deste experimento, encontramos mais resultados
sobre como se comporta o controle postural na postura bipodal e as possíveis estratégias associadas a cada apoio. Em
relação ao problema conceitual do Experimento 02, expresso pela questão: como é e o que influencia a organização da
estratégia postural? A estratégia postural é descrita pelo formato do APA, que varia por causa dos grupos. A repetição de
cinco vezes indica correlação entre a tarefa e a repetição para alguns componentes dos grupos. A direção do movimento
focal altera o APA. Por intermédio deste experimento, descrevemos os ajustes posturais associados ao movimento da
coxa a partir da informação de cada apoio. Em relação ao problema conceitual do Experimento 03, expresso pela questão:
como se organiza a estratégia postural em praticantes de ginástica olímpica? Observamos diferenças nos ajustes
posturais por causa dos grupos. Pessoas com experiência em ginástica olímpica apresentam menores oscilações nas
características geométricas das respostas posturais. A modulação entre as variáveis modifica-se por causa dos grupos.
Por meio deste experimento, estimamos o número de dimensões associadas às variáveis mensuradas e associamos este
resultado ao problema de redução dos graus de liberdade. Finalmente, em relação ao questionamento inicial: qual é a
variável que reflete modificações no controle postural, em diferentes idades e atividades motoras? Consideramos que o
estudo do ajuste postural é um ótimo candidato para identificar modificações no controle postural porque este variou por
causa de idade, da experiência motora e de características individuais. Assim, sugerimos que o estudo da adaptação dos
ajustes posturais pode ser uma ferramenta para avaliar a habilidade motora equilíbrio. Os estudos desenvolvidos nesta
Tese trouxeram respostas as perguntas inicialmente propostas. Deve existir uma estrutura complexa que governa ambos
ajustes e se baseia na interação de ambos para garantir a estabilidade do sistema. Acreditamos que esta abordagem
fornece assunto para discussões sobre o efeito de tarefas de equilíbrio.
Palavras-chave: biomecânica, controle postural, ginástica olímpica.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 3
Equipe
Especialização:
Categoria
Alberto Carlos Amadio
Outro Participante
Luis Mochizuki
Resp.
Rubens Correa Araujo
Docente
Docente
Projeto de Pesquisa
Análise biomecânica do movimento humano
Ano Início
2001
Descrição: A análise biomecânica de movimentos humanos compreende um conjunto de técnicas metodológicas baseadas em
conceitos mecânicos. A partir destas técnicas diferentes tipos de movimentos podem ser abordados e descritos. O
objetivo deste projeto é aplicar as técnicas de cinemetria, antropometria e dinamometria para analisar diferentes ações
motoras, a saber: os movimentos de locomoção, postura ereta e manipulação de objetos.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Categoria
Luis Mochizuki
Resp.
Rubens Correa Araujo
Chronos
Especialização:
Docente
Docente
3 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Análise multivariada do movimento humano
Ano Início
2001
Descrição: O movimento humano é influenciado por muitos tipos de fatores que podem ser de origem fisiológica, metabólica,
biomecânica, neuromotora, comportamental, entre outros. A análise simultãnea destes fatores dificultada pela
inadequação de métodos de análise de resultados. Estamos estudando o efeito de diferentes técnicas de análise
multivariada em respostas do movimento em diferentes tarefas motoras afim de melhor compreeeder fenômeno
movimento humano. O objetivo deste projeto é utilizar astecnicas de analise multivariada como análise dos componentes
principais e análise de cluster para estudar o movimento humano.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Luis Mochizuki
Resp.
Projeto de Pesquisa
Aspectos morfofuncionais e biomecânicos da Atitude Corporal
Docente
Ano Início
2004
Descrição: O Grupo de Estudos " Aspectos Morfofuncionais e Biomecânicos da Atitude Corporal ", iniciou sua estruturação em 2003,
agrupando profissionais e alunos interessados e já se cadastrando no CNPq em 2004 quando dá início as suas pesquisas.
O primeiro projeto desenvolvido por esse grupo analisa os aspectos anatômicos e biomecânicos envolvidos na
determinação da postura individual e suas relações com as vivências sociais e culturais. A titude corporal está relacionada
a uma interdependência entre as estruturas corporais e as vivências sociais psíquicas e culturais do indivíduo. O equilíbrio
corporal depende dos captores oculares e podais que alimentam o sistema vestibular. Os aspectos dinâmicos da postura
estão embasados nas experiências motoras do indivíduo que lhe conferem a capacidade de interagir com o meio.
O grupo pretende avaliar as questões externas que influenciam na mecânica e atitude corporais.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 3
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Especialização:
Equipe
Categoria
Ailton Pereira da Costa
Outro Participante
Eliane Florencio Gama
Resp.
Docente
Hugo Silva
Outro Participante
Misleine de Souza Freitas
Outro Participante
Myriam de Oliveira
Outro Participante
Chronos
4 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
AVALIAÇÃO BIOMECÂNICA DAS BANDAGENS FUNCIONAIS NA ARTICULAÇÃO DO TORNOZELO
Ano Início
2002
Descrição: O propósito deste estudo foi investigar o mecanismo de ação das bandagens funcionais, quando aplicadas na articulação
do tornozelo com o objetivo de estabilização. Dez sujeitos foram analisados através de um dinamômetro isocinético Biodex
System 3 na condição com e sem bandagem funcional e em cinco velocidades: 60, 120, 180, 300 e 360º/s.
A amplitude máxima de inversão foi menor com bandagem funcional do que sem ela em todas as velocidades angulares
analisadas, o que demonstra um papel mecânico evidente das bandagens funcionais. No entanto, como os testes, que
constaram de 5 repetições em cada uma das quatro velocidades angulares analisadas, foram realizados em uma única
sessão, não se pode afirmar que esse efeito iria perdurar ao longo de um tempo maior, como numa prática esportiva
prolongada, conforme foi observado por alguns autores (ALT, LOHRER & GOLLHOFER, 1999; LARSEN, 1984;
LAUGHMAN et al., 1980).
Se por um lado, esse resultado foi esperado e aponta para um maior efeito mecânico da bandagem funcional, por outro
lado, o resultado quanto ao torque foi surpreendente, e sugere também seus efeitos proprioceptivos. Era de se esperar
que, embora os sujeitos tentassem vencer a resistência oferecida pela bandagem, gerando assim, um torque interno
maior, o torque externo que é detectado pelo dinamômetro deveria ser menor - fato oposto do encontrado nos resultados
desse estudo.
Observando-se os resultados, pode-se perceber que a maior redução da amplitude de movimento ocorreu a 60º/s, o que
sugere um maior efeito mecânico da bandagem funcional em velocidades angulares mais baixas. Outro aspecto
interessante foi o maior torque registrado na máxima amplitude de movimento com a bandagem funcional. Podemos
sugerir que a ativação dos receptores táteis da pele cuja bandagem estava aderida poderia provocar uma facilitação
neuromuscular, e, com isso, aumentar a capacidade de geração de força muscular. Outra hipótese para esse resultado
seria de que, pelo fato da amplitude de movimento de inversão ser reduzido pela bandagem funcional, o valor do torque
teria sido registrado numa posição angular de maior vantagem mecânica, já que o músculo, pela ação da bandagem é
impedido de chegar ao seu encurtamento máximo, conforme a curva de tensão-comprimento, já classicamente descrita na
literatura (GORDON,1966 apud DVIR, ZEEVI,1995).
Há redução da amplitude de movimento de inversão do tornozelo, independente da velocidade estudada, com a aplicação
da bandagem funcional, sendo que, na velocidade angular de 60º/s, essa redução foi maior.
O torque registrado na amplitude extrema de movimento, com a bandagem funcional é maior do que sem a mesma.
Afim de se verificar se o efeito mecânico é dependente da freqüência de uso, pretende-se repetir o procedimento numa
única velocidade com um número maior de repetições e maior tempo entre as mesmas. Além disso, pretende-se avaliar
as alterações do sinal EMG para verificar se há alteração do padrão de ativação muscular, conforme sugere os resultados
do presente estudo.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Marcia Barbanera
Resp.
Rubens Correa Araujo
Outro Participante
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Avaliação da sensibilidade baroreflexa e do controle autonômico da freqüência cardíaca em ratos hipertensos
2002
diabéticos
Descrição: O objetivo deste trabalho será o efeito do diabetes de curta duração induzido por estreptozotocina nos seguintes
parâmetros cardiovasculares de ratos espontaneamente hipertensos na pressão arterial, na freqüência cardíaca, na
sensibilidade baroreflexa e no controle autonômico da FC.
Métodos: Ratos espontaneamente hipertensos (230-260 grams) serão divididos em dois grupos: hipertensos e hipertensos
diabéticos (n=8 cada grupo). Cinco dias após a indução do diabetes (estreptozotocina, 50 mg/kg) os animais serão
canulados para avaliação da pressão arterial, freqüência cardíaca, sensibilidade dos pressoreceptores (através da infusão
de fenilefrina e nitroprussiato de sódio) e do controle autonômico da freqüência cardíaca (através da infusão de atropina e
atenolol).Com este trabalho espera-se caracterizar hemodinamicamente este modelo que associa hipertensão e diabete,
demonstrando a possível disfunção autonômica característica do diabetes em humanos. Após a caracterização do modelo
poder-se-á estudar os efeitos do exercício.
PUBLICAÇÕES GERADAS
FARAH, V., DE ANGELIS, K., E Ayala, AL Pimentel, L Maldonado, IRIGOYEN, M.
Cardiopulmonary reflex sensitivity in diabetic hypertensive rats. FASEB Journal. EUA: , v.17, n.5, p.A859 - A859, 2003.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
André Rogow
Outro Participante
Kátia De Angelis
Docente
Maria Claudia Irigoyen
Chronos
Resp.
5 de 66
Outro Participante
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
AVALIAÇÃO DO CONTROLE POSTURAL EM CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL
Ano Início
2004
Descrição: O Objetivo deste projeto de pesquisa é estudo do controle postural por meio da determinação dos ajustes posturais em
diferentes posturas eretas em crianças normais e com paralisia cerebral. Por meio de métodos biomecânicos
(eletromiografia e cinemetria) saõ determinados parâmetros do movimento humano necessários para o estudo dos ajustes
posturais.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Aline Bigongiari
Resp.
Luis Mochizuki
Discente Autor
Docente
Projeto de Pesquisa
AVALIAÇÃO DO CONTROLE POSTURAL EM IDOSOS E INCIDÊNCIA DE QUEDAS ACIDENTAIS
Ano Início
2004
Descrição: O Objetivo deste projeto de pesquisa é estudo do controle postural por meio da determinação dos ajustes posturais em
diferentes posturas eretas em idosos. Por meio de métodos biomecânicos (eletromiografia e cinemetria) saõ determinados
parâmetros do movimento humano necessários para o estudo dos ajustes posturais.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Luis Mochizuki
Resp.
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
AVALIAÇÃO DO ESTADO DE SAÚDE DE MULHERES IDOSAS: INVESTIGAÇÃO SOBRE O
2004
COMPORTAMENTO ALIMENTAR, ESTADO NUTRICIONAL E PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA
Descrição: A projeto tem como objetivos identificar diferentes aspectos de saúde em indivíduos idosos. Em etapa inicial, pretende
comparar o estado nutricional de mulheres idosas com um grupo de mulheres jovens, no que diz respeito a parâmetros
antropométricos, dietéticos, hormonais, de gasto energético e comportamentais. Como métodos serão determinados:
anamnese geral; caracterização do grau de atividade física (IPAQ); avaliação do consumo alimentar e avaliação da
qualidade da dieta; dados antropométricos e bioimpedância; coleta do consumo de oxigênio e cálculo do gasto energético
em repouso e em atividade; coleta de material biológico. Além disso, será desenvolvida entrevista semi-estruturada para
investigação dos aspectos comportamentais que levam às práticas alimentares e de atividade física.
Como resultados preliminares, identificou-se, em ambos os grupos, diferentes níveis de atividade física.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Marcia Val Miyamoto
Resp.
Sandra Maria Lima Ribeiro
Discente Autor
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
AVALIAÇÃO DO GASTO ENERGETICO DE REPOUSO E POS EXERCICIO EM DIFERENTES INDIVÍDUOS E
2004
PROTOCOLOS DE EXERCICIO
Descrição: O presente projeto pretende compreender a magnitude e a duração do efeito EPOC (excess pos exercise oxigen
consumption), em diferentes situações. Serão selecionados diferentes grupos de indivíduos e situações, a saber:exercício aeróbio e anaeróbio, presença ou não de lanches antes do exercício; indivíduos treinados e não treinados;
adolescentes, idosos, e obesos. Para as medidas, utilizar-se-á o analisador metabólico VO2000, e as medidas serão feitas
com os indivíduos em decúbito ventral, com auxílio de máscara coletora dos gases respirados.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Chronos
Especialização:
Resp.
6 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Avaliação dos sistemas neuro-humorais no controle da circulação em ratos diabéticos.
Ano Início
2002
Descrição: Este trabalho tem por objetivo investigar participação dos sistemas pressores na manutenção dos níveis pressóricos de
ratos normais de diabéticos. São utilizados ratos machos Wistar divididos em grupos normias e diabéticos (STZ, 50
mg/kg, 15 dias). Já foram avaliadas a pressão arterial, o débito cardíaco e os fluxos sanguíneos regionais na situação
basal e após o bloqueio farmacológico do sistema arginina-vasopressina, do sistema renina-angiotensina e do sistema
nervoso simpático. Para tal projeto foi padronizado o uso de quatro cores de microesferas em uma mesmo animal para
avaliação do débito cardíaco e dos fluxos sanguíneos regionais. Os primeiros resultados demonstram uma importante
participação simpática na manutenção do tônus vascular de ratos diabéticos.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Kátia De Angelis
Resp.
Maria Claudia Irigoyen
Docente
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Avaliação Isocinética da especificidade de treinamento de força muscular
Ano Início
2003
Descrição: Ainda é questionado na literatura especializada, se um treinamento isométrico realizado numa posição angular específica
pode trazer um aumento na capacidade de gerar torque somente naquela posição angular, ou se o ganho obtido pelo
treinamento é obtido também em outras posições angulares. Para esclarecer tal questão, estão sendo estudados os
dados de sujeitos que se submeteram voluntariamente a um teste isocinético pré e pós treinamento isométrico. Os grupos
serão divididos em diferentes posições angulares de flexão do joelho: 35, 75 e 105 graus. Será realizado um tratamento
estatístico dos dados, através da análise de variância e dos testes pos hoc de Tukey para evidenciar as diferenças
estatisticamente significativas.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Marcelo Amaral Montandon
Outro Participante
Rubens Correa Araujo
Chronos
Especialização:
Resp.
7 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Caracterização do músculo grande-dorsal: avaliações contráteis vasculares e bioquímicas em ratos normais e
1997
diabéticos.
Descrição: A cardiomioplastia é uma cirurgia no qual músculo grande dorsal (GD) é colocado ao redor do coração insuficiente para
auxiliar a função cardíaca. Estudos demonstraram que após 5 anos desta cirurgia os pacientes apresentavam
degeneração do tecido muscular. Esta cirurgia constitui-se numa alternativa para o transplante cardíaco com a vantagem
de poder ser realizada em diabéticos. O objetivo do presente projeto foi avaliar as características contráteis, vasculares e
bioquímicas do GD em animais normais e diabéticos. Os resultados demonstram que animais diabéticos apresentam
prejuízo na função contrátil e vascular, associado a redução da atividade da Na K ATPase e da Ca ATPase, além de
aumento do estresse oxidativo. Estes dados sugerem que pacientes diabéticos encaminhados a cardiomioplastia devem
ser melhor monitorados e tratados para evitar a degeneração precoce do GD pós-cardiomioplastia.
PUBLICAÇÕES GERADAS
Dissertação Mestrado
De Angelis, K. CARACTERIZAÇÃO DO MÚSCULO GRANDE DORSAL: AVALIAÇÕES CONTRÁTEIS, VASCULARES E
BIOQUÍMICAS EM RATOS NORMAIS E DIABÉTICOS, Ano de obtenção: 1998 Orientador: MARIA CLÁUDIA IRIGOYEN
DE ANGELIS, K., FORTES, Z., CESTARI, I., IRIGOYEN, M.
A NEW APPROACH TO THE STUDY OF LATISSIMUS DORSI MUSCLE VASOREACTIVITY IN RATS. Artificial Organs.
EUA: , v.25, n.11, p.934 - 938, 2001
DE ANGELIS, K., CESTARI, I., BARP, J., DALL'AGO, P., BITTENCOURT, P., BELLO, A., BELLOKLEIN, A., LLESUY, S.,
IRIGOYEN, M.
OXIDATIVE STRESS IN LATISSIMUS DORSI MUSCLE OF DIABETIC RATS. Brazilian Journal of Medical and Biological
Research. BRASIL: , v.33, n.11, p.1363 - 1368, 2000.
DE ANGELIS, K., IRIGOYEN, M., CESTARI, I.
PROPRIEDADES MECÂNICAS DO MÚSCULO GRANDE DORSAL ESTIMULADO ELETRICAMENTE. Revista da
Sociedade de Bioengenharia. BRASIL: , 2000.
DE ANGELIS, K., CESTARI, I., BITTENCOURT, P., LEINER, A., IRIGOYEN, M.
CHANGES IN LATISSIMUS DORSI ISOMETRIC CONTRACTILE IN ATREPTOZOTOCIN-INDUCED DIABETIC RATS.
Artificial Organs. EUA: , v.21, n.6, p.485 - , 1997
DE ANGELIS, K., IRIGOYEN, M., LEINER, A., CESTARI, I.
EXPERIMENTAL MODEL OF CARDIOMYOPLASTY. Artificial Organs. EUA: , v.21, n.6, p.510 - , 1997
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Categoria
Kátia De Angelis
Resp.
Maria Claudia Irigoyen
Chronos
Especialização:
Docente
Outro Participante
8 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Caracterização hemodinâmica do modelo de insuficiência cardíaca por adriamicina.
Ano Início
2000
Descrição: A insuficiência cardíaca (IC) é uma doença que vem atingindo níveis alaramentes na população mundial. O estudo dos
fatores envolvidos bem como possíveis intervenções tem sido objeto de diversos estudos,. O objetivo do presente projeto
foi estabelecer um modelo experimental de insuficiência cardíaca, caracterizando-o hemodinamicamente para futuros
estudos de intervenções terapêuticas. Foram estudados ratos machos Wistar divididos em dois grupos: controles e com
insuficiência cardíaca (adriamicina, 13 mg/kg). Os resultados mostraram que os animais com IC apresentavam aumento
da pressão diastólica final do ventrículo esquerdo, redução do débito cardíaco e prejuízo na função dos baroreceptores,
semelhante ao observado em humanos com IC.
PUBLICAÇÕES GERADAS
RABELO, E., DE ANGELIS, K., BOCK, P., FERNANDES, T., CERVO, F., BELLOKLEIN, A., CLAUSSEL, N., IRIGOYEN,
M.
BAROREFLEX SENSITIVITY AND OXIDATIVE STRESS IN ADRIAMYCIN-INDUCED HEART FAILURE. Hypertension.
EUA: , v.38, n.2, p.576 - 580, 2001.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 4
Equipe
Especialização:
Categoria
Eneida Rejane Rabelo
Outro Participante
Kátia De Angelis
Resp.
Maria Claudia Irigoyen
Docente
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Comparação dos valores de pressão arterial obtidos pelo método ascultatório e um monitor automático de pulso
2004
em repouso e durante o exercício submáximo em indivíduos saudáveis
Descrição: A validade e a confiabilidade desses métodos indiretos utilizados para medidas da PA são discutíveis. A aferição através
do método auscultatório é, sem dúvida, a mais validada na literatura, todavia, a correta aferição por esta técnica é
complexa, exigindo treinamento e conhecimento dos cuidados recomendados no momento da medida por parte do
avaliador. Por estas razões, cada vez mais os aparelhos de medições automáticos vêm sendo utilizados pelo público em
geral na medida da PA. Estudos recentes demonstram que existem diferenças entre os aparelhos automáticos e o método
ascultatório, sugerindo que estes equipamentos não devam ser utilizados clinicamente. O objetivo deste estudo será
comparar os valores de pressão arterial (PA) e de freqüência cardíaca (FC) obtidos através de um monitor de pulso (MP)
(WRIST ASSURE®, HL-168) com os valores obtidos por métodos convencionais de medida da PA, o método auscultatório
(MA), e de medida da FC, o frequencímetro. Serão avaliados sujeitos do sexo masculino e feminino em repouso e durante
um teste submáximo de Astrand em cicloergômetro sendo medidas a PA sistólica (PAS), a PA diastólica (PAD) e a FC
pelos dois métodos a cada 3 minutos do teste.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado: 2
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Demilto Y da Pureza
Resp.
Discente Autor
Kátia De Angelis
Docente
Luciana Jorge
Outro Participante
Lucinar Jupir Forner Flores
Discente Autor
Chronos
9 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Complexa análise biomecânica da coordenação motora
Ano Início
2002
Descrição: As ações motoras podem ser descritas e explicadas com variáveis biomecânicas obtidas através da cinemetria,
dinamometria e eletromiografia. A análise conjunta dessas variáveis caracteriza na Biomecânica uma complexa análise do
movimento. Porém, grande volume de informação não implica necessariamente em facilidade para encontrar as variáveis
de controle do movimento.
Questões a serem investigadas:
Para orientar o desenvolvimento deste projeto de pesquisa buscar-se-à responder as seguintes perguntas centrais:
1. Qual é o efeito de um programa de atividade física na coordenação motora?
2. Como identificar as sinergias que controlam o movimento a partir de variáveis biomecânicas?
3. O conhecimento das sinergias empregadas numa ação motora favorece o reconhecimento de padrões patológicos de
movimento?
Objetivos:
Desta maneira, definem-se os objetivos para o presente projeto de pesquisa:
1. Desenvolver e implementar metodologias para otimização de dados biomecânicos através da análise multivariada;
2. Estudar a coordenação motora em movimentos de membro inferior durante exercícios de cadeia cinética aberta e
fechada;
3. Aplicar as metodologias desenvolvidas para análise de conjunto de dados em estudos com populações de diferentes
faixas e de pessoas portadoras de dorenças que afetam o controle e execução de movimento e postura.
Plano de trabalho:
Para atingir os objetivos propostos anteriormente, este projeto de pesquisa está baseado na realização de experimentos e
no desenvolvimento de técnicas e processos para análise de dados, conforme base conceitual estabelecida na introdução
do presente projeto. Dois fenômenos serão estudados, a locomoção e a postura. Para os estudos destes dois fenômenos,
diferentes grupos experimentais participarão da amostra: grupo controle (composto por pessoas adultas saudáveis, com
idade entre 20 e 35 anos, sem nenhuma lesão no aparelho locomotor ou nos sistemas sensoriais associados ao controle
do equilíbrio) e grupo experimental (subdividido em função das características comuns dos componentes do grupo, como
pessoas idosas saudáveis, pessoas que apresentam neuropatia diabética e pessoas com lesão ligamentar ou muscular no
aparelho locomotor).
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Luis Mochizuki
Resp.
Rubens Correa Araujo
Docente
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
CONSIDERAÇÕES SOBRE A RELAÇÃO ENTRE A ELETROMIOGRAFIA E O TORQUE MUSCULAR POR MEIO
2004
DA DINAMOMETRIA ISOCINÉTICA
Descrição: Com a análise da correlação entre a eletromiografia (EMG) e o torque muscular, muitas interpretações poderão ser
esclarecidas, como a divisão de carga entre músculos agonistas para um movimento articular, especialmente se algum
desses músculos desempenha mais de uma função; entre outras. Se essa correlação for melhor estabelecida, será
possível oferecer à comunidade um método de análise minucioso do movimento. O presente projeto tem por finalidade
avaliar a relação entre a eletromiografia e o torque muscular isométrico através da dinamometria isocinética em diferentes
níveis de torque, em diferentes posições angulares de 15 participantes voluntários. Após aquecimento prévio, os eletrodos
de superfície serão colocados entre o ponto motor e a inserção distal do músculo. Os sujeitos serão acomodados na
cadeira do dinamômetro, e haverá fixação do segmento corporal proximal através das cintas disponíveis na cadeira. Afim
de estabelecer os procedimentos metodológicos mais adequados para o trabalho proposto, foi realizado um estudo piloto.
Os músculos selecionados para a avaliação da atividade EMG foram: m. reto femoral (RF), m. vasto lateral (VL), m. vasto
medial longitudinal (VML) e m. vasto medial oblíquo (VMO), sendo que nesses ventres foram colocados eletrodos de
superfície. Os resultados deste estudo sugerem que o comportamento da relação EMG/torque nos ventres superficiais do
m. quadríceps femoral é linear em contrações isométricas em diferentes posições angulares. Além disso, essa relação
parece não depender da posição articular.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Patrícia Martins Franciulli
Resp.
Rubens Correa Araujo
Chronos
Especialização:
Discente Autor
Docente
10 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Controle autonômico da freqüência cardíaca em ratos diabéticos por estreptozotocina.
Ano Início
1998
Descrição: O diabetes é uma doença associada com disfunção autômica e maior risco cardiovascular. O objetivo do presente estudo
foi avaliar os benefécios do treinamento físico na disautonomia de ratos diabéticos. Foram utlizados ratos machos Wistar
divididos em 4 grupos: controles sedentários, controles treinados, diabéticos sedentários e diabéticos treinados. Após o
treinamento físico (10 semanas em esteira ergométrica) foi avaliada as alterações na pressão arterial, freqüência cardíaca
e controle autonômico da frequência cardíaca. Os resultados demonstraram que o treinamento físico normalizou a
hipotensão e a bradicardíaca características deste modelo de diabetes, sugerindo que o atividade física deve ser
considerada no manejo do paciente diabético.
PUBLICAÇÕES GERADAS
IRIGOYEN, M., DE ANGELIS, K., MAEDA, C., DALL'AGO, P.
CONTROLE DA FUNÇÃO CARDIOVASCULAR NO DIABETES E NA HIPERTENSÃO EXPERIMENTAL. Revista do
Hospital de Clínicas de Porto Alegre. , v.IN, n.PRESS, 2003.
MICCHELINI, L., DE ANGELIS, K., SCHAAN, B., IRIGOYEN, M.
Exercício físico no diabetes associado a hipertensão arterial. Revista da Sociedade Brasileira de Hipertensão. , v. 7,
107-112, 2003.
DE ANGELIS, K., SCHAAN, B., MAEDA, C., DALL'AGO, P., WICHI, R., IRIGOYEN, M.
CARDIOVASCULAR CONTROL IN EXPERIMENTAL DIABETES. Brazilian Journal of Medical and Biological Research. ,
v.35, n.7, p.1091 - 1100, 2002
DE ANGELIS, K., OLIVEIRA, A., DALL'AGO, P., PEIXOTO, L., GADONSKI, G., FERNANDES, T., IRIGOYEN, M.
EFFECTS OF EXERCISE TRAINING IN AUTONOMIC AND MYOCARDIAL DYSFUNSTION IN
STREPTOZOTOCIN-DIABETIC RATS. Brazilian Journal of Medical and Biological Research. BRASIL: , v.33, p.653 - 641,
2000.
DALL'AGO, P., MAEDA, C., DE ANGELIS, K., SCHAAN, B., IRIGOYEN, M.
CONTROLE REFLEXO DA PRESSÃO ARTERIAL NO DIABETES EXPERIMENTAL. Revista da Sociedade Brasileira de
Hipertensão. BRASIL: , v.6, n.3, p.255 - 266, 1999.
DE ANGELIS, K., DALL'AGO, P., GADONSKI, G., PEIXOTO, L., FERNANDES, T., IRIGOYEN, M.
EXERCISE TRAINING IMPROVES CARDIOVASCULAR AND METABOLIC STATUS IN DIABETIC RATS. Hypertension.
EUA: , v.33, n.4, p.1073 - , 1999
DE ANGELIS, K., DALL'AGO, P., GADONSKI, G., PEIXOTO, L., FERNANDES, T., IRIGOYEN, M.
EXERCISE TRANING IMPROVE CARDIAC FUNCTION IN DIABETIC-STREPTOZOTOCIN RATS. Circulation. EUA: ,
v.98, n.17, p.I-129 - , 1998
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 2
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Kátia De Angelis
Docente
Maria Claudia Irigoyen
Resp.
Outro Participante
Pedro Dall´Ago
Outro Participante
Tania Gateli Fernades
Outro Participante
Chronos
11 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Correlação em velocidade do teste de esforço, limiar de lactato e consumo de oxigênio em ratos.
Ano Início
2004
Descrição: A determinação da intensidade de exercício é fundamental para obtenção de sucesso em um programa de treinamento
físico que objetive performance ou saúde. Em experimentação animal, a utilização de métodos de determinação do VO2
máx de forma direta, não está ao alcance de todos, devido principalmente ao alto custo do aparelho e as dificuldades de
utilização. De forma semelhante, a dosagem de lactato, além de ser invasiva (exige uma gota de sangue do animal)
apresenta um custo elevado em função da necessidade do uso de fitas descartáveis a cada determinação. Dados de
nosso grupo sugerem que a determinação da velocidade de corrida durante o teste de esforço máximo poderia estar
correlacionada com essas medidas duas clássicas de esforço. Assim, o objetivo do presente projeto será avaliar em ratos
machos e fêmeas o VO2 máx e o concentração de lactato, correlacionado estas variáveis com a velocidade obtida no
teste de esforço máximo.
.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado: 2
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Bruno Rodrigues
Outro Participante
Demilto Y da Pureza
Discente Autor
Diego Mendrot
Outro Participante
Kátia De Angelis
Resp.
Maria Claudia Irigoyen
Docente
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Efeito da abstinência do tabaco sobre as respostas cardiovasculares ao teste submáximo em mulheres saudáveis
2004
Descrição: Efeito da abstinência do tabaco sobre as respostas cardiovasculares ao teste submáximo em mulheres saudáveis.
O fumo afeta a freqüência cardíaca, a pressão arterial e o rendimento cardiorrespiratório. Este estudo tem como objetivo
verificar o efeito do tabaco na capacidade de desenvolver exercício físico progressivo em mulheres sedentários e
fumantes. Serão sujeitos do estudo seis indivíduos do sexo feminino, inativas, com idade de entre 18-22 anos, com tempo
de tabagismo de pelo menos 5 anos, que fumem entre 10 e 20 cigarros por dia. A capacidade cardiovascular será
determinada pelo teste submáximo de Astrand modificado em uma bicicleta ergométrica. As participantes serão instruídas
no primeiro teste a ficarem 1 hora sem fumar e no segundo teste 24 horas sem o uso do tabaco. Em repouso e durante os
testes serão medidas a freqüência cardíaca (FC) e a pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD).
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado: 2
Doutorado: 1
Especialização:
Equipe
Categoria
Demilto Y da Pureza
Discente Autor
IRIS CALLADO SANCHES
Outro Participante
Kátia De Angelis
Resp.
Lucinar Jupir Forner Flores
Chronos
Docente
Discente Autor
12 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Efeito de recursos eletrotermoterápicos na reabilitação tecidual
Ano Início
2002
Descrição: Diante da constante necessidade dos profissionais da área de reabilitação em aplicar protocolos de tratamentos
adequados, que sejam mais eficazes e que acelerem o reparo tecidual, o presente estudo pretende comparar tratamentos
eletrotermoterápicos através de uma revisão bibliográfica, com o intuito de observar a melhor forma de se intervir no
processo de cura, dado que o indivíduo lesado deve recuperar-se no menor tempo possível, para voltar a ser
economicamente ativo na sociedade.
Sobre a revisão feita e os resultados obtidos e discutidos, dos recursos aqui apresentados, a Laser e o Ultra-som parecem
os mais adequados para a aplicação no TCD lesado. Como esta pesquisa teve cunho estritamente teórico, seria
interessante o prosseguimento desta; na realização de um experimento comparativo destas quatro técnicas de tratamento
eletrotermoterápico. Com a elaboração de protocolos de tratamento para orientar os tratamentos, e uma pesquisa mais
aprofundada nos trabalhos do gênero, um trabalho deste porte pode confirmar ou negar os relatos aqui feitos, com
diferenças significativas nos resultados das terapias em relação ao tempo, à aceleração da cura, aos efeitos adversos
etc..
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 3
Mestrado:
Doutorado: 1
Especialização:
Equipe
Categoria
Flávia de Oliveira Almeida
Outro Participante
Graziela Zagato
Outro Participante
Luciana Sbrissa
Outro Participante
Rubens Correa Araujo
Resp.
Projeto de Pesquisa
Efeitos cardiovasculares do exercício agudo e crônico em ratos diabéticos
Docente
Ano Início
2004
Descrição: Pacientes diabéticos são mais propensos a apresentarem doenças cardiovasculares, decorrentes em muitos casos da
neuropatia diabética, a qual é acompanhada por uma gama de anormalidades e envolve tanto o sistema nervoso
autônomo bem como o sistema somático, o que aumenta a morbidade e a mortalidade desses pacientes. O objetivo do
presente trabalho será avaliar alterações no controle autonômico da freqüência cardíaca (FC), durante o exercício físico
agudo em ratos diabéticos induzidos por estreptozotocina, bem como verificar possíveis alterações na morfologia de
gânglios relacionados ao controle autonômico da freqüência cardíaca. Serão estudados 24 ratos Wistar, divididos em dois
grupos, controle (C=12) e diabético (D=12). Vinte e nove dias após a indução do diabetes, os animais serão submetidos a
canulação da artéria carótida e da veia jugular. Após 24 horas será realizado o registro da pressão arterial e da FC em
repouso (20 minutos) e durante o exercício, na situação basal e após o bloqueio simpático (propanolol) e parassimpático
(atropina). Os sinais biológicos serão registrados através de um sistema de aquisição (CODAS). No dia seguinte os
animais serão sacrificados e os tecidos serão preparados para análises morfométricas em um sistema de análise digital
de imagem (Zeiss).
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado: 1
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Demilto Y da Pureza
Discente Autor
Kátia De Angelis
Resp.
Docente
Luciana Jorge
Outro Participante
Maria Claudia Irigoyen
Outro Participante
Chronos
13 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Efeitos cardiovasculares e autonômicos do destreinamento em ratos normais e diabéticos
Ano Início
2004
Descrição: Em face dos benefícios já demonstrados no treinamento físico em indivíduos com diabetes melito, faz-se necessário o
estudo dos efeitos dos destreinamento nesta população. Com as melhorias promovidas pelo exercício que otimizam o
metabolismo da glicose e controle autonômico cardiovascular, são adquiridos novos hábitos de vida. O indivíduo ao cessar
a prática de exercícios físicos, que é uma ocorrência rotineira, tende a manter os mesmos hábitos que costumava ter no
período de treinamento. Por essa razão, faz-se necessário um estudo sobre os efeitos hemodinâmicos e metabólicos do
destreinamento, para que os indivíduos diabéticos que, por algum motivo, cessam a prática de atividades físicas, possam
tomar os cuidados necessários para que a transição da atividade para a inatividade possa ser mais segura. Investigar os
efeitos de destreinamento em ratos controles e diabéticos, analisando:pressão arterial; freqüência cardíaca de repouso;
controle autonômico da freqüência cardíaca; sensibilidade dos pressoreceptores e índice insulina/glicose.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 2
Mestrado: 2
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
André Rogow
Outro Participante
Demilto Y da Pureza
Resp.
Discente Autor
Kátia De Angelis
Docente
Luciana Jorge
Outro Participante
Lucinar Jupir Forner Flores
Discente Autor
Projeto de Pesquisa
Efeitos cardiovasculares e autonômicos do treinamento físico em fêmeas normais e menopausadas
Ano Início
2004
Descrição: A participação significativa das mulheres no mercado de trabalho e em atividades esportivas começou a ocorrer somente
na década de 70. Com esta nova inserção da mulher na sociedade começou a busca pelo conhecimento das adaptações
fisiológicas específicas do sexo feminino a diferentes situações fisiológicas e patológicas. Apesar de atualmente estar
claro que a função cardiovascular é diferente entre os sexos, a maioria dos estudos que avaliaram os benefícios
cardiovasculares e autonômicos do treinamento físico foi realizada em machos. Desta forma, o objetivo deste trabalho é
verificar os efeitos do treinamento físico na função ventricular e no controle autonômico da circulação em ratas saudáveis.
Serão utilizadas 16 ratas Wistar (200 a 230g) divididas em: controles sedentárias (CS) e controles treinadas (CT). As CT
serão submetidas a um protocolo de treinamento físico aeróbio em esteira durante 8 semanas. A pressão arterial, a
freqüência cardíaca, a sensibilidade barorreflexa, o controle autonômico da FC e a função ventricular serão avaliados pelo
registro dos sinais biológicos através de um sistema de aquisição de dados biológicos. Os resultados poderão servir de
base para estudos dos benefícios do treinamento físico em diferentes situações fisiológicas (envelhecimento, menopausa)
ou patológicas (diabetes, hipertensão), bem como na elaboração mais precisa e fundamentada de programas de
prescrição de exercícios, de reabilitação cardíaca, e de manejo de risco cardiovascular em mulheres.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 2
Mestrado: 1
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
IRIS CALLADO SANCHES
Outro Participante
Kátia De Angelis
Resp.
Docente
Luciana Jorge
Outro Participante
Lucinar Jupir Forner Flores
Discente Autor
Maria Claudia Irigoyen
Outro Participante
Chronos
14 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Efeitos cardiovasculares e autonômicos do treinamento físico em ratas menopausadas e infartadas
Ano Início
2004
Descrição: Os riscos cardiovasculares em mulheres aumentam com o surgimento da menopausa havendo maior incidência do infarto
do miocárdio (IM). A sobrevida pós IM depende da extensão da lesão miocárdica e da manutenção da função ventricular
esquerda. Recentemente, o controle reflexo da circulação pelos pressorreceptores foi reconhecido também como um
importante preditor de risco após eventos cardiovasculares. Por outro lado, o treinamento físico tem sido sugerido como
uma conduta não-farmacológica importante no tratamento de doenças cardiovasculares e metabólicos. Desta forma, o
objetivo deste trabalho é verificar os efeitos do treinamento físico na função ventricular, na pressão arterial, na freqüência
cardíaca, na sensibilidade dos pressorreceptores e receptores cardiopulmonares e no controle autonômico da freqüência
cardíaca em ratas ooforectomizadas e infartadas. Serão utilizadas 32 ratas Wistar (200 a 230g) que serão divididas em 4
grupos: Ooforectomizadas sedentárias, Ooforectomizadas treinadas, Ooforectomizadas infartadas sedentárias e
Ooforectomizadas infartadas treinadas. O estudo da associação da menopausa com o IM, bem como os efeitos do
treinamento físico, nesta condição poderão contribuir na busca mais precisa de intervenções terapêuticas no tratamento
de mulheres pós-menopausa.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 3
Mestrado: 2
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Bruno Rodrigues
Outro Participante
IRIS CALLADO SANCHES
Outro Participante
Kaleizu Rosa
Outro Participante
Kátia De Angelis
Docente
Luciana Jorge
Outro Participante
Lucinar Jupir Forner Flores
Resp.
Maria Claudia Irigoyen
Discente Autor
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Efeitos da aplicação do ultrassom no processo de consolidação de fraturas, em tíbia de rato.
Ano Início
2002
Descrição: Serão analisados neste trabalho os efeitos da aplicação de diferentes intensidades de ultrassom sobre o processo de
consolidadção de fratura em tíbia de rato. Serão estudados 3 grupos de animais, que serão anestesiados, e nos quais
será aplicada fratura de tíbia. As patas posteriores serão imobilizadas, com gesso,. Aos animais serão aplicados ultrassom
em diferentes doses para cada grupo. Os animais serão sacrificados em épocas diferentes do processo de consolidação
da fratura. As tíbias serão emblocadas em parafina e serão feitos cortes histológicos que serão corados pela
Hematoxilina-eosina e pelo Sirius Red para evidenciação do colágeno e das células. Os resultados permitirão concluir
sobre diferenças no uso do ultrassom no processo de consolidação da fratura. Estes dados podem ser importantes no
tratamento de fraturas, fato extremamente comum em praticantes de atividade física. Com isso será possível contribuir
para o aperfeiçoamento dos processos de consolidação de fraturas ocorridas em práticas esportivas.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 5
Mestrado:
Doutorado: 1
Especialização:
Equipe
Categoria
Eliana de Fátima Lopes dos Reis
Outro Participante
Andréia Ferraz Alves
Outro Participante
Felipe da Rosa Oliveira.
Outro Participante
Juliana Gusman Bova
Outro Participante
Renata Gabriel Fontenele
Outro Participante
Romeu Rodrigues de Souza
Chronos
Resp.
15 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Efeitos da Atividade Fisica (corrida em esteiras) sobre o miocárdio de ratos Wistar, durante o período inicial do
2004
envelhecimento
Descrição: Sabemos que o envelhecimento produz alterações nos diferentes tecidos corporais. Sabe-se também que a atividade
física bem orientada pode minimizar esse processo.
O objetivo deste trabalho é averiguar:
1- quais as alterações estruturais e quantitativas que ocorrem no miocárdio de ratos Wistar no período inicial do
envelhecimento (seis a doze meses);
2- que efeitos possíveis têm a atiidade física sobre essas alterações.
Para tanto serão utilizados três grupos de ratos: grupo A, 5 ratos com seis meses, que serão eutanasiados de imediato;
grupo B, 5 ratos com seis meses de idade que serão mantidos em regime sedentário; gupo C, 5 ratos com seis meses que
serão submetidos a corrida em esteira, 75% da capacidade máxima de VO2, diariamente, uma hora por dia, até os doze
meses de idade, quando serão eutanasiados juntamente com os animais do grupo B.
Trechos do Miocárdio do Ventrículo esquerdo serão retirados e utilizados para estudos morfométricos, em cortes ultrafinos
que serão analisados ao microscópio eletrônico de transmissão.
Os dados obtidos dos três grupos serão tabulados, as médias calculadas e comparadas estatisticamente pelo teste t de
Student para amostras pareadas.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Laura Beatriz Mesiano Maifrino
Outro Participante
Romeu Rodrigues de Souza
Resp.
Projeto de Pesquisa
Efeitos da atividade física intensa sobre o volume dos neurônios cardíacos do rato Wistar
Docente
Ano Início
2003
Descrição: Serão utilizados neste trabalho, 12 ratos Wistar de 3 meses de idade. Seis ratos serão submetidos a exercício intenso em
esteira rolante, durante 3 vezes por semana, por uma hora. Outros 6 ratos serão utilizados como controle. Após 10 meses
de atividades, todos os 12 animais serão sacrificados, os atrios do coração serão dissecados e utilizados para fazer
preparados de membrana que serão corados por técnica histoquímica-enzimática para evidenciar neurônios do coração. O
volume de 50 neurônios de cada animal serão medidos. Os dados obtidos serão comparados entre os dois grupos
(controle e ratos corredores).
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Categoria
Eliane Florencio Gama
Docente
Romeu Rodrigues de Souza
Chronos
Especialização:
Resp.
16 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Efeitos da cardiomioplastia passiva na função ventricular de ratos infartados e na formação de fluxo colateral extra
1999
miocárdico induzida pela aplicação de VEGF 165.
Descrição: A cardiomioplastia é uma cirurgia no qual músculo grande dorsal (GD) é colocado ao redor do coração insuficiente para
auxiliar a função cardíaca. Estudos demonstraram que após 5 anos desta cirurgia os pacientes apresentavam
degeneração do tecido muscular, sugerindo-se que o processo de isquemia seria o principal responsável por este evento.
O objetivo do presente estudo foi estudar os efeitos da cardiomioplastia (CDM) passiva na função ventricular e na
revascularização (induzida pela aplicação de VEGF) do coração infartado de ratos. Os resultados demonstraram que a
cardiomiplastia passiva foi capaz de reverter a disfunção ventricular apresentada pelos ratos infartados, impedindo o
aparecimento de um quadro de insuficiência cardíaca. Além disto, a aplicação do VEGF um fator de neovascularização na
artéria do grande dorsal promoveu aumento marcante no fluxo colateral do grande dorsal para coração, sendo este achado
correlacionado com uma menor área de infarto. Este dado sugere que a CDM pode ser uma alternativa terapêutica para
pacientes com insuficiência cardíaca, no entanto, estudos complementares fazem-se necessários.
PUBLICAÇÕES GERADAS
TESE DE DOUTORADO:
De Angelis, K . Título: Efeitos da cardiomioplastia passiva na função ventricular de ratos infartados e na formação de fluxo
colateral extramiocárdico induzida pela aplicação de VEGF165, Ano de obtenção: 2001. Orientador: MARIA CLÁUDIA
IRIGOYEN
DE ANGELIS, K., LEINER, A., IRIGOYEN, M., CESTARI, I.
NONSTIMULATED CARDIOMYOPLASTY IMPROVES HEMODYNAMICS IN MYOCARDIAL-INFARCTED RATS. Artificial
Organs. EUA: , v.25, n.11, p.939 - 943, 2001
DE ANGELIS, K., LEINER, A., IRIGOYEN, M., CESTARI, I.
CARDIOMYOPLASTY AND VEGF TREATMENT IMPROVE LEFT VENTRICULAR FUNCTION AND MYOCARDIAL
REVASCULARIZATION AFTER MYOCARDIAL INFARCTION IN RATS. Journal Of American College Of Cardiology. EUA:
, 2001
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Kátia De Angelis
Resp.
Maria Claudia Irigoyen
Docente
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Efeitos da desnutrição proteica pós-natal sobre a estrutura da cartilagem articular do fêmur do rato.
Ano Início
2002
Descrição: Cortes histológicos da cartilagem articular da extremidade distal do fêmur de 6 ratos nutridos e 6 desnutridos foram
corados para fibras colágenas, para proteoglicanas e com hexatoxilina-eosina, para medir a espessura e quantificar os
condrócitos da cartilagem. Nos animais nutridos, foram observadas fibras colágenas do tipo I, dispostas tangencialmente
na camada superficial e formando enovelados em torno dos condrócitos nas camadas mais profundas da cartilagem. A
coloração para proteglicanas era uniforme nas camadas. Nos animais desnutridos, o aspecto era semelhante, mas havia
menor concentração de fibras nas camadas. A coloração para proteoglicanas era intensa apenas nas camadas mais
profundas da cartilagem, sendo fraca na camada superficial. O peso dos animais, a espessura da cartilagem e o número
total de condrócitos foi significativamente menor (P<0,05) nos animais desnutridos do que nos nutridos.
O trabalho está sendo enviado para o periódico Nutrition Research.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 4
Mestrado:
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Cassia Casemiro Oliveira
Outro Participante
Eliane Florencio Gama
Docente
Ligia Parlangelo Stamboni
Outro Participante
Marcela Santoni Francesquini
Outro Participante
Romeu Rodrigues de Souza
Resp.
Silmara Cristina Bressani
Chronos
Docente
Outro Participante
17 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Efeitos da ingestão de proteína de soja em ratos submetidos a diferentes protocolos de exercício físico.
Ano Início
2003
Descrição: Justificativa:
Atualmente, muito se tem discutido sobre os efeitos da ingestão de soja por seus benefícios. Entre eles, pode-se citar:
melhora das condições de pressão arterial, prevenção de alguns tipos de câncer, osteoporose e melhora do sistema
imunológico. Com relação ao exercício físico, poucos estudos buscaram analisar a integridade das fibras musculares ou
das respostas do organismo como um todo, à ingestão desse tipo de proteína animal.
Metodologia.
Serão estudas ratos Wistar, adultos, que serão divididos nos seguintes grupos:
1a etapa: exercício moderado (corrida de baixa intensidade, 1h/dia em esteira)
- G1- Sedentário, alimentado com dieta padrão- caseína
- G2- Sedentário, alimentado com proteína de soja
- G3- Sedentário, alimentado com proteína de soja + metionina
- G4- Exercitado, alimentado com dieta padrão- caseína
- G5- Exercitado, alimentado com proteína de soja
- G6- Sedentário, alimentado com proteína de soja + metionina
2a etapa- repetição do experimento, porém submetendo os ratos a exercício intenso (corrida intensa, por 30 minutos/dia)
Parâmetros a serem avaliados: peso do animal, balanço nitrogenado, analise histológica das fibras musculares, peso do
músculo, do fígado e composição corporal
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Especialização:
Equipe
Categoria
Camila Maria de Melo
Outro Participante
Marcia Val Miyamoto
Discente Autor
Sandra Maria Lima Ribeiro
Resp.
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Efeitos da privação estrogênica sobre o controle reflexo da circulação em ratas: papel da reposição hormonal e do
2003
exercício físico.
Descrição: O objetivo do presente projeto será estudar em ratas fêmeas ooforectomizadas, com ou sem reposição hormonal, as
alterações do controle reflexo da PA bem como sua associação com o estresse oxidativo. Além disso, verificar se o
exercício físico regular pode modificar algum desses parâmetros.
Métodos: Ratas fêmeas Wistar (200-230 gramas) serão submetidas a cirurgia de ooforectomia e após uma semana serão
separadas em grupos: sedentário, treinado, sedentário + suplementação hormonal, treinado + suplementação hormonal
(n=8 cada grupo). Nove semanas após a cirurgia as ratas serão canuladas para registro da pressão arterial, freqüência
cardíaca, sensibilidade dos pressoreceptores (através da infusão de fenilefrina e nitroprussiato de sódio) e avaliação do
controle autonômico da freqüência cardíaca (através da infusão de atropina e atenolol). Após as avaliações
hemodinâmicas as ratas serão sacrificadas e os tecidos serão coletados para avaliação do estresse oxidativo. Com este
trabalho espera-se demonstra os efeitos benéficos do treinamento físico nos parâmetros cardiovasculares no período da
menopausa, bem como as possíveis alterações decorrentes da suplementação hormonal.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 2
Mestrado:
Doutorado: 3
Equipe
Especialização: 1
Categoria
Kátia De Angelis
Resp.
Docente
Lisete Michelini
Outro Participante
Maria Claudia Irigoyen
Outro Participante
Tania Gateli Fernades
Outro Participante
Chronos
18 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Efeitos do Alongamento como prevenção de lesões em atletas de futsal
Ano Início
2004
Descrição: É bem conhecido o fato que atletas de futsal podem sofrer diversos tipos de lesões, especialmente aquelas relacionadas
ao sistema músculo-esquelético. Assim sendo tem-se procurado procedimentos visando evitar estas lesões. Dentre estes,
tem sido utilizado o alongamento passivo, o qual entretanto não tem demonstrado eficiência comprovada. No presente
trabalho procuramos desenvolver um tipo de alongamento ativo baseado no método Kabatt.
Foram utilizados 14 atletas divididos em dois grupos: grupo-contrôle, para o qual não foi aplicado o método e
grupo-experimental, no qual foram aplicadas técnicas do método Kabatt durante o treinamento e realização dos jogos do
campeonato paulista de futsal.
Foram medidas as amplitudes articulares do quadril no início e no final do experimento, com duração de três meses. Além
disso foram analisadas respostas dos atletas de ambos os grupos sobre a incidência de lesões músculo-esqueléticas no
período considerado.
Os dados obtidos para os dois grupos foram tabulados e comparados estatisticamente.
Os resultados estão sendo analisados para conclusão da Dissertação de Mestrado..
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Marcel Bello
Resp.
Romeu Rodrigues de Souza
Discente Autor
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Efeitos do treinamento físico na sensibilidade dos presso-receptores e quimio-receptores e nos fluxos regionais
2002
em ratos diabéticos.
Descrição: O diabete é uma doença que afeta de forma importante o sistema cardiovascular aumentando muito a mobi-mortatilidade
dos pacientes. O objetivo do presente estudo foi avaliar as alterações na sensibilidade dos presso e quimioreceptores
arteriais, bem como nos débito cardíaco e fluxos sanguíneos regionais. Além disto investigar os efeitos do treinamento
físico nestas alterações. Os resultados demonstraram que o treinamento físico reverteu a disfunção na sensibilidade dos
presso e quimioreceptores apresentado pelos animais diabéticos sedentários. Esta melhora foi acompanhada por
normalização do débito cardíaco e dos fluxos sanguíneos regionais prejudicadas pelo diabetes., sugerindo que o exercício
dever ser considerado no manejo do paciente diabético.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Kátia De Angelis
Docente
Maria Claudia Irigoyen
Resp.
Pedro Dall´Ago
Outro Participante
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Efeitos do treinamento físico no controle da circulação e na resistência à insulina em ratos hipertensos pelo
1999
bloqueio da síntese do óxido nítrico
Descrição: Trabalhos vem demonstrando os benefícios do exercício na redução dos níveis pressóricos de pacientes hipertensos.
Todavia, alguns pacientes não respondem ao treinamento físico, mantendo níveis de pressão arterial elevados. Este
trabalho teve por objetivos estudar os efeitos do treinamento físico em ratos hipertensos pela síntese do óxido nítrico.
Ratos machos Wistar foram divididos em: sedentários e treinados. A hipertensão foi induzida pelo bloqueio da síntese do
NO na água de beber (L_NAME). Após o período de treinamento foram avaliados a pressão arterial, sensibilidade
baroreflexa, controle autonômico da freqüência cardíaca e resistência à insulina. Os resultados obtidos demonstraram que
o grupo de hipertensos treinados não apresentou queda dos níveis pressóricos basais significativa, todavia observou-se
uma melhora da sensibilidade à insulina no período pós exercício.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 3
Equipe
Especialização: 1
Categoria
Kátia De Angelis
Resp.
Docente
Lisete Michelini
Outro Participante
Maria Claudia Irigoyen
Outro Participante
Tania Gateli Fernades
Outro Participante
Chronos
19 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Efeitos do treinamento físico no perfil hemodinâmico de ratos velhos.
Ano Início
1997
Descrição: Vários trabalhos demonstraram que o envelhecimento induz promove prejuízo na função cardiovascular. Este trabalho
teve por objetivos avaliar os efeitos do treinamento físico nos parâmetros hemodinâmicos de ratos velhos (24 meses).
Ratos machos Wistar velhos foram submetidos a 10 semanas de treinamento físico e após este período foram canulados
e avaliados hemodinâmicamente, sendo comparados a ratos velhos sedentários. Os resultados denmonstraram que o
treinamento físico em ratos velhos induz bradicardia de repouso e redução do estresse oxidativo no coração, sem
modificar a pressão arterial, a sensibilidade dos pressoreceptores e o controle autonômico da freqüência cardíaca.
Pesquisadores: Cláudia ,Tânia Fernandes, Adriane Belló-Klein, Kátia
PUBLICAÇÕES
DE ANGELIS, K., OLIVEIRA, A. R., WERNER, A., BOCK, P., BELLÓKLEIN, A., IRIGOYEN, M.
EXERCISE TRAINING IN AGING: HEMODYNAMIC, METABOLIC AND OXIDATIVE STRESS EVALUATIONS.
Hypertension. EUA: , v.30, n.2, p.767 - 771, 1997.
DE ANGELIS, K., OLIVEIRA, A., WERNER, A., BOCK, P., LACCHINI, S., BELLÓKLEIN, A., IRIGOYEN, M.
EXERCISE TRAINING IN AGED NORMOTENSIVE RATS: HEMODYNAMIC, METABOLIC AND OXIDATIVE STRESS
EVALUATIONS. Hypertension. EUA: , v.29, n.3, p.903 - , 1997
IRIGOYEN, M., DE ANGELIS, K., OLIVEIRA, A., DALL'AGO, P., FIORINO, P., LACCHINI, S.
ALTERAÇÕES FUNCIONAIS DO SISTEMA CARDIOVASCULAR DURANTE O ENVELHECIMENTO In: ASPECTOS
BIOLÓGICOS E GERIÁTRICOS DO ENVELHECIMENTO II ed.PORTO ALEGRE : EDIPUC, 2000
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 3
Especialização: 1
Equipe
Categoria
Kátia De Angelis
Docente
Lisete Michelini
Outro Participante
Maria Claudia Irigoyen
Resp.
Tania Gateli Fernades
Outro Participante
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Efeitos hemodinâmicos do exercício físico em camundongos: participação do sistema nervoso autônomo
Ano Início
2002
Descrição: O objetivo geral do presente projeto será avaliar os efeitos do exercício físico em parâmetros hemodinâmicos, bem como
no controle autonômico da FC em camundongos treinados e sedentários em condições basais e durante a realizacão do
teste de esforço em cargas progressivas.
Métodos: Camundongos machos C-57 (25-30 gramas) serão divididos em sedentários e treinados (esteira ergométrica
durante 4 semanas). Os animais serão canulados para registro da pressão arterial, freqüência cardíaca, sensibilidade dos
pressoreceptores (através da infusão de fenilefrina e nitroprussiato de sódio) e do controle autonômico da freqüência
cardíaca (através da infusão de atropina e propranolol).Este estudo representa uma padronização dos efeitos do exercício
no sistema cardiovascular de camundongos normais, representando o passo inicial para avaliações futuras de
camundongos geneticamente modificados.
PUBLICAÇÕES GERADAS
WICHI, R., DE ANGELIS, K., ED Moreira, MORRIS, M., KRIEGER, E., IRIGOYEN, M.
Autonomic Control of Heart Rate in Trained Mice. Journal Applied of Physilogy. , n.Submetido, 2003
DE ANGELIS, K., WICHI, R., WRA Jesus, ED Moreira, KRIEGER, E., IRIGOYEN, M.
Autonomic control of heart rate in trained mice. Hypertension. Estados Unidos: , 2003
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 3
Especialização:
Equipe
Categoria
Kátia De Angelis
Docente
Maria Claudia Irigoyen
Resp.
Outro Participante
Mariana Morris
Outro Participante
Rogério Wichi,
Outro Participante
Chronos
20 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Efeitos metabólicos e cardiovasculares do treinamento físico em um modelo experimental de diabetes do tipo 2
Ano Início
2004
Descrição: Tendo em vista que o DM tipo II é uma doença que vem tomando proporções epidêmicas nos últimos anos é de suma
importância o estabelecimento de um modelo experimental com características específicas do DM tipo II. Existem muitos
trabalhos na literatura relacionados ao DM, mas a grande maioria utiliza-se do modelo experimental característico do DM
tipo I, induzido por streptozotocina. O estabelecimento de um modelo específico do tipo II, os estudos científicos poderão
ser mais focados nas complicações, bem como tratamento, do DM tipo II. O objetivo deste pré-projeto será identificar as
alterações metabólicas, renais, cardiovasculares e na capacidade de exercício em um modelo experimental de DM tipo II
induzido pela administração de frutose na água de beber. O estabelecimento deste modelo possibilitará o estudo futuro
dos benefícios do treinamento físico no DM tipo II.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 3
Mestrado:
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
IRIS CALLADO SANCHES
Outro Participante
Janaina de Oliveira Brito
Outro Participante
Kátia De Angelis
Resp.
Docente
Maria Claudia Irigoyen
Outro Participante
Natália Bernardes
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Estabelecimento de parâmetros do duplo-produto para avaliação da resistência ao esforço em adolescentes
2003
obesos
Descrição: Objetivos: caracterizar as respostas cardiovasculares ao exercício moderado, comparando adolescentes obesos e
eutróficos.
Metodologia: Seleção de 20 indivíduos, sendo 10 classificados como obesos e 10 como eutróficos. Ambos os grupos
serão submetidos a um teste de 20 minutos em esteira ergométrica, e durante esse período serão avaliados a freqüência
cardíaca e a pressão arterial. A partir desse parâmetro será determinado o duplo-produto, que de acordo com FARINATTI
(1999) constitui parâmetro sensível para medida dos parâmetros de aptidão física
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Resp.
Projeto de Pesquisa
Estudo comparativo do colágeno do ventrículo esquerdo de crianças e adultos jovens
Docente
Ano Início
2003
Descrição: É bem conhecido o fato que os tipos de colágeno estão relacionados às tensões que o tecido suporta. No presente
trabalho pretendemos comparar os tipos e disposição do colágeno do ventrículo esquerdo de crianças quando as pressões
são pequenas comparadas aquelas presentes em corações de adultos, para verificar se esta hipótese se aplica
ao miocárdio. Serão colhidas em autópsia, na Faculdade de Medicina da USP, peças de ventrículos esquerdos de
crianças e adultos, as quais serão utilizadas para fazer cortes histológicos, que serão corados para evidenciação do
colágeno e outras que serão utilizadas para exame ao microscópio eletrônico de transmissão. Os dados obtidos serão
comparados e analisados estatisticamente. Os resultados poderão evidenciar alterações do colágeno face as ao aumento
de pressões na câmara cardíaca, dados que poderão servir como base para estudos fisiológicos e de patologias inclusive
aqueles relacionados a atividade física.
Os dados estão sendo enviados para Aging Development.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Especialização:
Equipe
Categoria
Andréia Bogoslawski.
Outro Participante
Romeu Rodrigues de Souza
Chronos
Resp.
21 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Ano Início
ESTUDO COMPARATIVO DOS EFEITOS DA UTILIZAÇÃO DO LASER, ULTRA-SOM E ESTIMULAÇÃO
2000
ELÉTRICA NO PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO DO TENDÃO CALCÂNEO DE RATOS
Descrição: Dentre os recursos terapêuticos utilizados em fisioterapia para o tratamento de lesões inflamatórias agudas e crônicas,
ferimentos abertos e fechados e de problemas associados ao processo de reparo tecidual estão o ultra-som (US), laser de
baixa potência(LBP) e estimulação elétrica de baixa freqüência (EE) (KITCHEN & BAZIN, 1996)¹. Entretanto a literatura
não mostra trabalhos comparativos sobre a ação destes diferentes recursos terapêuticos. O objetivo do presente trabalho
é comparar a ação do LBP, US e EE no processo de cicatrização do tendão calcâneo de ratos.
Os resultados encontrados permitiram-nos concluir que, tanto o 14o dia como no 23° dia apesar de todas as etapas da
cicatrização estarem ativas, ao que parece a EE foi o recurso que promoveu melhores resultados. Da mesma forma, no
23o dia, percebeu-se que o recurso em que se obteve resultados significativos, com um número maior de núcleos de
fibroblastos foi o grupo da estimulação elétrica. Já quanto à organização das fibras colágenas, observou-se, a partir do 23o
dia, resultados mais favoráveis ao laser, seguido, respectivamente, pelo ultra-som e estimulação elétrica, sendo que todos
esses apresentaram um resultado melhor que o grupo controle.
Portanto, diante do presente trabalho, se o paciente apresenta condições que interferem em seu estado vascular, a EE
seria o agente mais indicado para auxílio na regeneração tecidual. Se, por outro lado, os estágios de recapilarização e
fibroplasia não forem fatores impeditivos para a recuperação funcional, mas sim a desorganização do tecido, o laser e o
ultra-som, respectivamente, parecem ter um auxílio maior na remodelagem.
Deste trabalho foi possível encaminhar uma publicação para Journal of Orthopaedics and Sports Phyical Therapy em
2004.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 2
Mestrado: 1
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Fabiane Cabral Silveira
Outro Participante
Patrícia Martins Franciulli
Discente Autor
Renata Ortiz de Assis
Outro Participante
Romeu Rodrigues de Souza
Docente
Rubens Correa Araujo
Resp.
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Estudo histológico e ultraestrutural comparativo do colágeno do miocárdio do camundongo, rato, cobaia e coelho.
2002
Descrição: É bem conhecido o fato que os tipos de colágeno estão associados com as tensões presentes no tecido. Neste trabalho
pretendemos comparar o colágeno do miocárdio de animais de porte diferentes para verificar se existe associação entre
massa coporal e do ventrículo esquerdo com os tipos de colágeno presentes no miocárdio. Utilizando métodos
histológicos e de microscopia de transmissão serão estudados os tipos de colágeno presentes no miocárdio
de camundongos, ratos, cobaias e coelhos, animais de portes diferentes e portanto com miocárdio submetido a pressões
diferentes. Os resultados poderão ser importantes para a compreensão das alterações do miocárdio frente a situações
fisiológicas diferentes, tal como ocorre na atividade física.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Romeu Rodrigues de Souza
Resp.
Projeto de Pesquisa
Estudo histomorfométrico de cardiomiócitos ventriculares de ratos Wistar albinos nutirdos e desnutridos
Docente
Ano Início
2004
Descrição: Os efeitos da desnutrição sobre as capacidades funcionais e desempenho físico não são uniformes. Não há diferença em
relação à atividade física mas sim à performance funciona, que é diminuída em individuos desnutridos. Há uma proteção
funcional do miócito cardíaco que mantém sua capacidade de bombeamento.
O objetivo do presente trabalho é analisar as alterações morfométricas dos miócitos ventriculares de animais submetidos a
uma dieta aproteica. Utilizando técnicas morfométricas e a partir da microscopia de luz estamos analisando o volume
ponderado nuclear médio dos ventrículos de ratos nutridos e desnutridos.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Eliane Florencio Gama
Docente
Jurema Carmona Sattin Cury
Chronos
Especialização:
Resp.
22 de 66
Discente Autor
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Estudo sobre a mensuração do tônus muscular em portadores de pontos gatilhos miofasciais através de
1999
eletromiografia de superfície
Descrição: Este trabalho tem como objetivos verificar se há diferença do sinal EMG de um mesmo músculo entre os lados em
indivíduos saudáveis, para saber se a variabilidade entre os lados permite uma comparação do sinal EMG desses
músculos com aqueles que apresentem pontos gatilhos miofasciais (PGM). Também se pretendeu verificar se há
diferença na atividade EMG do PGM em relação ao músculo sadio nas condições de repouso e contração voluntária
máxima; e se o registro EMG de superfície é capaz de detectar diferentes graus de irritabilidade do PGM, já que diferentes
sujeitos apresentam diferentes graus de irritabilidade dos mesmos.
A intensidade do sinal EMG obtido com eletrodos de superfície em sujeitos normais, no mesmo músculo, não apresentou
diferença estatisticamente significativa, entre os lados. Isso permitiu fornecer mais confiança na comparação do sinal EMG
com aquele obtido no PGM. A atividade EMG do sinal encontrado sobre o PGM é significativamente maior do que a obtida
na porção sadia do mesmo músculo, ou desse músculo em outra pessoa saudável, na condição de repouso. O sinal EMG
de superfície registrado sobre o PGM, na condição de contração voluntária máxima, não apresentou diferença
estatisticamente significativa, quando comparado tanto ao sinal EMG registrado na porção sadia do mesmo músculo,
quanto no músculo do sujeito saudável, na mesma condição de contração voluntária máxima. Quanto maior o grau de
irritabilidade do PGM, maior a intensidade do sinal EMG no repouso, estando esta irritabilidade caracterizada pela
presença de fenômenos autonômicos ou pela atividade do PGM.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Aline Bigongiari
Resp.
Rubens Correa Araujo
Discente Autor
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Existe uma frequência de estimulação elétrica neuromuscular mais apropriada para reeducação uroginecológica?
2003
Descrição: A estimulação elétrica neuromuscular tem sido usada há muito tempo para reeducação do assoalho pélvico, em quadros
de incontinência urinária e de prolapsos.
Como se sabe, há vários parâmetros a serem controlados num programa de estimulação elétrica, como a intensidade da
corrente, freqüência, duração do pulso, duração do ciclo de estimulação e de repouso, número total de contrações,
freqüência de tratamento por semana e número total de aplicações. O presente estudo foi realizado afim de verificar se,
numa intensidade de corrente suficiente para provocar um efeito motor evidente, é possível encontrar uma freqüência
preferida ou mais confortável entre as mulheres, ou se esse valor é individual.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 2
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Micheli Rodriguez Munhoz
Outro Participante
Rubens Correa Araujo
Resp.
Thais Valezin
Chronos
Especialização:
Docente
Outro Participante
23 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Idosos, Nutrição e Atividade Física.
Ano Início
2002
Descrição: Esse projeto teve o intuito de contribuir para as questões da saúde, especificamente a nutrição, voltada para o processo
de envelhecimento. A introdução de um programa de educação alimentar, de uma forma predominantemente lúdica e
interativa, aliada a um programa de atividade física, foi capaz de proporcionar alterações no comportamento alimentar,
constituindo reforço positivo nas propostas de melhoria da qualidade de vida.
Metodologia: Avaliação inicial -medidas antropométricas, avaliação do consumo alimentar, avaliação de parâmetros
bioquímicos indicativos de deslipidemias e alterações glicêmicas. O diagnóstico apontou erros alimentares, que
possivelmente contribuíram para alterações de lipídeos plasmáticos e na composição corporal. Etapa educativa: foram
planejadas e ministradas aulas teórico-práticas, abordando conceitos fundamentais de alimentação e nutrição,
relacionados com envelhecimento e atividade física.
Avaliação Final: após o programa educativo, foi repetida a avaliação inicial, onde comprovou-se mudanças no
comportamento alimentar e hábitos de vida, além da melhoria nas medidas antropométricas.
Conclusão: o projeto demonstrou alterações corporais e metabólicas típicas do envelhecimento. Mostrou ainda hábitos
alimentares inadequados, que justificam a realização de trabalhos educativos com esse grupo populacional.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Resp.
Projeto de Pesquisa
Niveis séricos de leptina e IGF1 em ratas submetidas a restrição alimentar e treinamento intenso
Docente
Ano Início
2004
Descrição: Este trabalho tem como objetivo investigar a relação entre o treinamento de endurance e/ou a restrição alimentar sobre o
ciclo reprodutivo de ratas. Os hormônios sexuais são produzidos no hipotálamo(GnRH) que estimulam a liberação dos
hormônios hipofisários(LH) e (FSH). O treinamento intenso e a
restrição alimentar diminuem as concentraçãoes plasmáticas de leptina e é justamente a leptina quem faz o elo entre o
gasto energético e o sistema reprodutor.
As ratas forão divididas em quatro grupos: treinadas alimentadas, treinadas restritas, sedentárias alimentadas e
sedentárias restritas. As ratas treinadas realizaram treinamento de endurance na esteira durante 6 semanas, durante uma
hora, duas vezes ao dia.
No final as ratas foram sacrificadas por decaptação e o sangue e os órgãos coletados e armazenados para posteriores
análises hormonais. Os resultados encontram-se em fase de análise e discussão.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Especialização:
Equipe
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Docente
Zirlene Adriana dos Santos
Chronos
Resp.
24 de 66
Discente Autor
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Relação entre dieta, crescimento e atividade física: estudo em ratos
Ano Início
1992
Descrição: A pesquisa procurou traçar, a partir de estudos com animais de experimentação as respostas metabolicas e biométricas
de diferentes teores de proteína da dieta em ratos submetidos a exercícios aeróbios.
Foram observados: nível ótimo de proteínas: 20%; neste nível de proteínas foram observados os maiores valores de
síntese de proteínas, DNA, RNA e peso corporal e muscular. Os níveis de Insulin-like growth factor 1 também foram
aumentados nos percentuais de 20% de proteínas na dieta.
Publicações derivadas do projeto:
BALDI, M; TIRAPEGUI, J; RIBEIRO, SML Effect of protein deficiency on plasma insulin-like growth factor-I (IGF-I) level
and protein and proteoglycan synthesis rates in skeletal muscle and boné. Nutrition Research 16(5). 869-879, 1996.
RIBEIRO, SML; TIRAPEGUI, J. Fator de Crescimento semelhante à insulina-1, dieta e atividade física.Cadernos de
nutrição 10: 30-47, 1995.
RIBEIRO, S. M. L.; CAMPOS, PL; TIRAPEGUI, J. O. O rato de laboratório: histórico, dados biológicos e críticas Revista
de Farmácia e Bioquímica da Universidade de São Paulo, São Paulo, v. 31, n. 1, p. 21-28, 1995
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Julio O. Tirapegui
Outro Participante
Sandra Maria Lima Ribeiro
Chronos
Especialização:
Resp.
25 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Relação entre estado nutricional e nivel de atividade fisica em adolescentes obesos
Ano Início
2003
Descrição: Justificativa:
Sabe-se do caráter epidêmico que assume a obesidade nos dias atuais. Especificamente no que diz respeito a
adolescentes, o sedentarismo estimulado pela televisão, computador, vídeo-game, e os hábitos alimentares inadequados
contribuem para esse quadro. É bastante conhecida a colaboração da obesidade para o desenvolvimento de muitas
doenças, além do que muitas alterações fisiológicas e metabólicas merecem maiores investigações. Assim, traçando
parâmetros de estado nutricional, aptidão física e do estilo de vida pode-se estabelecer com maior fundamentação
estratégias preventivas e educativas, que colaborem para a prevenção ou diminuição desses parâmetros.
Objetivos:
Geral:
Investigar parâmetros de avaliação nutricional e aptidão física em adolescentes, comparando indivíduos obesos e
eutróficos;
Específicos:
-Determinar parâmetros de avaliação da composição corporal em adolescentes;
-Determinar parâmetros cardiovasculares de resistência à prática de atividade física;
-Estabelecer estratégias de educação nutricional e educação física para esses indivíduos.
Metodologia:
Casuística:
Para desenvolvimento desse projeto, serão estudados os alunos de 5a a 8a série do ensino fundamental do Colégio São
Judas Tadeu. Para que os objetivos sejam alcançados, serão estabelecidos 2 eixos, um de caráter longitudinal (1o eixo) e
outro de caráter transversal (2o eixo).
1a eixo- Avaliação de todo o grupo de alunos:
a-) Aplicação do questionário IPAQ para avaliação do nível de atividade física praticado pelos alunos;
b-) Avaliação do consumo alimentar que consistirá na aplicação de um questionário de 24h;
c-) Avaliação antropométrica : peso altura, para posterior determinação do IMC, classificação de acordo com a proposta da
OMS;
d-) Medida da PA e FC, após repouso de 5 minutos.
e-) Elaboração do planejamento das Oficinas de Nutrição: a partir dos principais erros alimentares encontrados,
elaboração de planejamento de aulas sobre alimentação e nutrição. Ao final do ano, após a avaliação de cada aula, será
redigido um Manual de Educação Nutricional para alunos de 5a a 8a série. (1o semestre)
f-) Avaliação da oferta e aceitação pelos alunos dos gêneros oferecidos pela cantina escolar, visando o desenvolvimento
de estratégias de conscientização pelos alunos e pelos gestores da cantina (2o semestre).
2o eixo: Avaliação de parâmetros específicos aos adolescentes obesos:
A partir desse eixo, estão sendo desenvolvidos os sub-projetos:
a-) Estabelecimento de parâmetros do duplo-produto para avaliação da resistência ao esforço em adolescentes obesos;
b-) Validade de diferentes protocolos para avaliação da composição corporal em adolescentes obesos.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Marcia Val Miyamoto
Discente Autor
Sandra Maria Lima Ribeiro
Chronos
Especialização:
Resp.
26 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Sistema de Avaliação
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Respostas do IGF-1 (insulin-like growth factor 1) à atividade fìsica e à ingestão alimentar em diferentes situações
2003
Descrição: Introdução:
O IGF-1 é um hormônio polipeptídeo, sintetizado pelo fígado, tecido muscular e tecido cartilaginoso. Entre outras funções
metabólicas, ele desempenha papel semelhante à insulina, possivelmente na captação de aminoácidos pela célula,
sinergisticamente com a insulina. No exercício físico, têm sido observadas alterações em suas concentrações
plasmáticas, tanto crônicas quanto agudas.
Considerando que esse hormônio protéico sofre grande influência com a ingestão de nutrientes, é importante definir que
tipo de estratégia alimentar é considerada adequada para otimizar a ação anabólica deste.
Justificativa:
Tendo em vista o papel de destaque do IGF-1 na avaliação do estado nutricional como sinalizador da síntese de proteínas,
estudos que demonstrem essa situação de acordo com o grau de exercício físico e com o estado alimentar, colaboram
para o esclarecimento desses parâmetros.
Objetivos:
Geral:
Analisar as alterações agudas e crônicas do IGF-1 a diferentes situações de exercício físico e a diferentes tipos de
ingestão de nutrientes
Específicos
Etapa 1: Simulação de situações de exercício
a-) Avaliar suas alterações em exercícios resistidos em situações de jejum, ingestão de carboidratos e ingestão de
carboidratos + proteínas.
A 1-) Alterações agudas
A 2 -)Alterações crônicas
b-) Avaliar suas alterações em exercícios aeróbios em situações de jejum, ingestão de carboidratos e ingestão de
carboidratos + proteínas
B 1-) Alterações agudas
B 2-) Alterações crônicas
Etapa 2
Avaliar, nas mesmas situações as proteínas transportadoras: IGFBP 1, 2 e 3.
Metodologia
Etapa 1 (item a . A .1 dos objetivos):
Alterações agudas das concentrações de IGF-1 em exercícios contra resistência, em resposta a diferentes ingestões de
nutrientes.
Serão avaliados 5 praticantes de musculação, que obedecerão a uma série de exercícios contra resistência, elaborado
com base de 75% da carga máxima predita. O protocolo será repetido 3 vezes, com a seguinte modificação alimentar:
Teste 1: jejum
Teste 2: ingestão de solução de carboidratos (0,7g/Kg de peso)
Teste 3: ingestão de solução de carboidrato + proteína (a mesma quantidade de carboidrato + 0,2g de proteína/Kg de peso
corporal)
Antes e após os testes, será coletado o sangue, centrifugado e analisado quanto às concentrações de IGF-1. Serão
discutidas as alterações agudas às diferentes ingestões.
Etapa 1 (Item A 2 dos objetivos)
5 indivíduos serão submetidos a treinamento de musculação, e serão avaliados os parâmetros basais de IGF-1 antes e
após o período estipulado de 3 meses.
Etapa 1 (Item b dos objetivos)
Serão repetidos os mesmos testes, sob o mesmo protocolo, porém com os avaliados submetidos a treinamento aeróbio,
especificamente corrida.
Chronos
27 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
Relações Nominais
Etapa 2 dos objetivos
Nos testes acima, o plasma permanecerá armazenado a -80oC. Após as discussões sobre as alterações do hormônio,
serão procedidos os testes para análise de suas proteínas transportadoras. A partir dos resultados, serão observadas os
mecanismos estimuladores ou inibidores da ação anabólica do hormônio.
Cronograma:
O trabalho será desenvolvido em 18 meses, sendo que a etapa 1 será realizada no presente ano (primeiro semestre:
exercícios resistidos; segundo semestre: exercício aeróbios)
Etapa 2: primeiro semestre de 2004.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Resp.
Projeto de Pesquisa
UTILIZAÇÃO DA ELETROMIOGRAFIA NA ANÁLISE BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO HUMANO
Docente
Ano Início
1994
Descrição: Este trabalho foi realizado com o objetivo geral de discutir a utilização da eletromiografia em procedimentos de análise do
movimento humano. Para tanto, foi realizada uma revisão de temas relacionados à eletromiografia, visando a fundamentar
a técnica e áreas de aplicação. Para atender a tais propósitos e, tendo como base o conhecimento acumulado na literatura
científica, foram selecionados quatro temas que receberam tratamento e análise experimental com controle metodológico
para a interpretação de variáveis biomecânicas aplicadas ao movimento humano. O primeiro deles, Estudo Comparativo
sobre Técnicas de Colocação de Eletrodos de Superfície em Músculos do Membro Inferior, propõe a utilização de
colocação dos eletrodos de superfície sobre o ponto motor, pelo menos para aqueles músculos de difícil localização a
partir da superfície da pele, visto que essa técnica é procedimento experimental que fornece a certeza de que os eletrodos
estão colocados sobre o músculo em análise. O segundo, Estudo sobre a Variabilidade Intra e Inter-Sujeitos do Sinal
Eletromiográfico durante contração isométrica, permitiu verificar um coeficiente de variação do sinal eletromiográfico de
21%, indicando indica que, quando forem realizados experimentos numa situação
imprópria para procedimentos de normalização, deve-se considerar tal variabilidade, o que também deve ser feito quando
se optar por procedimento de normalização do sinal eletromiográfico pelo valor obtido numa contração isométrica
voluntária máxima. No terceiro experimento, Análise Biomecânica da Ativação das Porções Superficiais do m. Quadríceps
Femoral durante contrações excêntricas e concêntricas, foi revelado como diferentes porções de um mesmo músculo
podem ser ativadas distintamente, de acordo com o padrão de movimento e propõe que a porção longitudinal do m. vasto
medial é ativada precocemente na fase excêntrica do movimento de agachamento. O último experimento, Análise da
Atividade dos Componentes do Músculo Tríceps Sural durante a marcha e suas correlações com a Força de Reação do
Solo e Variação Angular, permitiu uma avaliação da correlação entre os ventres do m. tríceps sural com a dinâmica e
cinemática, demonstrando diferenças de padrão de marcha entre sujeitos e altos coeficientes de variabilidade intra-sujeito,
sugerindo que tais ventres musculares agem a cada passo, fazendo ajustes instantâneos e tornando o sinal
eletromiográfico extremamente variável. De um modo geral, parece que a consolidação da utilização da eletromiografia
para análise do movimento humano necessita assumir as padronizações metodológicas descritas e experimentalmente
interpretadas no presente trabalho em conformidade com o atual estágio do conhecimento científico da área, além de
incluir uma abordagem estatística que possa melhor analisar os resultados dos experimentos em eletromiografia para
análise do movimento humano.
Palavras chave: Eletromiografia, Biomecânica, Movimento Humano.
Esta pesquisa gerou um capítulo de livro e uma publicação internacional.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Alberto Carlos Amadio
Outro Participante
Rubens Correa Araujo
Chronos
Resp.
28 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biodinâmicas da Atividade Física
Projeto de Pesquisa
Validade de diferentes protocolos para avaliação da composição corporal em adolescentes obesos
Ano Início
2003
Descrição: Objetivos: Análise de validação de diferentes protocolos para determinação da composição corporal por antropometria,
tendo como padrão-ouro a pesagem hidrostática.
Metodologia: serão avaliados 20 adolescentes, do sexo masculino, sendo 10 obesos e 10 eutróficos. Os indivíduos serão
submetidos à análise da composição corporal, a partir dos parâmetros:
Peso
Altura
Dobras Cutâneas
Pesagem hidrostática
As diferentes dobras serão submetidas à análise de correlação matemática com a pesagem hidrostática.
Será feita a comparação entre eutróficos e obesos, quanto à validade dos diferentes protocolos antropométricos para
classificação do percentual de gordura corporal.
Após análise e discussão dos dados obtidos, serão redigidos e encaminhados para publicação os seguintes artigos:
- Prevalência de obesidade nesse grupo
- Perfil do grau de atividade física em adolescentes (em parceria com o Prof. Douglas Andrade)
- Caracterização do duplo-produto em adolescentes obesos e eutróficos
- Comparação entre diferentes protocolos para avaliação da composição corporal em adolescentes obesos e eutróficos;
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Chronos
Especialização:
Resp.
29 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Pesquisa
A influência do treinamento mental no fundamento do saque
Ano Início
2004
Descrição: A atividade esportiva se caracteriza por vivências emocionais fortes que podem exercer uma influência positiva ou
negativa sobre os processos orgânicos e a conduta do atleta. Existem situações crucias no esporte, como por exemplo,
no tênis ou no basquete, em que muitos pontos são decididos em poucos minutos ou segundos, que representam
situações que exigem do atleta habilidades importantes, como a autoconfiança, a coragem e a capacidade de manter a
concentração.
O aumento do estresse nas competições pode fazer o atleta reagir física e mentalmente de forma negativa, o que
prejudicará o desempenho. Logo, é preciso que o atleta tenha capacidade de dominar as suas emoções, possa lidar com
uma diversidade de vivências emocionais e com o dinamismo dos estados emocionais durante as competições, ou seja, a
passagem rápida de um sentimento a outro.
A aplicação de estratégias psicológicas pode fortalecer o trabalho com os atletas, a fim de otimizar suas possibilidades de
rendimento.
Assim, o objetivo desse projeto foi avaliar a influência do treinamento mental no fundamento do saque na categoria
pré-mirim de voleibol feminino. Os resultados mostraram que após um programa de treinamento mental o número de
saques errados diminuiu significativamente, o que mostra a importância do treinamento mental.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Daniel Alvarez Pires
Discente Autor
Maria Regina Ferreira Brandão
Resp.
Ricardo Amendola
Docente
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Análise da resistência à fadiga em diferentes modalidades esportivas, de acordo com o estado alimentar dos
2002
atletas.
Descrição: Justificativa: um dos papéis fundamentais da nutrição no esporte é a melhora do estado geral de saúde do atleta, em
todos os momentos de sua vida esportiva, e, de uma forma aguda, a melhora do rendimento nos momentos de
competição e treinamento. Um dos parâmetros que podem ser utilizados para medida dos possíveis efeitos de diferentes
estratégias nutricionais é o retardo no aparecimento da fadiga.
Objetivos: avaliar a resistência ao aparecimento da fadiga em atletas de FUTSAL após diferentes estratégias de ingestão
de carboidratos. Metodologia: Indivíduos estudados: atletas de FUTSAL com idade entre 10 e 13 anos. Aplicação do teste
inicial HI-Box para determinação do limiar de fadiga e seleção dos 6 melhores resultados; repetição do teste na situação
experimental: a-) Sem ingestão de nenhum tipo de nutriente; b-) Com ingestão de carboidrato;- em cada teste será
aplicada a escala de Borg e medido o lactato sanguíneo com auxilio do Lactímetro Accutrend, análise feita antes e depois
do teste.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Chronos
Especialização:
Resp.
30 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Discussão sobre a ingestão energética em atletas de diferentes modalidades: comparação entre esportes
2002
aeróbios e anaeróbios.
Descrição: Justificativa: No planejamento e elaboração de dietas específicas para atletas, na maioria das vezes são utilizadas
equações convencionais para predição das necessidades energéticas, tais como as propostas por Harris-Benedict, OMS,
Cunninghan, entre outros. Entretanto, os estudos para desenvolvimento dessas equações preditivas sempre são
desenvolvidos em população saudável, e não submetida a treinamento físico intenso. Esta constatação em muitas vezes
pode sub ou superestimar as necessidades dos atletas, o que implica em um fornecimento alimentar inadequado,
podendo interferir na saúde e no rendimento desses atletas.
Objetivos: Primeira etapa: Avaliar a ingestão alimentar de atletas de modalidades aeróbias e anaeróbias, comparando com
o estado nutricional e a ingestão alimentar; Segunda etapa: comparar a predição das necessidades energéticas com os
cálculos do gasto energético obtido por avaliação espirométrica.
Metodologia: Primeira etapa: avaliação de atletas de triathlon, em treinamento para a prova iron-man, e de uma equipe de
jogadores de basquete. A avaliação consistirá do exame antropométrico (peso, altura, dobras cutâneas, bioimpedância),
anamnese geral, e avaliação do consumo alimentar por meio de um diário alimentar por 4 dias não consecutivos, incluindo
um final de semana. Serão comparados os dados de ingestão energética com as predições e analisadas as diferenças
encontradas.
Segunda etapa: Os grupos avaliados serão submetidos a um teste de espirometria, desde a situação de repouso até o
exercício máximo, e a partir desses dados será calculada o gasto energético, para comparação com as predições.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 2
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Marcia Val Miyamoto
Discente Autor
Sandra Maria Lima Ribeiro
Resp.
Zirlene Adriana dos Santos
Docente
Discente Autor
Projeto de Pesquisa
Educação nutricional em atletas de maratona.
Ano Início
2003
Descrição: Justificativa: a alimentação equilibrada e adequada às características da atividade física nem sempre é suficientemente
conhecida pelos atletas, o que em grande parte das vezes constitui um dos motivos para que as potencialidades máximas
do desempenho não sejam atingidas. Por isso, é de fundamental importância que sejam propostas atividades educativas,
no intuito de orientar os atletas sobre uma alimentação equilibrada, sobre as principais estratégias para manipulações
dietéticas em períodos de treinamento e competição, e ainda, que as atividades consigam sensibilizar quanto à
importância desses aspectos na promoção e manutenção da saúde. Objetivos: avaliar o comportamento alimentar de
atletas participantes de maratona, de forma a identificar erros, mitos, tabus e uso indiscriminado de suplementos
nutricionais; propor, aplicar e avaliar um planejamento de educação alimentar para esse grupo, de forma e estimular
mudanças em comportamentos alimentares considerados inadequados.
Metodologia: etapa de avaliação: medidas antropométricas e avaliação do consumo alimentar; aplicação de questionário
avaliando conhecimentos de alimentação e nutrição; etapa diagnóstica: verificação dos resultados da tabulação para
enumeração dos objetivos do planejamento educativo; etapa 3: educação: aplicação e posterior avaliação das atividades
educativas.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Chronos
Especialização:
Resp.
31 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Pesquisa
IMAGEM CORPORAL REAL E IDEAL
Ano Início
2002
Descrição: Adequar a forma física de acordo com os padrões de beleza culturalmente estabelecidos pode fazer com que homens e
mulheres estejam sujeitos a apresentar discrepâncias de imagem corporal e sofrer, principalmente, de Anorexia Nervosa,
Bulimia e Dismorfia Muscular que são nocivos à saúde, e caracterizam-se quando seus portadores se acham gordos ou
magros e fracos, mesmo que estejam magros ou fortes e musculosos o suficiente. Portanto, o objetivo do presente projeto
foi avaliar como homens e mulheres percebem sua imagem corporal atual e como a idealizam.
Esse projeto se iniciou em 2001 e terminou em 2003, gerando diversas pesquisas:
1. foram avaliadas 18 fisiculturistas do sexo feminino, atletas de competição, com média de idade de 30,55 ± 4,11 anos,
freqüentadoras de diversas academias, através do Teste de Silhuetas de Fisiculturistas (TSF), elaborado por Gyorfy e
colaboradores (2002), composto por 8 silhuetas de fisiculturistas femininas, com tamanhos de forma física diferente em
escala progressiva. As atletas deveriam primeiramente avaliar a imagem corporal percebida no momento da entrevista e a
imagem que elas gostariam de ter. Foi utilizada como forma de avaliação a freqüência e porcentagem das respostas
escolhidas quando comparadas a imagem corporal percebida e a imagem corporal idealizada. Os resultados indicam que
61% delas idealizam uma imagem corporal mais robusta, 33% manter a forma física atual e, somente, 6% uma imagem
corporal mais magra. Esses resultados mostram que a maioria das fisiculturistas idealiza uma imagem corporal mais
robusta quando comparadas com sua imagem atual.
2. foram avaliadas fisiculturistas do sexo masculino, atletas de competição, através do Teste de Silhuetas de
Fisiculturistas (TSF), elaborado por Padeti e colaboradores (2001), composto por 8 silhuetas de fisiculturistas masculinos,
com tamanhos de forma física diferente em escala progressiva. Os atletas deveriam primeiramente avaliar a imagem
corporal percebida no momento da entrevista e a imagem que eles gostariam de ter. Foi utilizada a média, o desvio padrão
e o teste t de Student para comparar a imagem corporal percebida e a imagem corporal idealizada. Os resultados indicam
diferenças significativas entre a imagem corporal real e ideal, com os fisiculturistas idealizando uma imagem corporal mais
robusta.
3. foram avaliadas 21 fisiculturistas do sexo feminino, atletas de competição ou não, com idades entre 25 e 35 anos,
freqüentadoras de diversas academias, e que treinam de 3 a 4 horas diárias, 5 vezes por semana, através do Teste de
Silhuetas de Fisiculturistas (TSF), elaborado por Gyorfy e colaboradores (2002), composto por 8 silhuetas de fisiculturistas
femininas, com tamanhos de forma física diferente em escala progressiva. As atletas deveriam primeiramente avaliar a
imagem corporal percebida no momento da entrevista e a imagem que elas gostariam de ter. Foi utilizada como forma de
avaliação a a média, o desvio padrão e o teste t de Student com nível de significância de p<0,01. Os resultados indicam
diferenças significativas entre a imagem corporal real e ideal, com as fisiculturistas idealizando uma imagem corporal mais
robusta quando comparadas com sua imagem atual.
Esses estudos servem de base para o desenvolvimento de instrumentos para avaliação da imagem corporal em diversas
modalidades esportivas.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 2
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
FLAVIO REBUSTINI
Outro Participante
Maria Regina Ferreira Brandão
Resp.
MARISA AGRESTA
Chronos
Especialização:
Docente
Outro Participante
32 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Extensão
Influência da ansiedade pré-competitiva no desempenho de atletas
Ano Início
2004
Descrição: O esporte competitivo contemporâneo se caracteriza por um elevado nível de pressão e ?stress?, o que leva os atletas a
experenciarem altos níveis de ansiedade, antes, durante e, até mesmo, depois das competições. A literatura da Psicologia
do Esporte é farta em reconhecer a importância desta reação emocional que consiste de uma combinação de sentimentos
de tensão, apreensão e preocupação, acompanhados de modificações fisiológicas tais como taquicardia, sudorese,
dilatação pupilar, etc.
Por ser uma condição humana, inegável e presente com uma certa cronicidade, a ansiedade apresenta estreito vínculo
com o desempenho e a performance de nossos atletas, podendo se constituir em fator determinante e condicionante de
bons ou maus resultados. Os níveis de ansiedade quando excedem a cota de suportabilidade, apresentadas por um
atleta durante uma competição esportiva, tendem a interferir em sua performance geral e, por conseguinte, fazer com que
seu desempenho seja minimizado, o que é facilmente constatado através dos baixos escores obtidos na disputa esportiva.
Portanto, esse projeto visou avaliar a influência da ansiedade em diferentes estudos:
Estudo 1: Influência da ansiedade pré-competitiva no fundamento passe, no futebol de campo em atletas de 14 a 16 anos.
Os resultados mostraram que quanto maior a ansiedade estado-cognitiva menor o numero de passos certos, o que nos
leva a sugerir a importância da preparação psicológica como uma forma de aprender a lidar com a ansiedade.
Estudo 2: Ansiedade em diferentes momentos de competição em atletas de futsal de alto-nível
Os resultados mostraram que a ansiedade varia dependendo do momento da competição, apresentando uma tendência
para se elevar nos jogos semifinais e finais de um campeonato.
Estudo 3: Correlação entre o nível de concentração de lactato sanguíneo e o perfil de comportamento de ansiedade
pré-competitiva em jogadoras de futsal sub-17.
Os resultados mostraram haver uma correlação moderada e significativa entre o nível de lactato sanguíneo e a ansiedade
cognitiva pré-competitiva. Porém, não foram encontradas diferenças significativas em relação a ansiedade somática.
Esses dados sugerem que elevados níveis de preocupação podem ter uma influência sobre os níveis de lactato.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 5
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Daniel Alvarez Pires
Discente Autor
Maria Regina Ferreira Brandão
Resp.
Docente
Rafael Augusto de Faria Romão
Outro Participante
Ricardo Catalá Salgado Júnior
Outro Participante
Roberta Cristina Goulart Pin
Outro Participante
Santiago Moreno Araújo Souza
Outro Participante
Thyago Augusto M. Pereira
Outro Participante
Chronos
33 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Pesquisa
Nutrição em esportes com cadeira de rodas
Ano Início
2000
Descrição: Nos últimos anos, a violência urbana vem trazendo para o convívio social pessoas que necessitam do transporte em
cadeiras de rodas. Esses indivíduos são integrantes importantes da sociedade e do mercado de trabalho, e muitos deles
apresentam grande potencial para o envolvimento em esporte competitivo. Nesse contexto, é importante o
acompanhamento dos portadores de deficiência física em todas as etapas da prática esportiva: avaliação inicial,
estratégias alimentares para melhora de performance, e recuperação após os treinamentos e as competições.
Paralelamente, poucos estudos na literatura abordam a relação nutrição/esporte/deficiência física e, quando o fazem, os
dados são pouco conclusivos.
Objetivos: - Avaliar o estado nutricional de atletas em cadeira de rodas, comparando lesados medulares (LM) com
portadores de poliomielite (P).
Metodologia: - Avaliação física e antropométrica (medidas de peso, estatura, dobras cutâneas e circunferências,
composição corporal por DEXA);- Avaliação do consumo alimentar (recordatório alimentar de 24h e freqüência de
alimentos);- Avaliação de parâmetros bioquímicos (glicemia, lipídeos plasmáticos, dados hematimétricos e hormônios).
Resultados: Os resultados demonstraram alterações na densidade mineral óssea na região das pernas para todos os
grupos, normalidade nas lipídeos plasmáticos a despeito da alta porcentagem de gordura corporal, além de erros
alimentares que justificam intervenção educativa.
Conclusões preliminares: os portadores de poliomielite descreveram alterações físicas e metabólicas muito parecidas com
os LM, a despeito de dados da literatura; a atividade física não foi capaz de diminuir a osteoporose no membro lesado,
embora na análise de corpo os valores tenham sido normais.
Os resultados desse estudo continuam sendo investigados no que diz respeito a alterações no gasto energético e
diferentes parâmetros hormonais.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sandra Maria Lima Ribeiro
Chronos
Especialização:
Resp.
34 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Pesquisa
PERCEPÇÃO DO STRESS E BURNOUT EM NADADORES DE ALTO RENDIMENTO
Ano Início
2001
Descrição: Existe um número razoável de estressores na natação de alto rendimento. Estes estressores influem no rendimento
mediante diferentes processos, debilitando-o (provocando respostas negativas) ou fortalecendo-o (utilizando os recursos
individuais de forma efetiva e eficiente nas situações desportivas). O stress é influenciado por múltiplas variáveis,
sobretudo, aquelas que compreendem a subjetividade do indivíduo, neste sentido a percepção é muito importante. A
forma de avaliar um determinado estímulo é diferente segundo a percepção do sujeito e isso trará diferenças na forma
com que os estímulos estressores afetam o nadador. Considerando a falta de dados na literatura sobre como o stress se
comporta na natação, o objetivo do presente projeto foi avaliar como nadadores de alto rendimento percebem o stress.
Para cumprir esse objetivo, foram desenvolvidos três estudos (esses estudos estão vinculados ao Doutorado):
1. no primeiro (iniciado em 2001 e terminado em 2002), foram avaliados 16 nadadores do sexo masculino e feminino,
pertencentes ao Esporte Clube Pinheiros, com uma média de idade de 19,00 ± 2,25 anos, que disputam campeonatos
nacionais e internacionais, através do Inventário de Stress na Natação, elaborado por Brandão, Klar e Urizzi de Lima em
2001, composto por 73 situações gerais e específicas da natação. Os dados foram analisados em termos de média e
desvio padrão para cada item do teste e interpretados de acordo com seis fontes estressoras: relacionamento com
pessoas significativas, expectativas sobre o desempenho, fatores pessoais, aspectos da competição, demandas físicas e
experiências traumáticas. Os resultados mostram que 18 itens foram percebidos como negativos. Desses, 62% dizem
respeito aos fatores pessoais; 22% aos aspectos da competição; 11% ao relacionamento com pessoas significativas e 5%
a expectativas de desempenho. Por outro lado, 10 itens foram avaliados como positivos, sendo 40% relacionados às
demandas físicas; 30% aos aspectos da competição; 20% aos fatores pessoais e 10% às expectativas de desempenho.
2. E, no segundo estudo (iniciado em 2001 e terminado em 2002), foram avaliados 23 nadadores do sexo masculino e 9
do sexo feminino, com uma média de idade de 19,00 ± 2,25 anos, que disputam campeonatos nacionais e internacionais,
através do Inventário de Stress na Natação, elaborado por Brandão, Klar e Urizzi de Lima em 2001, composto por 73
situações gerais e específicas da natação. Os dados foram analisados em termos de média e desvio padrão para cada
item do teste para cada sexo e comparados através do teste tde Student. O nível de significância adotado foi de p<0,05.
Os resultados mostraram que 11 itens apresentaram diferenças estatisticamente significativas entre os dois sexos (54%
dizem respeito ao relacionamento com pessoas significativas e 46% aos aspectos da competição), com as mulheres
tendendo a perceber o stress como mais negativo em 10 itens. Esses dados nos levam a concluir que para as nadadoras
a extensão e natureza dos vínculos com pessoas que são significativas para as atletas exercem influência sobre seu
rendimento. Estas pessoas formam parte integral da estrutura dinâmica e do ambiente social da natação e, seu apoio
social, pode provocar ou reduzir o stress. Além do mais, execuções pobres, cometer erros e não nadar bem são fatores
que trazem prejuízo ao desempenho das nadadoras, uma vez que, estes eventos se referem a situações de fracasso
iminente, ou seja, a impedimentos que podem fazer a atleta temer não conseguir cumprir ou satisfazer as metas traçadas
e podem levar a sentimentos de inadequação e baixa auto-estima.
3. O terceiro estudo (iniciado e terminado em 2001 E CONCLUÍDO EM 2004), foram avaliados 30 nadadores federados,
de ambos os sexos, com idades entre 17 e 25 anos, das categorias Júnior I e II e Sênior, que treinam entre 4 e 6 horas
por dia, seis vezes por semana, pertencentes aos clubes: Sport Club Corinthians Paulista, Serc São Caetano e Esporte
Clube Pinheiros, através de uma versão adaptada do SCAT (Sport Competition Anxiety Test) e o Teste de Carga Psíquica
de Frester. Os resultados mostram uma média de 17,93 ± 3,22 pontos no SCAT, valor próximo dos valores medianos, o
que significa que os nadadores das categorias Júnior I e II e Sênior, possuem um médio nível de ansiedade. No Teste de
Carga Psíquica, nervosismo excessivo, falta de concentração, dormir mal a noite anterior à competição, instalações e
condições de competição incômodas e sensação de fadiga foram os fatores considerados como mais prejudiciais a
performance. Por outro lado, pensamentos positivos, bons rendimentos nos treinos e clima descontraído dos
companheiros os que mais exercem influência positiva sobre o desempenho dos nadadores.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 2
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Daniel Alvarez Pires
Discente Autor
Maria Regina Ferreira Brandão
Resp.
MARISA AGRESTA
Chronos
Especialização:
Docente
Outro Participante
35 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Pesquisa
PERFIL PSICOLÓGICO DE TREINADORES
Ano Início
2002
Descrição: O relacionamento treinador-atleta é crucial para o treinamento desportivo, uma vez que um atleta necessita não somente
de um esforço físico e mental suficientes para resistir as grandes cargas de treinamento necessárias para otimizar a
performance desportiva e obter o máximo rendimento, mas também o treinamento é praticado, em geral, ante a presença
de uma pessoa que tem um papel específico em todo este processo, o treinador. Assim, para se entender as dimensões
motivacionais do esporte, é essencial que se estude o papel deste personagem de fundamental importância: o treinador.
Se paga um preço muito alto para alcançar o máximo rendimento e vencer as competições. As expectativas são em geral
muito altas, há muita pressão, não se tolera a falta de esforço e intensidade e diariamente há uma alta dose de cansaço.
O treinamento esportivo significa um trabalho, todos os dias, durante várias horas por um longo tempo. É um processo
que submete o organismo a elevadas cargas físicas e psíquicas com o objetivo de aumentar a capacidade de trabalho do
atleta. Muitos treinadores de alto rendimento treinam seus atletas de 20 a 30 horas por semana. Mas, como fazer para que
os atletas façam o melhor, como mantê-los motivados e com alta disposição para treinar o mesmo fundamento, dezenas,
centenas e milhares de vezes por anos?
Assim, esse projeto, que se iniciou em 2002, tem como objetivo avaliar e caracterizar as capacidades psicológicas dos
treinadores e sua relação com o desempenho esportivo.
Ao longo do ano de 2003 e 2004 foram realizados diferentes estudos a partir da perspectiva anterior.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 2
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
FLAVIO REBUSTINI
Outro Participante
Maria Regina Ferreira Brandão
Resp.
MARISA AGRESTA
Chronos
Especialização:
Docente
Outro Participante
36 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Pesquisa
STRESS EM JOGADORES DE FUTEBOL: uma perspectiva cultural
Ano Início
2004
Descrição: Os jogadores de futebol inevitavelmente estão expostos a um número potencial de estressores que operam sobre o
desempenho atlético durante a carreira esportiva. Tem sucesso no futebol os atletas que conseguem sobreviver às
tremendas pressões do esporte de alta performance, superam as incertezas, as angústias que interferem no desempenho
atlético.
Tradicionalmente, no esporte, o termo stress é, quase sempre, entendido como distrés uma reação negativa, que consiste
de experiências que são percebidas como ameaçadoras, danosas, ur desafiadoras em um período de tempo longo. De
fato, algumas situações esportivas causam ou produzem três tipos de sintomas negativos: físicos, mentais e
comportamentais. Mas, contrariamente a esta orientação exclusivamente, negativa do stress, a literatura da Psicologia do
Esporte mais atual mostra que existe também um stress positivo, denominado eustrés. Este stress positivo prepara o
corpo para a atividade explosiva, deixa o jogador alerta e estimulado fisiologicamente, ajudando-o a manter o foco de
atenção, a motivação, o entusiasmo e a conservar um alto nível de energia física. Em outras palavras, prepara o
organismo do atleta para a ótima performance (BRANDÃO, 2000).
A gênese do stress em jogadores de futebol é um processo complexo e multifatorial. Numerosas pesquisas têm
identificado uma quantidade de fonte de stress (estressores) incluindo os aspectos da competição, o relacionamento com
pessoas significativas, as expectativas sobre o desempenho, as características pessoais, as exigências físicas e as
experiências traumáticas. No entanto, no estudo das fontes de stress, os mediadores cognitivos desempenham um papo
crucial. Os mediadores cognitivos consistem de características psicológicas, emocionais, fisiológicas e comportamentais
que refletem as percepções individuais e as interações e respostas ao ambiente.
Portanto, a percepção que o atleta tem de uma dada situação, media o potencial valor estressante da situação e sua
conseqüente reposta emocional e comportamental. A reposta ao estressor pode ser tanto negativa ou positiva,
dependendo da percepção de ameaça, preocupação e medo, ou uma reação positiva e desafiadora, desejável ao
processo competitivo. A direção desta interpretação influenciará o nível de performance. Isto pode explicar porque
enquanto para alguns atletas o stress experenciado na competição é desafiador e estimulante, para outros, é provocador
de ansiedade.
O stress é pois influenciado por múltiplas variáveis sobre tudo, aquelas que compreendem a subjetividade do indivíduo.
Neste sentido, a variável cultural é muito importante. Existem evidências que sugerem que as diferenças individuais na
cognição são influenciadas pelo ambiente e fatores situacionais que são, em parte, determinados pela cultura. Ou seja, a
forma de avaliar um determinado estímulo é diferente segundo a pertinência cultural do sujeito e também o será, a forma
de afrontamento do stress e isto trará diferenças na forma com que os estímulos estressores afetam o sujeito.
Sem dúvida, a maioria das investigações sobre Psicologia do Esporte não considera as diferenças socioculturais. Em uma
abordagem intercultural os fatores culturais são vistos como essenciais para a compreensão do atleta. Estes fatores
interferem na forma de medir e interpretar os dados.
Considerando a falta de dados na literatura sobre como o stress se comporta de forma intercultural, o objetivo do presente
projeto foi comparar como jogadores de futebol profissional, com diferentes perspectivas culturais (brasileiros X japoneses,
portugueses, cubanos, colombianos) e similares níveis de experiência, percebem o stress.
Este projeto é composto por uma série de estudos que têm por objetivo conformar uma linha de trabalho intercultural no
estudo do stress no futebol.
.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado: 2
Doutorado: 3
Especialização:
Equipe
Categoria
Afonso Antonio Machado
Outro Participante
FLAVIO REBUSTINI
Outro Participante
Hiram Mario Valdés Casal
Outro Participante
Ivani Trombeta
Outro Participante
Maria Regina Ferreira Brandão
Resp.
MARISA AGRESTA
Chronos
Docente
Outro Participante
37 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Bases Biopsicossociais do Esporte
Projeto de Pesquisa
Transição de Carreira Esportiva em ex-jogadores brasileiros de futebol profissional.
Ano Início
2004
Descrição: Este projeto integra um Projeto Internacional de estudos sobre transição de carreira em desportistas, coordenado pelo
Prof. Dr. Dieter Hackford da Universidade de Munique, Alemanha e, vem sendo desenvolvido pelo Grupo de Estudos em
Psicologia do Exercício e do Esporte da USJT, coordenado pela Profª Drª Maria Regina Ferreira Brandão. Tem por objetivo
pesquisar como os ex-jogadores brasileiros de futebol profissional experenciaram o término da carreira esportiva, suas
causas e conseqüências.
O futebol é um fenômeno cuja prática atrai participantes de qualquer idade e em todas as camadas sociais no mundo
inteiro. O futebol profissional move vastos interesses financeiros. Os jogadores de elite gozam de vantagens econômicas,
popularidade e prestígio. No Brasil, o futebol é considerado esporte número um e tem uma importância tão grande que
MIRA Y LOPES & DA SILVA já em 1964, assim o descreviam: O futebol é hoje uma riqueza nacional, como o café, o boi,
a laranja ou o automóvel; é produto de consumo interno e de exportação, fazedor de dólares e de divisas (p.34).
A transição da vida esportiva para uma vida pós-atlética não se dá de forma fácil, não existe apoio e suporte dos dirigentes
esportivos, nem tampouco um programa de preparação para a saída do esporte, os jogadores têm, em geral, baixo nível
de escolaridade e poucas possibilidades de ter uma nova profissão não vinculada ao ambiente esportivo.
Serão avaliados ex-jogadores de futebol profissional, que atuaram em equipes profissionais brasileiras e internacionais de
futebol através de um instrumento adaptado do APAQ, Athletic and Postathletic Questionnaire (HACKFORT et al, 1997 e
do Sport Career Transitions (STAMBULOVA, 1995). Os dados estão sendo analisados pela porcentagem de freqüência de
respostas para cada item do questionário.
Esses dados estão sendo utilizados para elaboraçao de um instrumento brasileiro para avaliar a transição de carreira no
esporte.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Maria Regina Ferreira Brandão
Resp.
MARISA AGRESTA
Docente
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
Validação do questionário de Burnout para atletas
Ano Início
2004
Descrição: A síndrome de burnout pode ser definida como uma reação ao estresse crônico. No meio esportivo, todos os profissionais
envolvidos tornam-se passíveis de serem acometidos por esse fenômeno e, em especial, os atletas constituem-se em
indivíduos com elevado potencial de incidência de burnout, devido ao fato de receberem críticas e cobranças mais diretas
em relação a sua performance, bem como pela intensidade e freqüência dos treinamentos e competições. No entanto,
escassos são os registros de instrumentos de identificação e mensuração dessa síndrome em esportistas. Assim sendo, o
objetivo principal desta pesquisa consistirá em validar um questionário de burnout em atletas para a língua portuguesa.
Portanto, serão realizados os seguintes passos: tradução para a língua portuguesa do Athlete Burnout Questionnaire
(ABQ), originando o Questionário de Burnout em Atletas (QBA); projeto piloto; verificação da confiabilidade e, por último,
validação do QBA.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Daniel Alvarez Pires
Resp.
Maria Regina Ferreira Brandão
Chronos
Especialização:
Discente Autor
Docente
38 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
"EDUCAÇÃO FÍSICA E ENVELHECIMENTO: aspectos didático-pedagógicos, psicossociais e motores"
Ano Início
2003
Descrição: O "Projeto Sênior para a Vida Ativa" proporciona, desde a sua implantação em 2001, oportunidade para a produção de
conhecimento sobre a relação Educação Física e Envelhecimento. A partir das situações geradas pelo programa de
educação física, pode-se estudar questões relacionadas a aspectos didático-pedagógicos, psicossociais e motores dos
idosos participantes, que resultam em conhecimentos sobre:
a) Os valores, atitudes e conceitos que os idosos possuem sobre si, seu corpo e a prática da atividade física; b) A
percepção de bem-estar subjetivo desses idosos, avaliada através de indicadores como auto-eficácia física,
auto-percepção de bem-estar, afetos e fadiga; c) Os níveis de aptidão física dos idosos (variáveis força, flexibilidade,
agilidade, equilíbrio e capacidade aeróbia); d) Os efeitos do programa de educação física sobre a auto-percepção de
desempenho nas Atividades da Vida Diária (AVDs) dos idosos; e e) O modelo pedagógico proposto no Sênior à luz do
ideário da Promoção da Saúde.
Participam do Projeto Sênior idosos, homens e mulheres, a partir dos 60 anos de idade.
Os dados relacionados às variáveis estudadas são obtidos em diferentes momentos do programa: início (variáveis
sócio-demográficas e informações relacionadas aos valores, atitudes e conceitos os idosos possuem sobre si, seu corpo e
a prática da AF); início, após seis meses e ao final (variáveis relacionadas à percepção do bem-estar subjetivo e à aptidão
física dos participantes); início e final do programa (auto-avaliação dos participantes do Projeto Sênior sobre a sua
capacidade funcional para realizar as atividades da vida diária).
Os relatos dos idosos nas entrevistas são submetidos a Análise de Conteúdo e/ou de Narrativa para extrair as
informações pretendidas. Os dados obtidos por meio das Escalas e Testes são analisados através de Estatística
Descritiva e Inferencial, incluindo análises multivariadas, utilizando o programa estatístico SPSS.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 2
Doutorado: 2
Especialização: 2
Equipe
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Discente Autor
Fabiano Marques Câmara
Discente Autor
Flavia Capelo
Outro Participante
Luciana Jorge
Outro Participante
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Marília Velardi
Chronos
Docente
Docente
39 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Ano Início
A influência do Projeto Sênior sobre a capacidade aeróbia e a auto-percepção de realização das avd de seus
2002
participantes idosos
Descrição: Este trabalho tem como objetivos a) descrever a condição aeróbica dos participantes do Projeto Sênior2002; b) analisar a
influência das atividades desenvolvidas sobre a capacidade aeróbica e a auto percepção de desempenho nas atividades
de vida diária (AVD) que envolvam locomoção, após 6 meses de programa. Para atingir estes objetivos, foram analisados
17 sujeitos, sendo eles 13 (76,5%) do sexo feminino, e 4 (23,5%) do sexo masculino, possuindo idades acima de 60 anos,
com média de 68,53 anos e desvio padrão de 5,36 anos, sendo 2 sujeitos (11,7%) diabéticos, 7 sujeitos (44%) são
hipertensos, 3 sujeitos (17,3%) portadores de dislipidemia, nenhum paciente fumante nem revascularizado. Os testes
utilizados foram: teste ergométrico (com protocolo Bruce) e o VO2 máximo calculado (Willians e Wilkins, 2000); a escala
de auto-percepção do desempenho de atividade de vida diária e o teste de 800 metros (Andreotti e Okuma, 1999). Ao
ingressarem no Projeto Senior os idosos distribuíram-se nas condições pobre e razoável (homens) e razoável e excelente
(mulheres). A percepção de desempenho das atividades de vida diária dos participantes se manteve, mas o desempenho
no teste de 800 metros, após 6 meses de programa, melhorou em relação ao início do projeto Sênior. Tais resultados
surpreendem, de certa forma, pela ausência de estímulos específicos para a capacidade aeróbica na primeira metade do
programa. Porém, como essas atividades se integram à fase subsequente, outros resultados poderão ser obtidos ao final
dos 12 meses previstos para a duração do programa.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 4
Mestrado: 2
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Discente Autor
Fabiano Marques Câmara
Discente Autor
Flavia Capelo
Outro Participante
Marcia Rosa de Souza
Outro Participante
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Docente
Marília Velardi
Docente
Neide Alessandra Sansão Périgo
Outro Participante
Tamara L. Damianovic
Outro Participante
Chronos
40 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Extensão
A fase de Transição do Projeto Sênior para a Vida Ativa: uma experiência rumo à autonomia
Ano Início
2003
Descrição: Em consonância com a proposta de favorecer a autonomia para a atividade física, o Projeto Sênior para a Vida Ativa prevê
que seus alunos deixem de participar do programa após os 12 meses iniciais para que possam se inserir em programas já
disponíveis ou procurar atuar junto à comunidade ou às autoridades no sentido de buscar soluções para a criação de
novos programas ou espaços para a prática de atividades físicas das pessoas idosas. A criação de um momento final para
o Projeto segue os princípios de autonomia adotados para a solidificação das intenções educacionais do Sênior, segundo
os quais faz-se também necessário o enfrentamento das "situações-limites", ou seja, os obstáculos e barreiras que
precisam ser vencidos ao longo de nossas vidas pessoal e social. Segundo Paulo Freire (Freire, 1993) as pessoas têm
várias atitudes frente a essas situações-limites: "ou as percebem como um obstáculo que não podem transpor; ou como
algo que não querem transpor; ou ainda como algo que sabem que existe e precisa ser rompido e então se empenham na
sua superação" (p. 205). Para que seja possível sentirem-se apoiados nas mudanças, para que tenham auxílio na
resolução de problemas concernentes a essas modificações ou mesmo para que continuem aprendendo, estabeleceu-se
uma fase de transição, caracterizada por uma supervisão à distância no intuito de levantar as atitudes dos alunos frente ao
desligamento do programa e, também, para complementar conhecimentos que favoreçam tomadas de decisão no que diz
respeito a incluir a prática sistemática de atividades físicas em suas vidas. Essa fase dura novamente 12 meses, mas os
encontros ocorrem apenas uma vez a cada mês. Nesses encontros são propostas aulas com atividades que podem ser
encontradas pelos alunos em seu dia-à-dia ou, ainda, novas formas de exercitar-se que poderiam ser desconhecidas.
Essa proposta baseia-se no fato de que, para que haja autonomia é necessário que o indivíduo possa escolher entre
várias opções aquela que achar mais conveniente e viável para si. Quem conhece maior quantidade de opções
provavelmente exercerá melhor esse direito. Optar entre duas alternativas ou, ainda, sentir-se coagido a agir em
determinada direção não representa exercício de autonomia (Freire, 2002). Após a participação nas aulas, são realizadas
discussões sobre as características das atividades propostas, quais as sensações antes, durante e após a prática, quais
seus objetivos e como incluí-las como parte de um programa de atividades físicas. Além das atividades práticas são
também realizadas palestras sobre temas que relacionam a prática de atividades físicas a assuntos sugeridos pelos
próprios alunos. Esse momento de transição entre a experiência de um ano vivida no projeto e a busca de novos
programas de atividades físicas é positivamente avaliada pelos alunos que,em seus relatos sobre as experiências vividas,
apontam a necessidade de continuidade dessa fase como forma de estímulo e capacitação ao exercício da autonomia dos
alunos participantes.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 3
Mestrado: 2
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Discente Autor
Fabiano Marques Câmara
Discente Autor
Flavia Capelo
Outro Participante
Marcia Rosa de Souza
Outro Participante
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Docente
Marília Velardi
Docente
Neide Alessandra Sansão Périgo
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
A influência do Projeto Sênior sobre a percepção de bem-estar subjetivo de idosos.
Ano Início
2003
Descrição: Vários elementos são apontados como determinantes do envelhecimento bem sucedido, elementos estes de natureza
biológica, psicológica e sociocultural. O presente projeto tem por objetivo verificar o quanto a participação em programas
educacionais como o Projeto Sênior Para Vida Ativa pode promover mudanças em variáveis psicossociais. As variáveis
analisadas são: afeto positivo, negativo, fadiga e auto-eficácia. As condições subjetivas propostas nesta pesquisa, serão
verificadas de modo indireto com base em relatos dos indivíduos obtidos em entrevistas semi-estruturadas, bem como
através de instrumentos objetivos.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Categoria
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Marília Velardi
Chronos
Especialização:
Docente
Docente
41 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Ano Início
A Prática Pedagógica em Educação Física para Idosos e a Educação em Saúde na perspectiva da Promoção da
2004
Sáude: um olhar sobre o Projeto Sênior para a Vida Ativa/USJT
Descrição: Apesar dos benefícios da prática regular de atividades físicas sobre a manutenção da saúde de idosos serem amplamente
reconhecidos e divulgados, poucas pessoas aderem a esse comportamento. Sabe-se que o comportamento de não
adesão é bastante complexo e influenciado por inúmeros fatores. Entretanto, um outro fator considerado importante para
mudança de atitudes dos indivíduos frente à prática de atividades físicas, e que vem sendo negligenciado pelos
professores de Educação Física, está relacionado à forma como a maioria dos programas tem estruturado suas práticas
pedagógicas em intervenções com idosos. Observa-se em muitas dessas ações, um entendimento sobre saúde e
envelhecimento norteados pelo paradigma biomédico, com práticas pedagógicas mais fundamentadas no discurso
epidemiológico do que em teorias educacionais e, conseqüentemente, uma desconsideração dos processos de
aprendizagem que melhor estariam favorecendo mudanças no comportamento desses sujeitos. Reconhecendo essa
problemática, o Projeto Sênior para a Vida Ativa, implantado na U.S.J.T., tem um caráter educacional com objetivo
específico de possibilitar aos idosos a aquisição de autonomia frente à prática de atividades físicas. Este projeto norteia
suas reflexões e ações a partir dos referenciais teóricos da Promoção da Saúde e do Envelhecimento Bem-Sucedido,
adotando como prática educativa a pedagogia da autonomia, que tem como alicerce os estudos de Paulo Freire. Sendo
assim, este trabalho tem como objetivo geral uma investigação, através de uma pesquisa participante, acerca do modelo
pedagógico do Projeto Sênior. Tem como objetivos específicos analisar o impacto sobre as possíveis mudanças de atitude
frente à prática de atividades físicas, bem como inferir sobre as manifestações de autonomia frente à mesma.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Resp.
Maria Luiza de Jesus Miranda
Discente Autor
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
A relação entre a percepção de auto-eficácia física, o equilíbrio estático e o medo de quedas em idosos
2004
participantes do Projeto Sênior para a Vida Ativa
Descrição: Os objetivos deste trabalho foram: a) Identificar se os idosos do Projeto Sênior que apresentavam maiores problemas de
equilíbrio e medo de quedas, indicavam um senso de auto-eficácia física diminuído; b) Avaliar o impacto de seis meses de
participação em um programa de Educação Física, sobre a melhora da capacidade de equilíbrio e nos níveis de
auto-eficácia. Participaram deste estudo 15 idosos com idade mínima de 60 anos. Foram utilizados o teste t de Student e
correlação de Spearman (p>0,05). Os resultados indicaram que não houve correlação significativa entre medo de quedas,
equilíbrio e percepção de auto-eficácia física diminuída. Entretanto, os sujeitos que relataram medo constante de quedas
foram os que mais caíram nos últimos cinco anos. Comparando-se os resultados do pré e pós-teste, concluiu-se que
houve uma tendência de melhora significativa tanto para os níveis de auto-eficácia física, como para os níveis de equilíbrio
estático.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 3
Equipe
Especialização:
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Discente Autor
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Docente
Maria Regina Ferreira Brandão
Docente
Marília Velardi
Docente
Chronos
42 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
A utilização do Conhecimento adquirido no Projeto Sênior para a Vida Ativa
Ano Início
2003
Descrição: O Projeto Sênior tem uma proposta de caráter educacional, disseminando informações necessárias para compreensão do
processo de envelhecimento e utilizando estratégias para que os idosos aprendam sobre a atividade física e a sua relação
com esse processo. Procura levá-los a descobrirem suas possibilidades de desenvolvimento e a dar continuidade a esse
processo através da aquisição de autonomia para a prática da atividades físicas ao longo da vida. Para tanto utiliza o
modelo pedagógico no qual os conhecimentos são transmitidos por meio de ações pedagógicas que promovem o
desenvolvimento dos conteúdos factuais, conceituais, procedimentais e atitudinais, julgados necessários para favorecer as
mudanças no comportamento dos indivíduos. Através de aulas teórico-práticas os idosos são estimulados à reflexão
sobre sua realidade e à compreensão da atuação do processo de envelhecimento sobre os diversos sistemas do corpo
bem como em que medida a atividade física pode colaborar para o estímulo desses sistemas, promovendo adaptações.
Para avaliar a eficácia do modelo pedagógico utilizado no Projeto Sênior, o presente projeto analisará questões
relacionadas a aprendizagem dos conceitos ensinados e a autonomia para a prática de atividade física sistemática.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Fernanda de Oliveira
Outro Participante
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Acute responses of heart rate, blood pressure and rate-pressure product in resistance exercise and treadmill
2004
exercise testing among elderly women with high and normal blood pressure, in the Senior Project to an Active Life.
Descrição: The purpose of this study was to compare the acute responses of heart rate (HR), diastolic blood pressure (DBP), systolic
blood pressure (SBP) and rate-pressure product (RPP) in resistance exercisce (RE) and treadmill exercise testing (TE)
among elderly women with normal and high blood pressure. Twenty elderly women (68+6 years), 10 with normal blood
pressure (NBP) and 10 with high blood pressure (HBP), participated of the study. The acute cardiovascular responses was
determined in a leg press RE (8-12 maximum repetitions, until the concentric failure). The blood pressure (BP) was
measured by sphygmomanometer between two last repetitions, and HR by a heart rate monitor at the same time. The
maximum TE was performed with a ramp protocol monitored by a electrocardiogram. Statistical analysis was made by
ANOVA followed by Scheffé post-hoc tests (p<0,05). Results revelated no differences between NBP and HBP in RE and
TE to all variables. Comparing RE and TE among the HBP group, the HR and RPP was more elevated in TE than RE,
whereas in the NBP group only the HR was more elevated. The DBP was more elevated in RE than in TE in both groups.
There were no differences in SBP in all exercises and groups. These data suggest that treated hypertension elderly
women have similar cardiovascular responses than normal elderly women in RE and TE, if appropriate selection criteria are
performed. This results support health care providers to prescribe the RE, an effective and powerfull exercise modality of
training, to peoples with controlled HBP, without affraid of excessive cardiovascular stress in relation to aerobic training.
Large and prospective studies with intra-arterial pressure monitoring are being elaborated to confirm this preliminar results.
TOPICS: 30, 28.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Especialização: 1
Equipe
Categoria
Fabiano Marques Câmara
Discente Autor
Luciana Maria Silveira Miguel
Outro Participante
Maria Luiza de Jesus Miranda
Chronos
Resp.
43 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Atitudes de idosos frente à prática de atividades físicas
Ano Início
2004
Descrição: O Programa Autonomia para a Atividade Física (PAAF) foi criado com a preocupação de motivar idosos a praticarem
atividade física sistemática permanentemente. Caracterizado como programa educacional, procurou levar o idoso a
assumir a responsabilidade no planejamento pessoal de atividade física, fornecendo aos participantes conhecimentos
teóricos sobre ela, para que tivessem autonomia para auto-gerir seu programa. Com vistas a verificar as atitudes dos
idosos durante a aprendizagem no PAAF e o uso de tais conhecimentos durante um período de 45 dias sem supervisão
de professores, é que este estudo, de natureza qualitativa, foi realizado. Após esse período, foi feita uma entrevista em
grupo, da qual participaram 21 idosos, subdivididos em quatro subgrupos. A entrevista foi semi-estruturada e sua análise
se fez através da análise de conteúdo, com base nos preceitos teóricos de Coll et al (1998) sobre a formação de atitudes.
Foram apontadas três categorias: 1) A prática da atividade; 2) Uso do conhecimento sobre a atividade física; 3) Motivação
para a prática da atividade física. O estudo mostrou atitudes indicadoras de autonomia nos sujeitos e intenção para a
prática permanente, mas ainda observa-se instabilidade nos comportamentos, o que significa a probabilidade de parte dos
sujeitos não ser praticante permanente, embora tenha conhecimento sobre a atividade física e saiba da sua necessidade
para ter uma velhice bem-sucedida.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 3
Equipe
Categoria
Maria Luiza de Jesus Miranda
Docente
Marília Velardi
Resp.
Silene Sumire Okuma
Chronos
Especialização:
Docente
Outro Participante
44 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO: A NECESSIDADE DE CONHECIMENTO
Ano Início
2002
Descrição: Nas últimas décadas a humanidade enfrenta um processo de transição epidemiológica caracterizado por um aumento nas
doenças crônico-degenerativas não transmissíveis associadas à adoção de comportamentos de risco e ao
envelhecimento. O envelhecimento é caracterizado por um processo de desorganização das funções fisiológicas,
incapacitando o indivíduo a suportar situações de sobrecarga funcional cada vez menos intensas, podendo gerar um
estado de crescente fragilidade e dependência. Todavia, este é um complexo mecanismo, ainda parcialmente
compreendido, que apenas recentemente vem sendo estudado de maneira sistemática. Sabe-se, porém, que uma série
de estados patológicos e patogênicos, intimamente relacionados aos hábitos de vida, podem determinar a maneira como
se dará o processo de senescência. Hoje já estão caracterizados os principais fatores de risco que atuam negativamente
no mecanismo fisiológico do envelhecimento, como a hipertensão arterial sistêmica (HAS), a dislipidemia, o diabetes
mellitus (DM), a obesidade e o sedentarismo, que assume especial destaque na medida em que atinge mais de 90% da
população idosa, intimamente correlacionado aos demais fatores de risco. A relação entre atividade física, saúde,
qualidade de vida e envelhecimento já é um consenso. A realização de atividade física pelos idosos requer que os
profissionais envolvidos nesta prática estejam atentos às peculiaridades deste grupo, suas comorbidades e como o
exercício pode interferir nestas variáveis, determinando uma evolução favorável tanto em parâmetros de saúde como em
qualidade de vida. Além da atuação nas variáveis biológicas determinantes da saúde, devemos destacar a importância da
educação física como um instrumento de ensino para o auto-conhecimento e o auto-cuidado, resgatando a autonomia do
idoso e o papel do próprio indivíduo no processo saúde-doença. Assim, este trabalho tem o objetivo de traçar o perfil
cardiovascular, antropométrico e a incidência de doenças em idosos que procuram espontaneamente programas de
atividade física. Para tanto, foram analisados 33 idosos (68,1+6 anos) participantes do Projeto Sênior, realizado na
Universidade São Judas Tadeu, que foram submetidos a teste ergométrico máximo (Protocolo Rampa), avaliação de
composição corporal e anamnese. Na análise dos dados, apresentados na tabela abaixo, foi utilizada estatística descritiva.
Perfil cardiovascular e antropométrico
x
s Doenças cardiovasculares e metabólicas
freq. %
Estatura (cm) 158.5 6 HAS 9 27
Massa Corporal (kg) 68.1 13 DM 1 3
IMC (kg/m2) 27.0 4 Dislipidemias 9 27
Perímetro Cintura (cm) 93.2 10 HAS+DM 3 9
PA Sistólica (mmHg) 134.6 18.4 HAS+Dislipidemias 3 9
PA Diastólica (mmHg) 81.8 6.1 HAS+DM+Dislipidemias 1 3
VO2Max (ml.kg-1.min-1) 27.7 6.7 Ausência dessas doenças 7 21
Segundo as recomendações do ACSM (2000), o grupo apresenta um nível médio de potência aeróbia, elevados indices de
IMC e perímetro da cintura, excesso de peso, com alto risco para DM tipo 2, dislipidemias e doenças cardiovasculares. O
nível de incidência de doenças metabólicas e cardiovasculares foi alto, sendo a HAS e as dislipidemias as mais
prevalentes. Assim sendo, podemos notar a importância que assume a formação de recursos humanos habilitados para
trabalhar com idosos, com todas as suas peculiaridades, suas doenças e suas complicações, que não podem constituir-se
numa impossibilidade, mas sim em um desafio a se elaborar um cuidadoso e planejado programa de intervenção, capaz
de garantir um envelhecimento saudável e com autonomia a todos.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 2
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização: 1
Categoria
Fabiano Marques Câmara
Discente Autor
Luiz Augusto Riani Costa
Resp.
Outro Participante
Marcia Rosa de Souza
Outro Participante
Maria Luiza de Jesus Miranda
Docente
Marília Velardi
Docente
Chronos
45 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Ano Início
CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS: UM ESTUDO FENOMENOLÓGICO SOBRE UM PROGRAMA DE
2004
TREINAMENTO RESISTIDO
Descrição: Devido a uma estabilização na curva de evolução da força após as primeiras 8-10 semanas de treinamento resistido (TR)
em idosos, a análise da literatura sugere a inserção de um período de manutenção caracterizado pela redução da
freqüência semanal (FR) que, no caso dos idosos, poderia abrir espaço para o desenvolvimento de outros tantos aspectos
importantes para a melhoria da CF. No entanto, os trabalhos que demonstraram essa diretriz não reproduziram uma
situação concreta, o que dificulta a aplicação de seus resultados num contexto ecológico. Além disso, avaliaram a melhora
da capacidade funcional por meio de testes objetivos específicos, que reduzem o entendimento da CF apenas a caminhar
ou subir degraus, ignorando todos seus outros aspectos e a percepção do próprio participante sobre suas necessidades
de desempenho. Dessa forma, o projeto aqui descrito propõe uma investigação sobre o comportamento da força muscular
de idosos frente a um programa de TR que se caracterizará por uma fase inicial (3 dias/semana) e um posterior período de
manutenção (1 dia/semana), num ambiente concreto de prática de atividades físicas. Além disso, devido às limitações dos
testes objetivos da CF, pretende avaliar as influências do programa sobre a CF segundo a percepção de cada participante
que, em virtude da não localização deste tipo de avaliação da CF em nenhum outro estudo na literatura, decidiu-se
denominar de avaliação da CF ?percebida?. O comportamento da força muscular será avaliado por de testes de
repetições máximas e analisado pela análise de variância. Quanto à CF ?percebida? os dados serão coletados por meio
de entrevista semi-estruturada e analisados por técnicas de análise de narrativa.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Fabiano Marques Câmara
Resp.
Marília Velardi
Chronos
Especialização:
Discente Autor
Docente
46 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Educação Física e Envelhecimento
Ano Início
2002
Descrição: A implantação do Projeto Senior para a Vida Ativa na Universidade São Judas Tadeu propiciou o desenvolvimento de
várias pesquisas no âmbito da Gerontologia. Especificamente na relação Educação Física e Envelhecimento,
desenvolveram-se pesquisas partindo da situação real, utilizando para isto o programa de Educação Física daquele Projeto
A partir de questões envolvendo aspectos didático-pedagógicos, psicossociais e motores dos idosos participantes do
Projeto Senior, foram obtidos conhecimentos sobre:
1. Os valores, atitudes e conceitos os idosos possuem sobre si, seu corpo e a prática da atividade física, antes e após a
participação no Projeto;
2. As dinâmicas de auto-organização dos idosos para a inclusão da prática sistemática de atividade física em seu
cotidiano;
3. A percepção de bem-estar subjetivo desses idosos, avaliado antes, durante e depois do Projeto, através de
indicadores como auto-eficácia física, auto-percepção de bem-estar; auto-estima, afetos e fadiga.
4. Os níveis de aptidão física idosos (variáveis força, flexibilidade, agilidade, equilíbrio e capacidade aeróbia), antes e
após o Projeto;
5. Os efeitos do programa de educação física sobre a auto-percepção de desempenho nas Atividades da Vida Diária
(AVDs) dos idosos;
6. A eficácia do modelo pedagógico empregado no Projeto Senior.
Foi possível, também, fazer comparações com idosos participantes de outros programas de atividade física, permitindo a
ampliação dos conhecimentos disponíveis baseados na população idosa brasileira.
Participaram do Projeto Senior no ano de 2002, um total de 24 idosos, sendo 6 homens com idades entre 60 e 75 anos e
18 mulheres com idades entre 60 e 87 anos.
As variáveis estudadas foram avaliadas no início, após seis meses e ao final do programa de educação física. As
diferentes informações e dados obtidos foram analisados de acordo com a sua natureza: a) os relatos dos idosos nas
entrevistas foram submetidos a Análise de Conteúdo e/ou de Narrativa; os dados obtidos por meio das Escalas e Testes
foram analisados através de Estatística Descritiva e Inferencial, incluindo análises multivariadas, utilizando o programa
estatístico SPSS.
Esse projeto de pesquisa resultou na seguinte produção: três trabalhos de conclusão de curso (Costa, 2002; Gerez, 2002;
Salvador, 2002) e quatro temas-livre apresentados em congressos científicos (Gerez e Miranda, 2002; Miranda e Velardi,
2002; Miranda, Velardi e Okuma, 2002; Souza e Velardi, 2002). Além disso, estão em desenvolvimento outras pesquisas
que poderão tanto subsidiar as ações junto ao Projeto Sênior, quanto aumentar o nível de conhecimento e informação em
relação à população idosa em nosso País.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 3
Mestrado:
Doutorado: 2
Especialização: 3
Equipe
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Discente Autor
Fernanda de Oliveira
Outro Participante
Flavia Capelo
Outro Participante
Luciana Maria Silveira Miguel
Outro Participante
Marcia Rosa de Souza
Outro Participante
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Docente
Marília Velardi
Docente
Neide Alessandra Sansão Périgo
Outro Participante
Chronos
47 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Educação Física, Envelhecimento e a Promoção da Saúde.
Ano Início
2004
Descrição: Considerando que tanto a promoção da saúde quanto a perspectiva educacional característica do Programa de Educação
Física do Projeto Sênior para a Vida Ativa têm pontos em comum, especialmente em relação aos constructos de
empowermwnt e autonomia, e considerando a relação com a realidade mais direta como fundamental para a atribuição de
significado sobre aquilo que é aprendido, esse projeto de pesquisa visa adquirir conhecimento sobre a eficácia das ações
pedagógicas empreendidas no sentido de contribuir para aquisição de autonomia frente a prática de atividades físicas,
bem como sobre as possíveis mudanças de atitudes de idosos frente a autonomia.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Fabiano Marques Câmara
Resp.
Discente Autor
Maria Luiza de Jesus Miranda
Docente
Marília Velardi
Docente
Projeto de Pesquisa
Fase de Transição do Projeto Sênior
Ano Início
2003
Descrição: Em consonância com a proposta do Projeto Sênior, o idoso deve deixar o programa após os 12 meses para que possa se
inserir em programas já disponíveis, ou procurar atuar junto à comunidade ou ainda buscar, com autoridades, as possíveis
soluções para a criação de novos programas ou espaços para a prática de atividades físicas de pessoas idosas. Foi
estabelecida uma fase de transição para possibilitar aos idosos sentirem-se apoiados nas mudanças, terem auxílio na
resolução de problemas concernentes a essas modificações, ou mesmo para continuarem aprendendo.
A partir desse projeto de extensão, o grupo de estudo e pesquisa visa investigar quais valores, atitudes e conceitos os
idosos possuem sobre si, seu corpo e a prática da atividade física, após a participação no Projeto, além de identificar as
dinâmicas de auto-organização dos idosos para a inclusão da prática sistemática de atividade física em seu cotidiano.
Com isso, essa pesquisa poderá analisar a eficácia do modelo pedagógico empregado no Projeto Sênior para a Vida
Ativa, desenvolvido na USJT.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 2
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Discente Autor
Fabiano Marques Câmara
Resp.
Discente Autor
Maria Luiza de Jesus Miranda
Docente
Marília Velardi
Docente
Chronos
48 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Formação Humana e Capacitação em Educação Física para Idosos: o caso do Projeto Sênior para a Vida Ativa da
2004
Universidade São Judas Tadeu
Descrição: Considerando-se que o número dos idosos tem aumentado muito nos últimos anos devido, dentre outros fatores, à
diminuição dos índices tanto de natalidade quanto de mortalidade por doenças infecto-contagiosas, é essencial que essas
transformações na visão de envelhecimento ocorram em todos os níveis, pois acarretarão conseqüências importantes na
qualidade de vida de um número cada vez maior de pessoas. Quanto melhores forem as condições dos indivíduos em
relação aos aspectos saúde, auto-eficácia, sensação de bem-estar e capacidade de atuação sobre o ambiente e sobre si,
menos vulneráveis estarão ao estresse psicológico e às doenças que caracterizam a velhice (Vitta, 2000). Para que a
formação de recursos humanos esteja de acordo com as necessidades mais emergente da população idosa, o Grupo de
Estudo e Pesquisa Sênior (GREPES) e o Projeto Sênior para a Vida Ativa são organizados para proporcionar aos alunos
do curso de Educação Física da USJT condições para refletirem conjuntamente sobre como atuar com a população idosa.
Nesse sentido, os estudos e pesquisas desenvolvidos no GREPES, bem como a monitoria e as aulas ministradas no
Projeto Sênior devem estimular duas condições básicas para o futuro profissional de Educação Física: Formação Humana
e Capacitação (Maturana, 2000). Para que a Formação Humana dos futuros profissionais seja promovida, busca-se
estimulá-los a olharem para os idosos e para o envelhecimento na perspectiva da Velhice Bem Sucedida como norteadora
de suas ações educacionais com vistas a modificar a visão negativa que os professores freqüentemente têm sobre o
processo de envelhecimento, fazendo com que enxerguem os idosos como potencialmente capazes de desenvolverem-se
ao longo da vida. Além disso, buscam-se reflexões sobre aquilo que se espera da Educação Física, não apenas como
espaço para a prática de atividades físicas, mas como ferramenta para a construção de conhecimentos por intermédio
dessa prática. Neste contexto, autonomia e autocapacitação são metas a serem conquistadas pelos idosos e, portanto, há
que se propor práticas educacionais coerentes com esses fins. Quanto à capacitação, os alunos são estimulados a
construírem planejamentos didáticos e planos de aula, a conduzirem sessões e produzirem pesquisas derivadas de suas
vivências bem como comunicá-las, numa perspectiva multidisciplinar.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Maria Luiza de Jesus Miranda
Docente
Marília Velardi
Resp.
Projeto de Pesquisa
Imagem Corporal em Idosos
Docente
Ano Início
2002
Descrição: De acordo com a Organização Mundial da Saúde em 2025 o Brasil terá, aproximadamente, 32 milhões de pessoas com
mais de 60 anos. Será, portanto, o 6º País do mundo em população de idosos. Existem evidências de que a atividade
física regular para o idoso produz uma grande quantidade de benefícios psicológicos, tais como melhora da auto-imagem
corporal, auto-estima, auto-eficácia, satisfação de vida e bem estar, aumento da socialização,
conseqüentemente,melhorando sua qualidade de vida. A imagem corporal de uma pessoa funciona como um mediador
entre a auto-estima global e sua condição física. Discrepâncias entre a imagem corporal percebida e a imagem corporal
idealizada tem sido encontradas, especialmente, em mulheres e, essas discrepâncias, estão relacionadas a ansiedade
física social e ao comportamente frente ao exercício. A ansiedade física social representa a ansiedade que uma pessoa
experiencia em resposta à avaliação das outras pessoas sobre seu corpo físico e está negativamente relacionada ao
comportamento frente ao exercício. Portanto, o objetivo geral deste estudo é o de avaliar o nível de satisfação com a
imagem corporal dos idosos que participam do Grupo de Idosos da USJT. Em outras palavras, como o idoso percebe seu
corpo e o relacionamento entre a imagem corporal física e o comportamento frente à atividade física oferecida pela
instituição. Serão avaliados indivíduos de ambos os sexos, freqüentadores do Grupo de Idosos da UJST, utilizando-se da
Silhouette Matching Task (SMT) proposto por Stunkard et al em 1983, e adaptado por MARSH & ROCHE (1996). Este
teste é composto por 12 silhuetas com diferentes tamanhos de forma física em escala progressiva. A análise estatística
será feita através do teste de hipótese t de Student, com nível de significância de p< 0,01.
Através desse estudo será possível instrumentalizar professores de Educação Física a conhecer e reconhecer os
aspectos psicológicos à atividade física para que possam desenvolverr metodologias mais adequadas à população alvo
cisando a adoção de um estilo de vida ativo.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 3
Equipe
Categoria
Maria Luiza de Jesus Miranda
Docente
Maria Regina Ferreira Brandão
Resp.
Marília Velardi
Chronos
Especialização:
Docente
Docente
49 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Influências da Prática de Atividades Físicas em Academias na Qualidade de Vida de Adultos Universitários: Um
2004
Estudo Comparativo
Descrição: O desenvolvimento em todas as áreas nos últimos anos além das informações e possibilidades de escolhas,
paralelamente vem acarretando grandes danos à população nos aspectos físicos, psicológicos, sociais e ambientais. Com
o intuito de amenizar essas perdas, são divulgados hábitos saudáveis, sendo um deles a prática de atividades físicas (AF).
Todavia, os estabelecimentos que oferecem estes serviços, um deles a academia, fortalecem sua importância para a
melhoria da qualidade de vida (QV). Surge então, a necessidade de mensurar a QV de praticantes de AF e de não
praticantes para verificar se existem influências deste hábito sobre a QV. A amostra será composta de universitários,
idade entre 20 e 30 anos, com níveis sociais parecidos sem problemas psicológicos e de saúde, divididos em 2 grupos
(praticantes de musculação e não praticantes de AF). Será aplicado o instrumento ?Whoqol-Bref?, desenvolvido pela
Organização Mundial da Saúde, com 26 questões, divididas em domínios (físico, psicológico, de relação social e de
ambiente). Os questionários serão auto-administrados e posteriormente será realizada a análise dos resultados por
domínios e entre domínios.
Palavras-chave: atividade física, qualidade de vida, adultos universitários
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Neide Alessandra Sansão Périgo
Docente
Outro Participante
Projeto de Pesquisa
MOTIVOS DE ADESÃO AO PROJETO SÊNIOR PARA A VIDA ATIVA
Ano Início
2004
Descrição: Considerando-se que talvez mais da metade do declínio freqüentemente atribuído às condições fisiológicas do
envelhecimento são, na verdade, resultados da inatividade física, um dos grandes instrumentos para a Promoção da
Saúde é a prática de atividades físicas, uma das opções de ação primária no cuidado com a saúde, quando centrada na
melhora das condições funcionais e na otimização dos aspectos que determinam a qualidade de vida da população que
está envelhecendo. Embora a necessidade de prática de atividades físicas seja consenso entre profissionais da área da
saúde, a prevalência da inatividade física nos momentos de lazer é, ainda, muito grande para este grupo etário. Buscando
investigar os motivos que levam idosos à prática de atividades físicas, o objetivo desse estudo foi avaliar os motivos de
adesão dos idosos inscritos no programa de educação física do Projeto Sênior para a Vida Ativa no ano de 2003. Foram
analisadas 29 mulheres, com idades entre 60 e 84 anos (x= 67,5; sd=5,9), fisicamente independentes, com graus de
escolarização entre primário e ginasial e renda familiar variando entre 2 a 10 salários mínimos. Para a obtenção das
informações foi utilizado um roteiro de entrevista estruturada baseado no Self Talk Model de Weinstein (citado por O?Brien
Cousins, 1998). Os sujeitos foram entrevistados individualmente, antes do início do Projeto e as respostas obtidas foram
analisadas segundo os procedimentos da análise do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) (Lefrévre, 2000). Pela análise das
respostas foram encontradas quatro categorias relativas aos determinantes de adesão: categoria (1) referindo-se às
influências sociais que deram suporte à adesão, categoria (2) com referência aos aspectos relacionados à saúde;
categoria (3) referindo-se ao gosto pela prática; e categoria (4) relativa aos aspectos psicológicos. Em todas essas
categorias pode-se observar que o conhecimento sobre os benefícios da prática de atividades físicas, a indicação de
pessoas que já haviam participado e a experiência pessoal pregressa favorável com a prática de atividades físicas,
determinaram a adesão ao Programa. Pode-se, assim, concluir que para estimular a adesão de idosos a programas de
atividades físicas, é de fundamental importância a criação de espaços educacionais que, mais do que informar sobre os
benefícios da prática de exercícios, permitam aprendizagens conceituais e a descoberta do prazer pela prática de
atividades físicas, bem como a comunicação dessas vivências a outras pessoas.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização: 1
Categoria
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Docente
Marília Velardi
Docente
Marina Zamarim
Outro Participante
Chronos
50 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Ano Início
PERFIL INICIAL DOS NÍVEIS DE AUTO-EFICÁCIA FÍSICA, EQUILÍBRIO ESTÁTICO E A RELAÇÃO COM O
2002
MEDO DE QUEDAS EM IDOSOS INGRESSANTES NO PROJETO SÊNIOR 2002, 2003 E 2004.
Descrição: Considerando que um dos principais objetivos do programa de educação física do Projeto Sênior é contribuir para
mudança de atitude de idosos frente à prática de atividades físicas, para que estes a adotem permanentemente em seu
cotidiano, conhecer as características dos idosos que ingressam no programa, permite uma avaliação diagnóstica que dá
subsídios para a organização das atividades que podem favorecer o senso de auto-eficácia a partir da realidade do grupo
com o qual se trabalha, o que poderá facilitar o sucesso das intervenções. Permite também, um melhor entendimento
sobre as características de idosos, em geral, que aderem a programas de atividades físicas. Dessa forma, os objetivos
deste trabalho foram: 1) traçar o perfil inicial dos idosos ingressantes no Projeto Sênior quanto ao nível de auto-eficácia
física, medo de quedas e a capacidade de equilíbrio; 2) Investigar, nesse momento inicial, como essas variáveis se
relacionam entre si.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 2
Doutorado: 2
Especialização:
Equipe
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Discente Autor
Fabiano Marques Câmara
Discente Autor
Maria Luiza de Jesus Miranda
Docente
Marília Velardi
Resp.
Projeto de Pesquisa
Programa de Educação Física do Projeto Sênior e o ideário da Promoção da Saúde.
Docente
Ano Início
2003
Descrição: A prática regular de atividades físicas não tem sido comum entre indivíduos de vários grupos etários, declinando a partir
da adolescência e culminando com acentuada diminuição especialmente na velhice. Sabe-se que, por ser de natureza
multifatorial, não é simples explicar o comportamento de não adesão, mas pode-se afirmar que suas causas
relacionam-se mais às características individuais e sócio-ambientais do que ao período de vida em questão. Dentre essas
características, o fato do indivíduo não reconhecer o valor da prática de atividades físicas como importante para si, não se
sentir capaz de participar de algum programa específico ou não sentir prazer em realizar exercícios são alguns fatores que
podem determinar a não incorporação do comportamento de prática de atividades físicas. Neste sentido, a educação física
pode oferecer contribuições significativas desde que implemente programas adequados às características dos indivíduos
idosos, mesmo aqueles mais frágeis, valorizando a importância da prática de exercícios numa situação que proporcione
compreensão daquilo que pode e deve ser feito, que gere prazer e não apenas desgastes físicos e psíquicos intensos, o
que acarretaria sofrimento e, provavelmente, em abandono da atividade. Considerando-se o contexto acima exposto, a
implantação do Projeto Sênior para a Vida Ativa, integrando as áreas de Educação Física, Nutrição e Farmácia, presentes
na Universidade São Judas Tadeu (USJT), ocorre no sentido de contribuir com adultos idosos para que vivam uma
velhice bem sucedida. Essa proposta tem um caráter educacional, congregando esforços para a disseminação de
informações e ações necessárias à aquisição de autonomia para a manutenção de hábitos saudáveis pelos idosos, como
a prática sistemática de atividades físicas, a adoção de dieta adequada e o constante auto-cuidado. O programa de
educação física tem como meta proporcionar aos alunos conhecimentos sobre a atividade física e a sua relação com o
processo de envelhecimento. Procura levá-los a descobrirem suas possibilidades de desenvolvimento e a dar continuidade
a esse processo através da aquisição de autonomia para a prática da atividades físicas ao longo da vida. Contudo, é
importante salientar que o termo autonomia aqui adotado não se refere à independência física ou para a prática de
exercícios. A autonomia aqui pretendida tem como base a compreensão do termo advinda da área da Promoção da Saúde
e da Filosofia. Na Promoção da Saúde, a autonomia é concebida de forma que seus modelos e definições não se limitem
a identificar os obstáculos associados à dependência física ou social. Nesse sentido, não basta viver de maneira
independente, mas a autonomia decorre da realização pessoal e este aspecto vem sendo levado em consideração pelos
modelos contemporâneos que buscam explicar as relações entre autonomia e saúde. Nessa área, as iniciativas que visam
estimular a autonomia requerem cuidadosas e amplas considerações dos conhecimentos, atitudes, objetivos, percepções
individuais, status social, estrutura política, tradições culturais e outros aspectos que envolvem o público para o a qual esta
iniciativa será endereçada. Neste sentido, é de fundamental importância compreender as aproximações existentes entre
os constructos da Promoção da Saúde (especialmente autonomia e empowerment) buscando verificar se a prática
desenvolvida no programa de educação física espelha de maneira concreta, sua fundamentação. Para isso serão
realizadas as descrições dos processos de ensino do programa que serão analisados à luz do ideário da Promoção da
Saúde.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Categoria
Maria Luiza de Jesus Miranda
Docente
Marília Velardi
Chronos
Especialização:
Resp.
51 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Extensão
Projeto Sênior para a Vida Ativa: programa de educação física
Ano Início
2002
Descrição: Integra as áreas de Educação Física, Nutrição e Farmácia presentes na USJT, no sentido de contribuir com adultos idosos
para que vivam uma velhice bem sucedida. Essa proposta tem um caráter educacional, congregando esforços para a
disseminação de informações e ações necessárias à aquisição de autonomia para a manutenção de hábitos saudáveis
pelos idosos, como a prática sistemática de atividades físicas, a adoção de dieta adequada e o constante auto-cuidado.
O projeto está estruturado para atender às três funções da Universidade: Ensino, através da oportunidade de estágio dos
graduandos junto a esta população, complementando a sua formação profissional; Extensão, com o oferecimento de
atividades de educação física, nutrição e farmácia a idosos da comunidade interna e externa à Universidade; Pesquisa,
pois sendo a produção de conhecimento em Gerontologia emergente e carente de pesquisas sérias com a população
brasileira, a implantação do projeto favorece a elaboração de vários projetos de pesquisa.
O núcleo central do Projeto é o programa de educação física e a partir dele se desenvolvem as atividades de nutrição e
farmácia. Destina-se, a cada ano, a grupos de 30 a 40 pessoas com mais de 60 anos de idade, de ambos os sexos e de
nível sócio-econômico baixo.
Como sua meta é levar os idosos a descobrirem as suas possibilidades de desenvolvimento e dar continuidade a esse
processo através da aquisição de hábitos saudávies, como auto-cuidado, alimentação adequada e autonomia para a
atividade física ao longo da vida, a duração é limitada a 12 meses para cada grupo, possibilitando o seu oferecimento a
um número maior de pessoas.
No ano de 2002, foram atendidos 23 homens e mulheres, aposentados e donas de casa, a maioria casada (66%), com
idades variando de 60 a 87 anos. Com relação à escolarização, um parâmetro importante devido à característica
educacional do projeto, predominou no grupo a baixa escolaridade, com 9% dos participantes relatando que não foram à
escola, 52% que cursaram apenas o primário (completo ou incompleto), 22% o ginásio (completo ou incompleto), 9% o
colegial e 9% a faculdade.
No ano de 2003 estão sendo atendidos 34 idosos, com idades variando entre 60 e 84 anos, a maioria composta por
mulheres viúvas ou solteiras, donas de casa ou aposentadas. Neste grupo o grau de escolarização é um pouco mais
elevado, com 33% tendo cursado o primário (completo ou incompleto), 47% o ginásio (completo ou incompleto), 10% o
colegial (completo ou incompleto) e 7% a faculdade. Também é ligeiramente mais elevada a renda familiar dos
participantes, pois apenas 67% indicaram receber de 2 a 5 salários mínimos por mês.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 5
Mestrado: 2
Doutorado: 3
Especialização: 1
Equipe
Categoria
Alessandra Galve Gerez
Discente Autor
Fabiano Marques Câmara
Discente Autor
Fernanda de Oliveira
Outro Participante
Flavia Capelo
Outro Participante
Luciana Maria Silveira Miguel
Outro Participante
Marcia Rosa de Souza
Outro Participante
Maria Luiza de Jesus Miranda
Resp.
Docente
Marília Velardi
Docente
Neide Alessandra Sansão Périgo
Outro Participante
Sandra Maria Lima Ribeiro
Docente
Tamara L. Damianovic
Outro Participante
Chronos
52 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Educação Física na Promoção da Saúde
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Respostas Agudas da Pressão Arterial, Frequência Cardíaca e duplo produto em exercício resistido e teste
2003
ergométrico máximo em mulheres idosas hipertensas e normotensas participantes do Proj Sênior Vida Ativa 2003
Descrição: A força muscular é reconhecida por comunidades médicas e científicas como uma capacidade física fundamental para a
manutenção da saúde, já que se relacionam diretamente com melhora da capacidade funcional, e conseqüente impacto
sobre a qualidade de vida. Da mesma forma que sistema músculo-esquelético, o sistema cardiovascular sofre, ao longo
da vida, um processo de envelhecimento, que se expressa, por exemplo, no aumento da espessura dos vasos
sangüíneos, e consequentemente na diminuição da sua complacência, elevação da resistência periférica e, finalmente, no
aumento da pressão arterial de repouso. Além disso, 40% das pessoas com mais de 60 anos tem hipertensão, sendo
este fato um dado alarmante, já que cerca de 65-75% de eventos cardiovasculares ocorrem em pessoas hipertensas. Em
adição, níveis elevados da pressão arterial sistólica de repouso podem estar associados à hipotensão postural, o que pode
ser um dos fatores de quedas em idosos. É sabido que o exercício aeróbio promove, a longo prazo, adaptações crônicas
que conduzem à diminuição da pressão arterial de repouso em normotensos e hipertensos, melhora da capacidade
aeróbia de reserva, sendo assim indicada para esse fim. Diante do exposto, parece ser fundamental a presença do
exercício resistido e aeróbio em programas de atividades físicas para idosos. Entretanto, o estudo clássico de MacDougall
et all (1985) demonstrou que, em fisiculturistas profissionais, o exercício resistido é associado a um componente
isométrico que pode elevar a pressão arterial sistólica e diastólica. Logo, uma investigação acerca da resposta
cardiovascular nesta atividade é de suma importância para que sua prática seja segura tendo em vista que a hipertensão
arterial prevalece quase na maioria destes indivíduos. Portanto, o objetivo deste trabalho é comparar a resposta
cardiovascular entre idosos hipertensos e normotensos em exercício resistido e teste ergométrico em mulheres idosas
hipertensas e normotensas numa situação concreta. Para tanto, o exercício resistido foi realizado no legpress horizontal
(life fitness) equipamento comum em academias de ginástica, com intensidade entre 8-12rm (ACSM, 1998). O teste
ergométrico foi realizado em esteira rolante com o protocolo de rampa, comumente utilizado como instrumento clínico
diagnóstico e prognóstico. A aferição da pressão arterial foi realizada pelo método auscultatório e freqüência cardíaca com
freqüencímetro digital. Para a análise dos resultados foi utilizada a análise de variância seguida do teste de post-hoc de
scheffé (p<0,05). Os resultados encontrados para o exercício resistido não apresentaram diferenças significativas entre
normotensos e hipertensos em nenhum dos parâmetros analisados. No teste ergométrico, apenas a pressão arterial
diastólica (PAD) foi mais elevada nos hipertensos. Na comparação entre os exercícios, a freqüência cardíaca, e duplo
produto apresentaram-se mais elevados no teste ergométrico, enquanto que a pressão arterial diastólica mostrou-se mais
elevada no exercício resistido. Os resultados indicam que existe uma tendência de comportamento equivalente dos
parâmetros analisados entre os grupos no exercício resistido e no teste ergométrico. Apenas a PAD apresentou-se mais
elevada. nos hipertensos. O duplo produto mostrou-se mais elevado no teste ergométrico do que no exercício resistido,
corroborando com dados já reportados pela literatura. Dessa forma, parece que a segurança cardiovascular é mantida em
exercícios resistidos e sua prescrição não deve diferir entre normotensos e hipertensos. No entanto, o método
auscultatório utilizado para a aferição da Pressão Arterial apresenta limitações quando utilizado no exercício resistido
(Polito e Farinatti, 2003) e estudos com metodologias mais precisas de aferição devem ser conduzidos para que se
confirmem os resultados apresentados.
Palavras-Chave: pressão arterial; freqüência cardíaca, duplo produto; treinamento resistido; paradigma da complexidade.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Fabiano Marques Câmara
Resp.
Marília Velardi
Discente Autor
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
SIGNIFICADOS DA ATIVIDADE FÍSICA NA VELHICE: O CASO DO PROJETO SÊNIOR PARA A VIDA ATIVA
2003
2003.
Descrição: Considerando o envelhecimento como um período em que é possível avançar nos níveis de desenvolvimento humano, o
presente estudo tem como objetivo investigar os motivos de permanência no Programa de Educação Física do Projeto
Sênior para a Vida Ativa, buscando compreender o significado que essa vivência pode ter para os idosos participantes do
programa. Para tanto, realizou-se uma entrevista semi-estruturada com 10 idosos participantes do programa em 2003. A
análise do conteúdo das entrevistas foi feita pela análise do discurso do sujeito coletivo (Lefèvre et al, 2000).Tendo a
fenomenologia existencial como paradigma, a análise das entrevistas indicou que o significado das experiências vividas no
projeto transcendem a melhora da aptidão física e o convívio social que têm sido apontados pela literatura como fortes
motivadores de aderência de idosos aos programas de atividades físicas. Para os entrevistados, o programa de Educação
Física tem lhes proporcionado condições de ver a velhice e o envelhecimento numa perspectiva positiva, o que implica em
novas formas de ser e viver em sociedade..
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Marcia Rosa de Souza
Resp.
Marília Velardi
Chronos
Especialização:
Outro Participante
Docente
53 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
A Dança como possibilidade de expressão na escola: a visão dos graduandos em EF da USJT
Ano Início
2003
Descrição: Essa é uma pesquisa que pertence a uma etapa de um projeto mais amplo. Corresponde à primeira fase que investiga os
formandos em EF da USJT, de 2003.
Baseia-se num estudo sobre as questões que envolvem a prática da dança em todas as suas dimensões vivenciadas no
contexto escolar.
O objetivo do trabalho é investigar até que ponto os futuros profissionais da área da Educação Física apresentam
conhecimento específico da dança para que possam desenvolver essa atividade em suas futuras atuações. Para tanto, foi
aplicado um questionário aos alunos formandos em Educação Física de 2003, da USJT, buscando revelar o conhecimento
adquirido sobre Dança em sua graduação. Além disso, o questionário também desvela a visão que o futuro profissional
tem sobre a aplicação de dança nas escolas. Uma análise de abordagem qualitativa interpreta os dados coletados que
estão apresentados em 3 partes- as decrições, a redução e a interpretação.
Essa pesquisa termina a primeira etapa de um projeto maior que se utilizará desses dados para comparações sobre a
aprendizagem da dança nos cursos de EF com outras Instituições.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Alessandra Cristina de Souza Franco
Resp.
Vilma Lení Nista-Piccolo
Outro Participante
Docente
Projeto de Pesquisa
A desmotivação dos alunos em aulas de Educação Física Escolar
Ano Início
2004
Descrição: O alto número de pedido de dispensas das aulas de Educação Física , em escolas particulares e públicas, chamou-nos à
atenção de tal forma que sentimos necessidade de buscar compreender a causa desta questão.
Um dos primeiros dados, obtido por meio de encontros informais com outros professores, enfatizava a falta de clareza na
objetividade do trabalho, ou seja, muitos profissionais não conseguem estabelecer objetivos mais concretos para
avaliarem seus alunos após sua intervenção. Todos os objetivos traçados se mostram parecidos, independente da série
trabalhada, demonstrando que não há diferença das características específicas de cada faixa etária. Aquecimento seguido
de campeonatos é a atividade mais comum, proposta aos alunos da oitava série, pois dessa forma o professor não
desagrada ninguém, mas muitas vezes não têm idéia do espaço que está perdendo para conquistar, envolver e
conscientizar o aluno para a prática de atividade física. A partir de hipóteses levantadas - a falta de motivação impede os
alunos de participarem das aulas de maneira mais eficaz - ou ainda, que os alunos não gostam das atividades
proporcionadas, ou do professor que ministra essas aulas, ou da estrutura que a escola oferece - desenvolveu-se uma
pesquisa de campo, investigando por meio de questionário que foi distribuído aos alunos das oitavas séires, constando 1
pergunta geradora. Além disso, foram feitas entrevistas com os professores, coordenadores e diretores dessas escolas,
buscando detectar a realidade de trabalho que se tem e o pensamento sobre as aulas de EF, qual a importância para eles
da EF no contexto educacional.
Esse estudo serve de base para futuras discussões sobre a EF no ensino fundamental com professores de várias escolas,
possibilitando alguns avanços no que diz respeito à busca de conscientização dos alunos na educação da saúde.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Maria Goretti Ramos Pereira
Resp.
Vilma Lení Nista-Piccolo
Chronos
Especialização:
Discente Autor
Docente
54 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
A Ginástica Artística como uma possibilidade de conteúdo no currículo da Educação Física escolar
Ano Início
2003
Descrição: Este trabalho teve por objetivo principal propor a Ginástica Artística como alternativa para o conteúdo curricular da
Educação Física escolar. Através de um levantamento histórico que aponta as influências e as consequências no quadro
atual dessa área de conhecimento, o estudo, exclusivamente bibliográfico, apresenta essa modalidade esportiva como
uma possibilidade de atividade motora viável para ser desenvolvida no âmbito escolar.
Comparando as necessidades básicas apresentadas pelas crianças na faixa etária correspondente à primeira fase do
ensino fundamental, com os elementos fundamentais da Ginástica Artística é possível verificar que esse conteúdo pode se
tranformar num trabalho extremamente importante para o desenvolvimento motor das crianças.
O mesmo estudo continua em outros âmbitos institucionais.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Renata de Almeida Santos
Outro Participante
Vilma Lení Nista-Piccolo
Resp.
Docente
Projeto de Pesquisa
A Inteligência Corporal - Cinestésica como manifestação da Inteligência Humana no comportamento de crianças
Ano Início
2001
Descrição: A compreensão da inteligência humana, mesmo com as diversas pesquisas realizadas por diferentes áreas do
conhecimento, não possui absoluta clareza sobre a sua definição. Vários autores, desde o início do século XX, vêm
pesquisando este fenômeno sem estabelecer de forma conclusiva uma posição sobre o que é inteligência.
Dentre as várias abordagens existentes, a proposta de GARDNER (1994) destaca a multiplicidade da inteligência humana
estabelecendo oito inteligências diferentes. Dentre as inteligências denominadas pelo autor, aquela que se refere às
manifestações corporais, Inteligência Corporal- Cinestésica, se transformou no foco principal dessa investigação. Desse
modo, este estudo se prolonga, a partir de pesquisas já concluídas, com o objetivo de investigar ainda mais o
comportamento corporal de crianças, observado na resolução de situações -problema vivenciadas na atividade motora.
Até que ponto essas atividades podem ser compreendidas como manifestação da inteligência humana? A pesquisa
bibliográfica e de campo que estão sendo realizadas caracterizam esse estudo como qualitativo.
Observações, por meio de filmagem, de crianças do ensino fundamental, em aulas de Educaçao Fisica escolar, são os
meios necessários para alcançar os objetivos propostos. As crianças declaram sua capacidade motora realizando
diferentes soluções aos problemas apresentados. O procedimento para análise das observações visa descrever, traduzir,
explicar e interpretar os comportamentos manifestados durante as situações mostradas.
É possível observar nessas situações-problema como o aluno participa na execução das ações motoras de forma
integrada, percebendo o movimento, avaliando o nível de exigência da tarefa e fazendo adaptações necessárias para
controlar o movimento. O comportamento corporal é manifestado de acordo com o contexto do ambiente físico e
sócio-cultural, podendo ser reconhecido, principalmente no âmbito escolar, como uma manifestação inteligente.
Por meio de outras pesquisas realizadas pelo mesmo grupo já foi possível concluir que um comportamento corporal
observado durante a resolução das situações-problema, demonstra a capacidade dos alunos de solucionarem problemas,
contribui para o processo de organização dos comportamentos corporais manifestando o potencial do aluno,
especificamente o potencial da inteligência corporal cinestésica e portanto, a capacidade de usar o próprio corpo na
solução de problemas.
Esse projeto abriga várias pesquisas com crianças, sempre a partir do olhar que foca as manifestações de inteligencia
corporal.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 4
Especialização:
Equipe
Categoria
Carmem Elisa Henn Brandl
Outro Participante
Elaine Prodócimo Hirama
Outro Participante
Maurício Teodoro de Souza
Outro Participante
Tatiana Passos Zylberberg
Outro Participante
Vilma Lení Nista-Piccolo
Chronos
Resp.
55 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
A resolução de problemas das crianças em situações motoras complexas
Ano Início
2003
Descrição: Esse estudo foi realizado pelo NEPICC (Núcleo de Estudos e Pesquisa em Inteligência Corporal Cinestésica) integrante
do GEAIH (Grupo de Estudos Avançados em Inteligência Humana), durante os anos de 2003 e 2004, visando interpretar
as manifestações da inteligência corporal em crianças de 8/9 anos de idade, numa situação de jogo coletivo com bola, em
três diferentes turmas nas aulas de Educação Física escolar.
Os dados foram obtidos por meio de descrição das aulas, pelos componentes do grupo, com posterior análise a partir de
um levantamento das unidades de significado, de uma redução e interpretação das mesmas. Os resultados apontam para
o jogo como forte instrumento pedagógico na criação de situações-problema, desencadeando respostas variadas pelas
crianças, de acordo com seu desenvolvimento pessoal; também apontam para o papel do professor como mediador no
processo de busca de situações estimuladoras da inteligência corporal de seu aluno.
Essa pesquisa produziu um artigo que já foi publicado na Revista Brasileira de Ciência e Movimento em 2004, além de
apresentação em eventos da área.
A partir dos dados coletados, novos questionamentos surgem como geradores de futuras pesquisas do mesmo grupo de
estudo.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 4
Especialização:
Equipe
Categoria
Carmem Elisa Henn Brandl
Outro Participante
Elaine Prodócimo Hirama
Outro Participante
Maurício Teodoro de Souza
Outro Participante
Tatiana Passos Zylberberg
Outro Participante
Vilma Lení Nista-Piccolo
Chronos
Resp.
56 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
Análise Comparativa de Propostas Curriculares para Ed. Física Escolar
Ano Início
2002
Descrição: Por meio de uma análise comparativa dos objetivos, conteúdos e metodologias de ensino presentes nas propostas e
parâmetros curriculares oficiais para o ensino da Educação Física no Brasil, Espanha e Estados Unidos, esse projeto
discute a adequação desses dados à finalidade de formar comportamentos autônomos voltados para seleção e prática de
atividades motoras como instrumento de promoção da saúde.
Com isso, visa detectar possíveis critérios de progressividade adotados na composição curricular em relação aos objetivos
educacionais, indicando lacunas existentes em relação à proposição desses objetivos e conteúdos de ensino cujo
preenchimento resultaria em proposta curricular de Educação Física. Além disso, o projeto tem a intenção de criar
condições para elaboração de um currículo de educação física escolar com nível de sistematização mais aprimorado do
que o apresentado nos Parâmetros Curriculares Nacionais.
A partir de uma abordagem metodológica de cunho qualitativo a pesquisa se baseia em análise documental interpretando
os seguintes documentos:
- Diretrizes e Parâmetros Curriculares Nacionais Brasileiros;
- Proposta curricular do Ministério de Educaión y Ciencia da Espanha e
- National Standards publicados pela National Association for Sport and Physical Education (NASPE) dos E.U.A.
Na primeira etapa da pesquisa foram elencadas categorias fechadas e pré-definidas visando a análise estrutural da
amostra, que são: natureza do conteúdo proposto (conceitual, procedimental e atitudinal); natureza dos comportamentos
previstos nos objetivos propostos (intelectual, motores e afetivo-sociais); natureza da metodologia proposta (diretivas e
abertas).
Na segunda etapa da pesquisa foi feita uma análise categorial visando a identificação do princípio de seqüencialização de
objetivos presentes nas propostas.
A proposta curricular americana abrange desde o kindergarten (equivalente à etapa de Educação Infantil Brasileira) até o
12o grau (equivalente ao Ensino Médio no Brasil) e encontra-se estruturada através de propostas de objetivos específicos
agrupados para duas séries consecutivas em cada bloco. Possui como eixos norteadores sete objetivos gerais que
percorrem toda a esoclarização, à exceção do 5o e 6o graus que possuem apenas 6 objetivos, sem que qualquer
justificativa tenha sido apresentada para a ausência de um dos objetivos gerais. Os eixos norteadores da Educação Física
Escolar propostos contemplam as dimensões conceituais, procedimentais e atitudinais ligadas à prática de atividades
motoras, porém nem sempre apresentando uma clara indicação de progressividade ou aumento da complexidade da
abordagem dos conteúdos a cada dois graus de escolarização. Ficou perceptível que as dimensões históricas das
atividades motoras e práticas esportivas não são recomendadas, porém, destaca-se a importância da discussão cultural
sobre elas. Esta análise propicia a identificação do modelo da aptidão física como base para a confecção da proposta, no
entanto com o cuidado de não ignorar a dimensão cultural dos conteúdos, sem nos permitir qualquer interferência sobre a
base epistemológica desta abordagem.
Na comparação com a proposta espanhola (Ministério da Educação e Cultura) e brasileira (Parêmetros Curriculares
Nacionais), percebeu-se um maior nível de detalhamento grau a grau na proposta americana o que, na nossa
interpretação, fornece diretrizes mais objetivas para o trabalho do professor. Nas propostas espanhola e brasileira,
também, se expressam mais claramente a preocupação em destacar uma orientação sócio-cultural na abordagem dos
conteúdos de ensino. Como primeiras conclusões, podemos afirmar que a proposta norte-americana pode ser adaptada à
realidade brasileira pois nos pareceu útil no sentido de organizar principalmente os conteúdos referentes ao conhecimento
sobre o corpo e o desenvolvimento das habilidades motoras. A pesquisa está em fase de discussão dos dados mas já
apresenta resultados que foram encaminhados para publicação.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 5
Mestrado:
Doutorado: 1
Especialização:
Equipe
Categoria
Ana Paula Birelli Kasteckas
Outro Participante
Barbara Baciega
Outro Participante
Cleyd Zwing Serrano Grimaldi
Outro Participante
Daniel Aquino dos Santos
Outro Participante
Hugo Silva
Outro Participante
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Chronos
Resp.
57 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
ASPECTOS CAUSADORES DE ESTRESSE NO FUTSAL FEMININO
Ano Início
2004
Descrição: O estresse é definido como uma reação física e/ou psicológica do organismo que desencadeia quando o atleta apresenta
sensações positivas ou negativas. A competição em se é uma fonte geradora de estresse. O objetivo desta pesquisa foi
identificar, através do depoimento de atletas, a percepção de fatores causadores de estresse
pré-competivo/competitivo/pós-competivo no futsal feminino. Onde a maioria das atletas possuía idade entre 16 a 27 anos,
da equipe da cidade de Cotia. A coleta de dados baseou-se numa abordagem qualitativa de pesquisa, tendo como
instrumento a entrevista semi estruturada frente a situações de competição em diferentes momentos do jogo. As
respostas foram gravadas e na análise de seu conteúdo identificamos que: em geral as atletas apresentaram mais
sentimentos positivos do que negativos; a) na pré-competição os sentimentos estressantes era ter adversário considerado
forte e jogar no campo do adversário; b) no momento da competição os sentimentos mais presentes foram; a
desvantagem no placar, o momento em que acaba de sofrer um gol e a atuação inadequada do árbitro os fatores
estressantes; c) na pós-competição sendo causadores de estresse o time ter jogado mal, a derrota em uma partida e a
derrota quando o time jogou bem.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Resp.
Projeto de Pesquisa
AVALIAÇÃO CURRICULAR EM FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE
Docente
Ano Início
2004
Descrição: Este projeto tem como objetivo acompanhar a evolução da formação profissional em Educação Física e Esporte no Brasil,
criando condições para o desenvolvimento de análises críticas e de novas propostas para a área. Como se trata de um
tema em permanente evolução, propusemos seu desmembramento em estudos parciais.
Estudo 1 - Análise da Proposta Curricular da Universidade São Judas Tadeu
Estudo 2 - Comparação da Proposta Curricular da Universidade São Judas Tadeu com as Diretrizes Curriculares
Nacionais para os cursos de Graduação.
Estudo 3 - O papel dos estágios curriculares na formação profissional - uma abordagem sócio-filosófica.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Chronos
Especialização:
Resp.
58 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
Ano Início
AVALIAÇÃO DO IMPACTO DE UMA INTERVENÇÃO EM PROMOÇÃO DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE NO
2004
AMBIENTE ESCOLAR
Descrição: O objetivo deste estudo será avaliar o impacto de uma intervenção de promoção da atividade física e saúde no ambiente
escolar. Teremos como foco desta pesquisa identificar as mudanças ocorridas no ambiente escolar a partir da percepção
dos sujeitos diretamente envolvidos, professores e alunos. Para tanto consideraremos todas de ações de intervenção
realizada nos últimos 7 anos pelo Programa Agita São Paulo, cujo objetivo foi fornecer subsídios teóricos para que os
professores implementassem ações no ambiente escolar no sentido de aumentar o conhecimento dos alunos sobre a
importância e os benefícios da prática de atividade física para a saúde, bem como procurar torná-los indivíduos
fisicamente mais ativos no seu cotidiano. Para o efetivo desenvolvimento deste estudo estaremos realizando nossas
atividades em conjunto com a coordenação técnica-cientifica do programa Agita são Paulo, bem como interagindo com
seus assessores técnico-científicos, uma vez que o referido projeto tem como foco um dos mega-eventos componentes do
programa Agita São Paulo ao longo do ano denominado Agita Galera. Para o desenvolvimento do presente estudo
adotaremos como amostra uma diretória de ensino da capital, onde serão selecionadas escolas cujo seus dirigentes
autorizem a coleta de dados junto aos sujeitos diretamente envolvidos com a intervenção (professores e alunos). Será
feita ainda a aplicação de questionários pelo método de entrevista gravada aos professores e alunos a partir do terceiro
ciclo do ensino fundamental e ensino médio estes serão então analisados e avaliados de acordo com critérios
pré-estabelecidos a partir dos parâmetros estabelecidos pelas metas iniciais do Programa Agita São Paulo. Por fim todos
os dados serão analisados a fim de se identificar se a intervenção feita provocou alguma alteração e qualitativamente
tomando como referencial os princípios da promoção da atividade física para saúde, propostos pela Organização Mundial
da Saúde.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Luis Carlos de Oliveira
Resp.
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Discente Autor
Docente
Projeto de Pesquisa
Dança...Ensino, Sentidos e Possibilidades na Escola
Ano Início
1997
Descrição: Esta pesquisa tem como foco de estudo, indagar e compreender o fenômeno que é o ensino de dança na escola,
buscando ainda criar diretrizes de ação pedagógica para este ensino.
Como objetivos específicos este trabalho pretendeu: - investigar uma concepção estética de educação, em que a dança
seja desenvolvida como forma de conhecimento sensível, refletindo sobre a escola e sobre como o ensino de dança pode
contribuir para que ela seja o espaço da construção e socialização de conhecimentos lógicos e estéticos; - pensar sobre o
processo educacional que viabilize a expressividade e a comunicação humana, através da linguagem escrita, falada, de
diálogos corporais e da dança; - percorrer os espaços da dança no âmbito escolar, discutindo conceitos de dança que
estimulam a construção da subjetividade humana.
Para atingir os objetivos descritos, esta pesquisa apresenta a fenomenologia como forma de olhar o mundo e suas
existências e como possibilidade de interrogá-los. Ela foi assumida neste trabalho como atitude frente ao fenômeno
indagado, como abordagem de pesquisa e como percurso metodológico. Os objetivos propostos foram alcançados.
Só em 2004 foi possível o fechamento de todos os dados interpretados para publicação.
Esse trabalho foi publicado como livro em 2004 pela editora Autores Associados.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Vilma Lení Nista-Piccolo
Chronos
Especialização:
Resp.
59 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
Ensinar para a Compreensão: o que sabem os formandos em Educação Física?
Ano Início
2003
Descrição: É preciso reconhecer que a função de um professor é levar seu aluno à compreensão sobre aquilo que está sendo
ensinado. Partindo dessa premissa que se pauta na teoria Teaching for Undestanding, essa pesquisa busca conhecer até
que ponto os formandos em Educação Física adquiriram conhecimento sobre sua área, suficiente para que possam
aplicar em outras situações nas quais vão atuar. Interpretar o que sabem e de que forma adquiriram esse saber faz parte
da trajetória metodológica desse projeto. A partir de um questionário distribuído aos formandos de vários cursos de EF, em
diferentes faculdades, contendo apenas uma pergunta norteadora, os sujeitos descrevem se o currículo desenvolvido em
seu curso permitiu que aprendessem o conhecimento básico e necessário para sua atuação profissional, além de
esclarecer como esse conhecimento foi adquirido, ou seja, se foi por meio de seu próprio empenho, dos colegas ou ainda
da boa atuação dos seus professores. Para a análise dos dados são traçados os momentos de Descrição dos discursos
dos sujeitos pelas respostas dadas às perguntas, de Redução dessas respostas em unidades de significado e essas em
categorias, e de Interpretação das características surgidas a partir dos quadros apresentados. Ao final da análise da
primeira etapa da pesquisa, que compreende os formandos em EF na USJT, pode-se perceber que os alunos atribuem
grande importância à relação formação-atuação, ou seja, visualizam possibilidades de um conhecimento adquirido nas
disciplinas de aplicação prática, quando se sentem capazes de reproduzi-lo em outras circunstâncias. Procurou-se
também conhecer, por meio dessa pesquisa, as razões que levam os alunos à compreensão desses conhecimentos,
saber se foram gerados pelo gosto por determinada disciplina, pela atuação do professor que a ministrou, ou ainda pelo
interesse próprio em se aprofundar no assunto. Os resultados dessa pesquisa desenvolvida na USJT mostraram que
muitos alunos reconhecem a necessidade de buscarem mais conhecimento pois o que foi ensinado não lhes parece
suficiente para atuarem na profissão; demonstram claramente ter ainda uma visão que separa a teoria da prática, como se
ambas não estivessem interligadas; além disso, desconhecem o valor da pesquisa em Educação Física. Relacionando os
resultados obtidos com a teoria Teaching for Understanding é possível perceber uma falta de compreensão, por parte dos
alunos, do conteúdo transmitido durante os quatro anos de graduação. Os quase graduados consideram que a reprodução
de um determinado conhecimento em situações diversas limita-se apenas a uma adaptação de uma aula ministrada na
Universidade aplicada ao seu trabalho. A visão reducionista dessa aplicação como forma de pura repetição de aula dada
deixa claro a falta de compreensão da necessidade de determinados conhecimentos que são desenvolvidos. Os dados
obtidos em cada curso poderão ser, posteriormente comparados, sem descontextualiza-los.
Esses primeiros resultados, ainda em fase de análise foram apresentados no Encontro Técnico Científico da USJT em
2004.
A continuidade desse estudo se dá como um projeto de dissertação de Mestrado que tem início em 2004.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Rodrigo Luiz Vecchi
Resp.
Vilma Lení Nista-Piccolo
Discente Autor
Docente
Projeto de Pesquisa
Fatores que influenciam no desempenho de futebolistas profissionais.
Ano Início
2002
Descrição: Este estudo teve como objetivo investigar a constatação de que os fatores que afetam o desempenho do atleta de futebol,
apresentados por eles próprios são os mesmos daqueles mencionados na literatura, ou se há aspectos que eles declaram
como obstáculos de sua performance que ainda não tenham sido discutidos na formação desses profissionais. O
instrumento de coleta de dados constou de um questionário com 24 afirmações sobre as quais o respondente expressava
seu nível de concordância, podendo acrescentar outros dados; 22 jogadores profissionais, com idade média de 20 anos e
média de 2 anos de experiência no futebol profissional responderam o questionário. Os resultados obtidos apenas
confirmaram os dados apresentados na literatura, com destaque para três aspectos: preparação física, motivação do
grupo e problemas pessoais. A partir disso buscou-se analisar instrumentos de ação pedagógica possíveis de serem
desenvolvidos pelos responsáveis das equipes de jogadores para diminuir os obstáculos que impedem o melhor
desempenho esportivo.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Chronos
Especialização:
Resp.
60 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
Ano Início
FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA O ENSINO DE HABILIDADES MOTORAS: PRIORIDADE PARA A TEORIA
2003
OU PARA A PRÁTICA?
Descrição: Com o objetivo de ampliar nossa compreensão a respeito dos processos de formação de profissionais para o ensino de
habilidades motoras, confrontaremos procedimentos metodológicos utilizados para o ensino da modalidade esportiva tênis
de campo, construídos empíricamente por um ex-atleta profissional de tênis com a fundamentação teórica com base nos
conceitos da aprendizagem motora (Richard Magill), aprendizagem significativa (David Ausubel) e psicologia humanista
(Carl Rogers). A metodologia dessa pesquisa envolve a observação focalizada na relação professor-aluno e processos
comunicativos, a vivência destes procedimentos metodológicos na situação de aluno e entrevistas abertas com o
profissional em questão. A discussão e os resultados finais serão construídos por meio do diálogo entre a teoria e a
prática, elaborado pelos pesquisadores.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Maurício José Siqueira Cagno
Outro Participante
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Resp.
Projeto de Pesquisa
Ginástica Artística e Rítmica como propostas educacionais desenvolvidas na escola
Docente
Ano Início
2004
Descrição: Fundamentando-se nos elementos básicos de Ginástica Artística e Ginástica Rítmica a idéia desse projeto é estruturar
conteúdos gímnicos para um programa de Educação Física escolar, adequado ao desenvolvimento da criançal.
Ao se pensar na elaboração de um programa de EF que possa atender as expectativas, as potencialidades e limitações
das crianças,buscamos considerar a realidade escolar e, para tanto, foi preciso partir de uma pesquisa de campo, de
abordagem qualitativa, já realizada, apoiando-se também em dados quantitativos que foram coletados, visando conhecer
essa realidade em diversas escolas da rede particular e pública.
Já podemos observar que ainda muitos profissionais vêem a prática da Ginástica apenas como finalidade competitiva,
desconhecendo a verdadeira relação que os movimentos fundamentais dessas modalidades desportivas têm com o
desenvolvimento integral da criança. A falta de uma visão educacional da Ginástica como elemento contribuidor do
processo de ensino nos mostra a importância de se divulgar uma proposta em que os aspectos relevantes do crescimento
infantil sejam correlacionados com atividades motoras para crianças dos 6 aos 10 anos de idade.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Eliana de Toledo
Outro Participante
Vilma Lení Nista-Piccolo
Resp.
Projeto de Pesquisa
Ginástica Artística: a sua aplicação na escola
Docente
Ano Início
2001
Descrição: Este trabalho tem como objetivo investigar a aplicação da Ginástica Artística nas aulas da Educação Física escolar no 1o
ciclo do Ensino Fundamental, das escolas das redes municipal, estadual e particular da região de Sousas, distrito da
cidade de Campinas, nos conteúdos trabalhados. Por meio de uma pesquisa de campo, esse trabalho levantou os
conteúdos desenvolvidos nessas aulas, além de detectar a forma como são trabalhados pelos professores nessas
escolas. Partindo dessa investigação buscou-se saber especificamente se a Ginástica Artística faz parte dos conteúdos da
Educação Física Escolar. Apoiado na teoria do desenvolvimento motor de Gallahue (2001), o trabalho defende a idéia de
que a Ginástica Artística possibilita o atendimento de todas as necessidades básicas de movimento das crianças dessa
faixa etária. A pesquisa verificou uma grande porcentagem de professores que ainda não trabalham com tal conteúdo,
apontando razões como: - não se acham preparados; - não possuem infra-estrutura adequada para desenvolvê-la.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Candice de Campos Trentin
Resp.
Vilma Lení Nista-Piccolo
Chronos
Especialização:
Outro Participante
Docente
61 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
HIPERATIVIDADE E EDUCAÇÃO FÍSICA: alerta para pais e professores.
Ano Início
2002
Descrição: Este trabalho consta de pesquisa bibliográfica sobre as características, causas, tratamento e orientações sobre como lidar
com o Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) na infância. Sabe-se que, em geral se associa a
dificuldades na escola e no relacionamento com as demais crianças, pais e professores. Os portadores não conseguem
realizar os vários projetos que planejam e são tidos como avoados, vivendo no mundo da lua, geralmente estabanados e
com o bicho carpinteiro. A criança portadora de TDAH, nos demonstra com mais precisão as características da doença em
idade escolar, e sendo assim, a compreensão do fenômeno TDAH, é importante para preparar o professor para lidar
melhor com seus alunos e ser capaz de diferenciar a hiperatividade de um comportamento indisciplinado. Confirmamos
pela literatura pesquisada que pessoas com TDAH passam boa parte de sua vida sendo consideradas incapazes, tendo
sua auto-estima rebaixada apresentando dificuldades em relacionar-se socialmente. Acreditamos que as escolas ainda
deixam muito a desejar, confundindo TDAH com indisciplina, má vontade, preguiça, má fé. O próprio amadurecimento do
nosso conhecimento através da realização da pesquisa evidenciou que a ação pedagógica do professor não pode ser
definida isoladamente senão em contato com médicos e terapeutas que fazem o tratamento da criança hiperativa e/ou
desatenta, uma vez que condutas diferenciadas devem ser assumidas em cada caso particular. A partir desta pesquisa,
sugerimos que poderiam ser veiculados através dos meios de comunicação orientações sobre o TDAH e paralelamente a
isto, serem programados cursos, palestras sobre TDAH, voltada para professores (principalmente do ensino fundamental),
pais (de indivíduos com TDAH) e interessados em geral. Palavras Chave: Hiperatividade, TDAH, Déficit de Aprendizagem,
Hipercinesia, ADD, ADHD.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Mônica Araujo
Resp.
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Outro Participante
Docente
Projeto de Pesquisa
Ano Início
Manifestações de inteligêcia corporal cinestésica na pratica do jogo de futsal: um estudo aprofundado na categoria
2004
principal masculino
Descrição: Este estudo visa identificar manifestações de inteligencia corporal cinestésica expressadas na pratica dos jogos de futsal
por atletas da categoria principal de um determinado clube, por meio de filmagens, observações e entrevistas.
A partir da interpretação de que a inteligencia corporal é uma das possibilidades de expressão que o ser humano tem para
demonstrar suas potencialidades, buscamos identificar como isso se dá em situações problemas vivenciadas na pratica
do jogo de futsal. Analisando uma equipe de jogadores da categoria principal, de um determinado clube, em jogos de
diferentes campeonatos, pretendemos elencar as diferentes situações surgidas, bem como as soluções encontradas por
esses jogadores para resolver os problemas, através de filmagens e entrevistas. Por uma análise qualitativa, na qual as
unidades de significado, levantadas a partir das discussões são categorizadas para uma interpretação, buscando revelar
as possíveis manifestações da inteligencia humana.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Nicolino Bello Junior
Resp.
Vilma Lení Nista-Piccolo
Chronos
Especialização:
Discente Autor
Docente
62 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
Metodologia do Ensino do Tênis na perspectiva de instrutores não graduados em Educação Física / Esporte
Ano Início
2003
Descrição: O tênis é uma modalidade esportiva que ascende em termos de popularidade no Brasil. Considerado, até o momento,
como uma prática de elite, poucas são as faculdades que incluem nos seus currículos de formação profissional o tênis
como disciplina acadêmica e que preparem recursos humanos para promover seu ensino nos clubes. Isso contribui para
que esta modalidade esportiva venha sendo ensinada por pessoas sem ensino superior na área da Educação Física ou
Esporte sendo, normalmente, pessoas que passaram pelos seguintes estágios: pegador de bolinhas, rebatedores, atletas
e, posteriormente, vindo a se tornar instrutores da modalidade. Nossa proposta de pesquisa objetiva identificar os métodos
de ensino utilizados por esses instrutores e reconhecer de que forma adquiriu esse conhecimento, ou seja, como eles
desenvolvem os métodos de ensino apresentados em seus trabalhos. A pesquisa é de natureza qualitativa, utilizando
como instrumento de coleta de dados um questionário com questões abertas e complementado, se necessário, com
entrevistas semi-estruturadas.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Especialização:
Categoria
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Resp.
Projeto de Pesquisa
MOTRICIDADE E DESENVOLVIMENTO HUMANO
Docente
Ano Início
2003
Descrição: A Red Internacional de Investigadores de La Motricidad Humana é um grupo que possui membros do Brasil, Colômbia,
Argentina, Chile, Portugal, Espanha e Angola. O propósito deste grupo é delinear e aprofundar as bases epistemológicas
da Ciência da Motricidade Humana tendo já realizado diversos congressos internacionais nos diversos países onde possui
membros. Atualmente , além das discussões epistemológicas, os diversos grupos de pesquisadores vêm investindo na
proposição e análise de práticas motríceas no âmbito escolar, no ensino superior, em empresas e na área do lazer. Na
Universidade São Judas a produção vem abrangendo a discussão sobre os valores que podem nortear as práticas
pedagógicas em Motricidade Humana, bem como aspectos relacionados à Educação Física Escolar e à Preparação
Profissional.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Chronos
Especialização:
Resp.
63 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
O Projeto Crescendo com a Ginástica: uma possibilidade na escola
Ano Início
2001
Descrição: Este estudo tem como prioridade apontar alternativas para as dificuldades no desenvolvimento das modalidades de
Ginástica Artística (GA) e Ginástica Rítmica (GR) nas aulas de Educação Física, auxilliando diretamente os profissionais
atuantes nas escolas.
Para conhecer as reais dificuldades encontradas pelos professores na aplicação dessas modalidades, foi realizada uma
pesquisa de campo nas aulas de Educação Física, iniciada com um curso para os professores da rede de ensino de
Campinas e região. Este curso visou oferecer subsídios e despertar o interesse para o desenvolvimento da GA e da GR na
escola. Todas as técnicas desenvolvidas nessa pesquisa de campo (questionários, avaliações, assessoria pedagógica,
observações e entrevistas) somadas às múltiplas formas de contato mantidas com os professores serviram para conhecer
os obstáculos que poderiam impedir a aplicação dessas modalidades na escola. A partir de uma análise qualitativa dos
problemas levantados na pesquisa, buscou-se atingir a sua essência, seguindo uma trajetória de três momentos: - a
descrição de todos os dados, - a redução deles encontrada nas possíveis convergências, e - a interpretação de três
grandes categorias à luz da teoria que sustenta esse trabalho. Estas categorias são: infra-estrutura, espaço e materiais;
método e estratégias de ensino; e conteúdos de Ginástica Artística e de Ginástica Rítmica voltados para o âmbito escolar.
Compreendendo essas dificuldades como realidades, foi possível discutir cada uma delas e oferecer alternativas viáveis
para as aulas de Ginástica Artística e Rítmica no ambiente escolar. Mais do que buscar respostas em livros, as soluções
vieram das próprias aulas de GA e GR, nas expeirências vividas no projeto Crescendo com a Ginástica, um projeto de
extensão, pesquisa e ensino, desenvolvido durante dez anos na Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual
de Campinas, com as devidas adaptações para o contexto escolar.
Essa dissertação gerou um capítulo de livro que está no prelo, duas apresentações de trabalho em eventos científicos e
um artigo ainda em fase de elaboração.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado: 1
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Laurita Marconi Schiavon
Resp.
Vilma Lení Nista-Piccolo
Chronos
Especialização:
Outro Participante
Docente
64 de 66
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
Ano Início
PERFIL DE INGRESSANTES EM CURSO SUPERIOR DE ED. FÍSICA: O CASO DA UNIVERSIDADE SÃO
2004
JUDAS TADEU-SP
Descrição: O processo de formação do profissional de Educação Física têm sido freqüentemente analisado e debatido com enfoque
na legislação que direciona a elaboração curricular, análises de propostas curriculares que são implementadas e nos
estágios e práticas de ensino. Pouco, entretanto, têm sido feito para compreender o que leva pessoas a buscarem os
cursos superiores de Educação Física como um caminha para se chegar a profissão e quais são as influências que estas
pessoas recebem até realizarem a escolha por este curso.
Pesquisar o perfil destes ingressantes pode colaborar para a reflexão e discussão sobre como a profissão é vista pelos
futuros profissionais da área, e através dela, buscar soluções para que haja a melhora da qualidade dos serviços
prestados por estes profissionais.
Ao identificar o perfil e as razões que levaram os alunos a optarem pelo curso de Educação Física, tanto as Universidades
quanto os órgãos legislativos e conselhos de classe responsáveis pela área, terão conhecimento de quais são as
representações que estas pessoas vêm adquirindo na sociedade como fruto do trabalho dos profissionais já em exercício.
Além disso, ter conhecimento dos interesses e objetivos destes ingressantes colabora para que se possa oferecer a eles
uma aprendizagem significativa pelo fato de identificar e compartilhar os mesmos códigos sociais, permitindo uma
interlocução melhor situada o que, conseqüentemente, resulta em aperfeiçoamento da preparação destes futuros
profissionais.
Especificamente para a Instituição de Ensino Superior onde a pesquisa se realiza, seus resultados contribuem para
identificar as peculiaridades de uma determinada turma, o que permite melhor orientação ao corpo docente no processo
de tomada de decisões quanto à elaboração dos planos de ensino e adoção de comportamentos didáticos.
A sociedade, de maneira geral, também se beneficia da melhor qualidade dos serviços prestados por estes novos
profissionais, minimizando todo o tipo de risco a que as pessoas estão sujeitas quando submetidas à orientação de um
profissional que passou por um curso de Graduação cursando disciplinas para as quais não via significado.
Uma vez que a escola é o mais fácil meio de acesso para a criança e o adolescente iniciarem sua cultura do movimento,
considerando que é na escola que a criança toma gosto pelo exercício físico e pelo esporte, e por um interesse especial
deste grupo de pesquisadores, tentar-se-á investigar possíveis relações entre os motivos de escolha do aluno ingressante
e sua experiência como aluno de Educação Física Escolar, em especial visando identificar se a atuação de seus
professores teve alguma importância na decisão sobre a carreira.
No âmbito deste estudo, questões relativas à orientação profissional possivelmente realizada em nível de Ensino Médio
também são pertinentes.
No decorrer da pesquisa percebeu-se que era possível tangenciar questões como: Será que o aluno de nível médio é
orientado de maneira adequada para escolher uma profissão que realmente queira exercer? Os alunos ingressantes no
ensino superior têm plenos conhecimentos sobre a área de atuação da profissão para a qual estão se direcionando?
Uma vez levantada esta problemática, destacamos que este estudo tem como objetivo identificar o perfil dos alunos
ingressantes no curso de Educação Física da Universidade São Judas Tadeu no ano de 2004 destacando as razões da
escolha por este curso de formação profissional e suas implicações com a Educação Física escolar
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Chronos
Especialização:
Resp.
65 de 66
Docente
05/09/05 às 14:38
Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Memória da Pós-Graduação
Sistema de Avaliação
Projetos de Pesquisa
EDUCAÇÃO FÍSICA
ANO BASE:
Relações Nominais
2004
PROGRAMA: 33072019002P-5
MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - USJT
LINHA DE PESQUISA: Intervenções Pedagógicas na Educação Física e no Esporte
Projeto de Pesquisa
Técnico de Ginástica Artística: uma proposta para a formação profissional
Ano Início
1999
Descrição: O Objetivo desse estudo foi apresentar uma proposta que visasse melhorar a qualidade de ensino de Ginástica Artística
(GA), partindo-se da premissa que existe a necessidade de uma formação específica para os professores de Educação
Física que querem atuar como técnico dessa modalidade. Este fato foi confirmado por meio de investigações feitas entre
os profissionais que já atuam na GA e entre aqueles que pretendem ingressar nesta carreira, somando-se a isso nossa
vivência como atleta, árbitro, técnica e docente universitária nesta modalidade. Embora o problema tenha sido constatado,
as instituições relacionadas à prática da GA ainda não se mobilizaram com a intenção de suprir as necessidades básicas
desses profissionais. Após realizar um levantamento bibliográfico, deparamo-nos com alguns Programas para formação
de técnicos em outros países como o Canadá, Austrália, Estados Unidos e Portugal. Depois de estudá-los, pautamo-nos
nas idéias apresentadas pelo modelo do Canadá, criando e aplicadno um Programa de mesma natureza no Brasil, cuja
avaliação recebeu um parecer positivo, tanto dos participantes daqui como dos criadores do Programa naquele país.
Foram estes fatores que, junto aos resultados encontrados nas investigações, puderam reforçar a importância de um
Programa para a formação de técnicos de GA em nosso país. Desta forma, apresentamos a proposta de um Programa
vinculado à criação de uma Associação de Ginástica, que se responsabilizaria pela integração de diversas instituições
ligadas à modalidade para desenvolver os cursos que podem formar, qualificar e manter os profissionais da GA
atualizados.
Essa pesquisa resultou em várias publicações, sendo algumas em 2004.
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação:
Mestrado:
Doutorado: 2
Equipe
Especialização:
Categoria
Myrian Nunomura
Resp.
Vilma Lení Nista-Piccolo
Outro Participante
Docente
Projeto de Pesquisa
Valores transmitidos em aulas de educação física escolar: um estudo de caso
Ano Início
2004
Descrição: O objetivo desse trabalho é identificar os valores humanos percebidos pelos alunos em decorrência da prática de
Educação Física no contexto escolar. Para isso, optou-se pela realização de um estudo de caso num colégio da rede
particular do município de São Paulo, adotando-se as técnicas de observação de aulas, entrevistas com o professor e com
24 alunos de 1ªs a 4ªs séries, com idades variando entre 8 a 10 anos. Os registros das observações de campo foram
categorizados e analisados qualitativamente. As entrevistas foram analisadas em três etapas: a) identificação das
unidades significativas, b) elaboração de perfis ideográficos e c) elaboração de matriz nomotética. Na discussão das
informações coletadas identificou-se que: a) valores morais como justiça, cooperação, tolerância, dignidade e liberdade
são valorizados pelo professor de Educação Física, havendo a intenção de transmiti-los não sendo, a exceção da
cooperação, perceptíveis aos alunos; b) a percepção da Educação Física pelos alunos como um meio de prática esportiva
e lúdica predominou como forma de se desenvolver valores; c) o respeito é um valor priorizado pelo professor e
transmitido aos alunos, porém algumas crianças mostraram comportamento agressivo e intolerância tanto na relação
aluno-aluno como na relação professor-aluno; d) o professor dá grande importância à disciplina e às regras, mas ao propor
conteúdos que não condizem com as preferências dos alunos, registraram-se situações de indisciplina; e) a percepção da
cooperação como um valor importante a ser desenvolvido predominou nos alunos do sexo feminino. Através deste estudo
exploratório, concluímos da necessidade em investigar com maior profundidade a relação entre Educação Física Escolar e
a transmissão de valores humanos, com vistas a promover melhor integração desta disciplina com os demais
componentes curriculares na educação básica. Concluímos, ainda, da dificuldade dos educadores terem seus objetivos de
trabalho atingidos quando se trata de desenvolver o aspecto humano dos alunos. Para isso, sugerimos a ênfase na
vivência de situações em grupo envolvendo a reflexão conjunta sobre os processos de competição e cooperação, visando
facilitar a percepção destes valores por parte dos alunos .
Área de Concentração: Atividade Física, Esporte e Saúde.
Alunos Envolvidos:
Graduação: 1
Mestrado:
Doutorado: 1
Equipe
Categoria
Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva
Resp.
Vera Lúcia Yoshie Campana
Chronos
Especialização:
Docente
Outro Participante
66 de 66
05/09/05 às 14:38
`